Posts by Tag: arquitetura corporativa»

Desenvolvimento

SharePoint  e a Arquitetura Corporativa

SharePoint e a Arquitetura Corporativa

posted by Marcelo Duarte

O SharePoint é hoje em dia, sem dúvida alguma, uma poderosa ferramenta, com diversas features disponíveis para as corporações e com um valor muito atrativo.

Governança

Levantamento e mapeamento do AS-IS: uma prática insustentável

Levantamento e mapeamento do AS-IS: uma prática insustentável

posted by Pedro Miguel Sousa

A atividade de levantamento e mapeamento da realidade atual de uma organização, comumente designada de AS-IS, é geralmente o ponto de partida da grande maioria dos projetos de arquitetura. Porém, esta prática tem vindo a revelar-se insustentável.

Governança

A problemática da modelagem manual das Arquiteturas Empresariais

A problemática da modelagem manual das Arquiteturas Empresariais

posted by Pedro Miguel Sousa

O crescente interesse, por parte das empresas brasileiras, na disciplina de arquitetura empresarial, motivado principalmente pela necessidade de adequação das organizações aos mercados cada vez mais ágeis e globalizados, tem  Full Article »

TI Corporativa

Arquitetura corporativa  com TOGAF

Arquitetura corporativa com TOGAF

posted by André Marsal

Com escalada dos custos de TI, muito se fala maximização e racionalização de investimentos. As áreas de TI sofrem cada vez mais para atender a prazos curtos, além de serem constantemente cobradas em relação à transparência e efetividade dos investimentos.

Neste contexto, TI necessita de um realinhamento do ponto de vista de processos, métodos, serviços e controles no sentindo de atender a crescente demanda por inovação e serviços de alto valor agregado e com máxima prontidão e escalabilidade.

Gerência de Projetos

Arquitetura Corporativa – Parte 5: Como o PMBOK pode ajudar na implantação do time?

Arquitetura Corporativa – Parte 5: Como o PMBOK pode ajudar na implantação do time?

posted by Alexandre Eduardo Oliveira

O PMBOK pode ajudar a estruturar um programa de implantação de um departamento de EA através das disciplinas de gerenciamento de projetos e alguns processos envolvidos que ajudam a atacar diretamente alguns dos fatores de insucesso mencionados no artigo anterior.

O PMBOK divide o projeto nas fases de Iniciação, Planejamento, Execução, Monitoração e Controle, e Encerramento.

As disciplinas (até a versão 4 do PMBOK) são: Gerenciamento da Integração, Gerenciamento de Escopo, Gerenciamento de Tempo, Gerenciamento de Custos, Gerenciamento de Qualidade, Gerenciamento de Recursos Humanos, Gerenciamento das Comunicações, Gerenciamento dos Riscos e Gerenciamento das Aquisições.

Todas as disciplinas têm algo a contribuir para um projeto como esse, e todas irão gerar artefatos para o projeto. Contudo, iremos nos focar em alguns pontos que de fato contribuem para mitigar os problemas que já conhecemos.

Gerenciamento de Integrações

Na fase de iniciação, é elaborado nessa disciplina o termo de abertura do projeto (TAP, ou no inglês Project Charter). Esse documento, que dentre outras informações contém a descrição dos objetivos do projeto, tem como finalidade formalizar a existência do projeto para um determinado Sponsor (não necessariamente quem banca o projeto financeiramente, mas quem está de fato apoiando a execução do mesmo e tem poder/influência suficiente para impulsionar o projeto).

TI Corporativa

Arquitetura Corporativa – Parte 4: Porque as empresas falham no EA?

Arquitetura Corporativa – Parte 4: Porque as empresas falham no EA?

posted by Alexandre Eduardo Oliveira

Sobre Arquitetura Corporativa, antes de entrar nos tópicos do PMBOK, é crucial abordar o tema “porque as empresas falham ao tentar criar o time de EA.

TI Corporativa

Arquitetura Corporativa – Parte 3: Times, papéis e responsabilidades

Arquitetura Corporativa – Parte 3: Times, papéis e responsabilidades

posted by Alexandre Eduardo Oliveira

Como mencionado nos artigos anteriores, o time de EA (Enterprise Architecture, ou, Arquitetura Corporativa) tem cunho bastante estratégico. Tal time é formado por alguns comitês/grupos. Os principais são:

ESC (Executive Steering Committee): composto por executivos quem têm autoridade e poder de decisão na organização. Aprova as metas e objetivos globais, forma e dá empowerment aos demais times, exerce voto de minerva quando os demais times não conseguem chegar a um consenso. Geralmente é formado pelo diretor-presidente e os diretores executivos das áreas funcionais mais expressivas da empresa como: TI, Segurança da Informação, Financeiro, Operações, Auditoria, RI e RH;
ARB (Architecture Review Board): é um comitê multifuncional, liderado pelo arquiteto-chefe com representantes de TI e de áreas de negócio. Sua função é revisão das novas definições de EA e das mudanças em definições prévias, além de garantir que os projetos em curso na organização estejam aderentes às políticas e diretrizes de arquitetura corporativa. Geralmente é formado por: arquiteto-chefe, diretores de infraestrutura, TI, gestão de projetos e processos e pelos cargos de arquitetura funcional;
EACT (Enterprise Architecture Core Team): arquitetos seniores liderados pelo arquiteto-chefe, responsáveis por desenvolver o processo de arquitetura corporativa e de validação de arquitetura, mantendo também os entregáveis produzidos pelo time de EA. É responsável por auxiliar o desenvolvimento de novos projetos e treinar os demais times nos processos definidos para arquitetura corporativa;
EAET (Enterprise Architecture Extended Team): composto por especialistas em assuntos específicos que atuam com um chapéu de EA por um determinado tempo em projetos onde seus skills são necessários. Esse time é responsável por definir e desenvolver arquiteturas de software e informação, selecionar produtos e padrões, definir tecnologias e padrões de infraestrutura.

Gerência de Projetos

Arquitetura Corporativa – Parte 2: Algumas razões pelas quais investir

Arquitetura Corporativa – Parte 2: Algumas razões pelas quais investir

posted by Alexandre Eduardo Oliveira

Antes de entrar no mérito das áreas de conhecimento do PMBOK e o valor que podem agregar na implantação de um departamento de EA (do inglês, Enterprise Architecture, ou seja,  Full Article »

Gerência de Projetos

Arquitetura Corporativa – Parte 1: Panorama Geral

Arquitetura Corporativa – Parte 1: Panorama Geral

posted by Alexandre Eduardo Oliveira

O desenvolvimento de um departamento de arquitetura corporativa nas organizações ainda é um desafio a ser superado.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes