Carreira

Ξ 1 comentário

Check in profissional. Você já fez o seu hoje?

publicado por Marcelo Bichara

Vou começar o texto com um pedido de desculpas e uma confissão. As desculpas serão pela minha ausência. Muitas vezes o trabalho nos consome mais tempo e mais esforços que possamos imaginar e, este período, especialmente, foi um deles. Se nos comprometemos com um lugar ou com uma tarefa, arregaçamos as mangas e focamos nas soluções dos problemas.

Depois do mea-culpa, a confissão: quem me acompanha nas redes sociais sabe que eu sou um viciado em dar check in em todos os lugares aonde vou. De boteco de rua ao restaurante chique, de Búzios ao Piscinão de Ramos, não importa, lá estou eu com o celular na mão avisando ao mundo que cheguei. A coincidência é que vejo muitas pessoas agirem dessa mesma forma na vida profissional: a cada três meses, lá estão elas fazendo seu check in em uma nova empresa. Mas será que isso é bom ou ruim para nossa imagem no mercado?

Apesar de hoje trabalhar em uma empresa de renome, na qual eu desejo permanecer por um grande período, antes eu agia dessa mesma forma. Todos os meus empregos possuíam um prazo de validade. Caso não atingisse um determinado objetivo, seja reconhecimento ou aumento de salário, pedia para sair. Ou, então, acontecia o pior: minha insatisfação era tão latente e notória,
destoando do resto da equipe, que eu simplesmente era demitido. Outro motivo de irritação era a falta de desafios e a morosidade de alguns processos, o que, pessoalmente, eu ainda acho péssimo.

Tudo começou a mudar quando eu, realmente, comecei a traçar metas: aonde quero chegar daqui a um, dois, três, cinco ou dez anos. Qual patamar desejo ocupar? Funcionário, consultor, gerente, coordenador? Isso foi fundamental para que pudesse me conhecer melhor e traçar planos mais efetivos para minha vida profissional.

Porém, cada caso é um caso e isso não é uma questão tão simples quanto se autoconhecer (o que já é complicado o suficiente). Muitas vezes conseguimos, depois de muitos processos seletivos e entrevistas, o emprego que imaginávamos ser dos sonhos. No dia a dia vemos que o glamour e a idealização era bem maior que a realidade e o profissional se vê em uma grande encruzilhada: pular fora ainda no período de experiência ou esperar para ver se o panorama melhora?

Mesmo que você fique decepcionado, achando que eu não vá ajudá-lo, a melhor resposta para a pergunta, infelizmente é: isso depende exclusivamente de você. Muitas corporações são realmente lentas e o crescimento e o desafio só virão quando você conquistar a confiança de superiores (o que pode demorar mais que sua paciência). Em outros casos, talvez sua imaginação tenha sido realmente grande e você não se encaixa no perfil da empresa.

Da mesma forma que os profissionais de RH pesquisam as referências de empregos anteriores, você antes de aceitar uma vaga, também deveria colher informações, com os atuais colabores da empresa. Isso não evita, mas, com certeza, pode minimizar alguns tropeços.

Mudar de emprego a toda hora nem sempre significa imaturidade e ficar longos períodos em um mesmo lugar não representa estabilidade, apenas que você está acomodado.

Não há um lado certo ou errado. Apenas sei que, como você leu lá no primeiro parágrafo, quando você gosta de trabalhar em uma determinada empresa, o foco e o comprometimento vêm naturalmente, sem parecer um fardo. Espero, sinceramente ter ajudado e fiquem de olho: ainda darei muitos check ins por aqui.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Marcelo Bichara - Especialista de Infraestrutura , Instrutor Microsoft, desenvolvedor em soluções de migração de ambientes e certificado nas seguintes ferramentas: MCSA - Windows Server 2008 MCITP - Microsoft Lync Server 2010, Administrator MCITP - Windows Server 2008 Server, Administrator MCITP - Enterprise Messaging Administrator 2010 MCTS - Microsoft Exchange Server 2010, Configuration MCTS - Windows Server 2008 Network Infrastructure, Configuration MCTS - Windows 7 and Office 2010, Deploying MCTS - Micrososft Lync Server 2010, Configuring MCT - Microsoft Certified Trainer http://br.linkedin.com/pub/marcelo-bichara-matias/6/103/107 http://marcelobichara.blogspot.com.br/

Marcelo Bichara

Comentários

1 Comment

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.