Posts by Tag: promoção»

Carreira

Acelerando as suas promoções

Acelerando as suas promoções

posted by Antonio Grazzia

No último artigo “Cadê a minha Promoção”, falamos sobre a necessidade de planejar e executar boas ações para a nossa carreira, mas não avançamos nelas. Neste artigo, vamos abordar essas ações de forma rápida, mas espero que interessante.
Uma das coisas que sempre pergunto aos meus pares e alunos é: “Qual é o seu produto?”. Geralmente todos se engasgam ao responder, pois fazem um monte de coisas que embrulham a mente. Vamos refazer a pergunta: “Carinha, no que você é bom?”. Geralmente as respostas são: hummmmm, programo JAVA, faço testes, resolvo os nós dos contratos, gerencio uns 10 projetos, etc. Seria melhor falar “Não sei!” A pergunta é simples mas exige preparação para a resposta. Qual é o seu produto requer a resposta que mostra o seu momento: resolvo conflitos em projetos, faço mediação em reuniões, calculo orçamentos, gerencio projeto, elaboro propostas, realizo testes de integração, etc. No que você é bom requer a resposta que mostra o seu logo, sua marca: comunicador, moderador, lógico, metodológico, etc. Ai você relaciona o que você faz com aquilo que você é bom. Pronto, sua resposta está pronta para ser dada sem pestanejar numa conversa de elevador. O seu logo é a sua marca e pode te levar a novas oportunidades naturalmente. Começar a planejar a carreira é ter tempo para realizar esta autoanálise e definir bem qual é o seu produto e no que você é bom.

Porém, neste mundo complexo e mutante, cada um de nós deve se manter à frente dos concorrentes para vender bem nosso produto, nosso peixe. Uma coisa que temos que entender bem é, o que faz alguém comprar o peixe. Desde que o mundo começou somente existem duas formar de vender o peixe: ou você tem o menor preço de um peixe popular, ou você tem um peixe exclusivo, e o vende pelo preço que deseja. Eu prefiro a segunda forma, mas ela dá um baita trabalho. Porque em TI significa estudar, pesquisar, avaliar, estar ligado nas novidades, nas tecnologias, nas metodologias, etc. Conseguir uma vantagem exclusiva em TI é o diferencial que precisamos. Por exemplo, eu investi muito em métodos de recuperação gerencial de projetos e elaboração de planos diretor de informática. Fiz um enorme conjunto de métodos para fazer estas coisas com mais segurança. Isso custou tempo e dinheiro que saíram do meu bolso. Mas somente eu tenho estes métodos e espero vender os meus peixes pelo preço que eu mesmo possa definir – lógico tem que interessar para alguém.

Criar é somente a primeira parte de se elaborar uma carreira diferenciada. Temos que manter a vantagem da diferenciação, com o balanceamento de quatro iniciativas que estão conectadas: competência técnica, competência metodológica, competência gerencial e competência para capturar novas oportunidades. De nada vale um super técnico sem a competência de entregar com método seus resultados técnicos. Ou alguém com grande capacidade de capturar novas oportunidades, mas é vazio no conteúdo. Balancear estas competências pode significar uma carreira consistente e atrativa para os interessados, empresas e contratantes.

Por fim, temos que entender que estamos muito mais expostos ao mundo. Nas redes sociais, toda a estratégia de carreira pode ser revelada ou prejudicada, de forma natural. Então, cuidado com as postagens, pois tudo virou público mesmo.

Carreira

Check in profissional. Você já fez o seu hoje?

Check in profissional. Você já fez o seu hoje?

posted by Marcelo Bichara

Vou começar o texto com um pedido de desculpas e uma confissão. As desculpas serão pela minha ausência. Muitas vezes o trabalho nos consome mais tempo e mais esforços que possamos imaginar e, este período, especialmente, foi um deles. Se nos comprometemos com um lugar ou com uma tarefa, arregaçamos as mangas e focamos nas soluções dos problemas.

Depois do mea-culpa, a confissão: quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu sou um viciado em dar check in em todos os lugares aonde vou. De boteco de rua ao restaurante chique, de Búzios ao Piscinão de Ramos, não importa, lá estou eu com o celular na mão avisando ao mundo que cheguei. A coincidência é que vejo muitas pessoas agirem dessa mesma forma na vida profissional: a cada três meses, lá estão elas fazendo seu check in em uma nova empresa. Mas será que isso é bom ou ruim para nossa imagem no mercado?

Apesar de hoje trabalhar em uma empresa de renome, na qual eu desejo permanecer por um grande período, antes eu agia dessa mesma forma. Todos os meus empregos possuíam um prazo de validade. Caso não atingisse um determinado objetivo, seja reconhecimento ou aumento de salário, pedia para sair. Ou, então, acontecia o pior: minha insatisfação era tão latente e notória,
destoando do resto da equipe, que eu simplesmente era demitido. Outro motivo de irritação era a falta de desafios e a morosidade de alguns processos, o que, pessoalmente, eu ainda acho péssimo.

Tudo começou a mudar quando eu, realmente, comecei a traçar metas: aonde quero chegar daqui a um, dois, três, cinco ou dez anos. Qual patamar desejo ocupar? Funcionário, consultor, gerente, coordenador? Isso foi fundamental para que pudesse me conhecer melhor e traçar planos mais efetivos para minha vida profissional.

Carreira

Cadê a minha promoção?

Cadê a minha promoção?

posted by Antonio Grazzia

No último artigo “Desenrolando o Novelo”, vimos os números tortos da atualidade no Brasil. Tudo indica que temos um problema de baixa produtividade.

Carreira

Carreira: o que falta pra crescer?

Carreira: o que falta pra crescer?

posted by Israel Bovolini Jr

Ah, a ironia. Como bons profissionais de uma área de Exatas (hein?), estamos acostumados com padrões, com algoritmos, com o famoso “entra porco e sai linguiça”. Então, alguém pode por favor explicar por que o fluxo abaixo normalmente não dá certo?

Eu posso tentar, se você permitir. Recentemente acompanhei a conversa entre um diretor e seu subordinado indireto (havia um gerente entre eles, que saiu da empresa), que foi mais ou menos assim:

Asdrúbal: Diretor Zé, precisamos conversar
Zé: Pois não, Asdrúbal
A: Eu estou na empresa fazem uns 5 anos, e agora que meu antigo gerente saiu eu gostaria de ser considerado para o cargo
Z: Asdrúbal, meu filho, claro que poderíamos pensar em você, mas acho que vamos trazer alguém de fora
A: Por quê?
Z: Quem é que eu vou colocar no seu lugar? Você é fundamental para o funcionamento da área
A: … (tela azul)

A princípio, Asdrúbal ficou possesso – e com razão. Afinal de contas, ele dava um duro danado nas tarefas do dia-a-dia, conhecia o funcionamento da área, tinha uma série de novas idéias, novos controles, tudo em cima. Nada mais natural que ganhar uma promoção com mais responsabilidade, certo?

Quase.

Faltou uma coisinha: preparar a sucessão. Uma carreira nunca é construída por uma só pessoa. São as relações entre pessoas que fazem umas subir, outras estagnarem e outras saírem. Em suma, Asdrúbal era tão bom no que fazia no seu dia-a-dia que tornou-se indispensável para aquela função.

Asdrúbal deveria trabalhar duro, sim, mas NUNCA manter o conhecimento e o jeitinho de fazer as tarefas só para si. Deveria ter olhado para seus colegas e dado uma de Capitão Nascimento: “pro cara ficar no meu lugar, ele tem que… tem que… sei lá, tem que fazer as coisas do jeitinho que eu faço”. Se ele tivesse pensado em sucessão, teria tido o tempo de mostrar para seu diretor que, além de conduzir o dia-a-dia, ele tem condições de pensar de forma macro e organizar a área de acordo com as idéias novas que ele tinha.

Carreira

TI Especialistas sorteia 3 entradas para o 2º Fórum Mundial de Cloud Computing América Latina

TI Especialistas sorteia 3 entradas para o 2º Fórum Mundial de Cloud Computing América Latina

posted by Augusto Vespermann

O TI especialistas está apoiando 2º Fórum Mundial de Cloud Computing América Latina. Este é o principal evento latino-americano de computação em nuvem e o único local para discutir os mais recentes tópicos da informática, incluindo segurança, computação móvel, SaaS, virtualização e muito mais. Junte-se a nós nos dias 22 e 23 de agosto de 2012 no Sheraton WTC, em São Paulo, Brasil.

O TI Especialistas sorteará 3 entradas (no valor de R$2.195 cada) para colocar você ao lado dos maiores profissionais de computação em nuvem do Brasil. Os ingressos são para acesso total ao evento durante os 2 dias de programação. Para participar do sorteio é necessário:

– Curtir a fan page do TI Especialistas no Facebok;
– Participar do grupo do 2º Fórum Mundial de Cloud Computing América Latina no Facebok;
– Twittar a frase: Quero ganhar do @tiespecialistas um ingresso para o 2º Fórum Mundial de Cloud Computing América Latina – http://kingo.to/18RY

Para concorrer, é preciso cumprir os três requisitos citados acima.

O sorteio acontecerá no dia 10 de agosto pela ferramenta Sorteie.me e será divulgado em nosso Twitter, Facebook, LinkedIn e portal TI Especialistas.

Obs: Envie seu Tweet apenas uma vez para concorrer. Os ganhadores tem até o dia 13 de agosto para requisitar seu prêmio.

Seguem mais informações:

10 razões para participar do CCWF da América Latina 2012

1. Conheça mais de 500 profissionais sênior em TI tomadores de decisão
2. Escute mais de 40 palestrantes especialistas sobre tópicos chave em nosso auditório principal
3. Descubra os mais recentes e inovadores produtos de TI através de nossa feira gratuita de 1 dia
4. Debata novas tendências em nosso programa de oficinas de 1 dia
5. Aprenda com estudos de caso da indústria regional e mundial para que você tenha uma imagem mais clara do papel da computação em nuvem em sua organização
6. Aconselhe e receba suporte de colegas especialistas na indústria
7. Colabore com colegas para desenvolver novas estratégias e melhores práticas para a sua empresa
8. Refrescos e salgadinhos servidos durante o dia todo, incluindo pausa para almoço
9. Recepção à noite para fazer contatos para todos os participantes
10. Parte da série de eventos de computação em nuvem mais importantes mundialmente – apresentando grandes espetáculos pelo mundo inteiro!
Inscreva-se agora para participar do principal evento latino-americano de computação em nuvem.

Carreira

A subjetividade da competência

A subjetividade da competência

posted by Mauricio Veneroso

Felizmente ou infelizmente, a natureza do ser humano é julgar. E os julgamentos se baseiam exclusivamente em valores do próprio julgador.

Carreira

Você valoriza a sua área de atuação?

Você valoriza a sua área de atuação?

posted by Roger Nascimento

No mundo corporativo muitas vezes é comum um profissional, durante o desempenho de suas atividades diárias, acabar fazendo com que suas habilidades específicas em busca de soluções se tornem algo corriqueiro, trivial, de tal simplicidade que aparentam até ser de domínio de todos.

Ou seja, acostuma-se a oferecer e compartilhar soluções e não medir os “impactos positivos” que elas causam.

Esta postura é reforçada principalmente se a troca de informações está entre profissionais da mesma área de atuação.

Outra situação, também muito comum, é um profissional ser procurado por alguém atrás de uma solução para algo extremamente importante cujo prazo de entrega é “para ontem”.

E ainda mais… esta solução tem que ser eficaz, sem falhas, muitíssimo barata, e os gaps (se porventura existirem) serem resolvidos o mais rápido possível, sendo que ela não pode interferir nas atividades do dia a dia de nenhum dos envolvidos.

O interessante é que, geralmente, a solução é “para ontem” por falhas no cronograma (consequência da falta de organização do solicitante).

Neste momento forma-se uma situação no mínimo curiosa.

Pois se o profissional que foi procurado disser que precisa de um tempo para analisar a situação, tem sua credibilidade colocada em cheque, invertendo-se as responsabilidades.

Quem chegou com uma solicitação em cima da hora (com falhas no processo e desorganizada) automaticamente passa a cobrar prazo e agilidade.
Se o profissional que foi procurado resolve a solicitação rapidamente com sucesso, não fez nada além do que se espera dele, já que é para isto que foi contratado.

Quem chegou com uma solicitação em cima da hora (com falhas no processo e desorganizada) automaticamente se intitula uma pessoa que sabe usar os fundamentos do “empowerment” ou sabe “delegar” bem as atividades.

Carreira

Especialista agora é gerente?

Especialista agora é gerente?

posted by Davambe

Ele ficou muito contente ao ser convidado a assumir a gerência da área florestal do Leste, que fazia divisa com a floresta do Rinoceronte.

Carreira

Parabéns não enche barriga!

Parabéns não enche barriga!

posted by Mauricio Veneroso

Congratulations!

Good Job!

Excelente!

Muito bom!

Parabéns!

É sempre muito bom ouvir ou receber uma mensagem de reconhecimento. Não há dúvida. Mas chega uma hora que você já recebeu tantos parabéns que eles já não enchem mais a sua barriga.

Com exceção da filantropia, todos nós trabalhamos visando um retorno.

Há diversas reportagens que dizem que salário não é tudo.

Há quem diga que o retorno esperado pela maioria dos profissionais é sustentado por três pilares:

Salário + benefícios
Bom ambiente de trabalho
Possibilidade de crescimento na empresa
Contudo, esses pilares não tem o mesmo peso e não acontecem independentemente.

Tratando do tema desse artigo que é sobre mensagens de reconhecimento, acho que você vai concordar comigo que para que alguém receba mensagens de reconhecimento diversas vezes, para diversos trabalhos que já fez e de diferentes líderes que já possuiu, com certeza, a pessoa está num bom ambiente de trabalho.

Estando num bom ambiente de trabalho, a pessoa certamente tem liberdade para colocar seus pontos de vista, alinhar as expectativas e executar seu trabalho com todo seu potencial e entusiasmo. Portanto é natural que seja mais comprometida e que o reconhecimento venha.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes