TI Corporativa

Ξ 4 comentários

Arquitetura corporativa com TOGAF

publicado por André Marsal

Com escalada dos custos de TI, muito se fala maximização e racionalização de investimentos. As áreas de TI sofrem cada vez mais para atender a prazos curtos, além de serem constantemente cobradas em relação à transparência e efetividade dos investimentos.

Neste contexto, TI necessita de um realinhamento do ponto de vista de processos, métodos, serviços e controles no sentindo de atender a crescente demanda por inovação e serviços de alto valor agregado e com máxima prontidão e escalabilidade.

Em resposta a esses desafios, TI investe cada vez mais tempo e recursos buscando equalizar questões associadas a estruturação de componentes de negócios e sua interação com a infraestrutura de TI. A essa equação que remonta os componentes de negócio frente a sistemas de informação, integrações, conexões, infraestrutura de TI, banco de dados e serviços de TI damos o nome de Arquitetura Corporativa ou Enterprise Architecture (EA).

Hoje contamos com alguns frameworks que auxiliam a detalhar a arquitetura corporativa e garantir a correta correlação com a infraestrutura de TI. Dentre os frameworks mais famosos de arquitetura corporativa estão o Zachman e o mais robusto e atualizado framework, o TOGAF, no qual iremos tratar.

Mas de fato, o que é TOGAF e onde ele pode nos ajudar em se tratando de Arquitetura Corporativa?

TOGAF ( The Open Group Architeture Framework) é um framework que auxilia criar,detalhar, avaliar e construir uma arquitetura de TI correta para as organizações promovendo alinhamento entre as necessidades do negócio e o parque tecnológico.É um guia que auxilia a gestão de TI a promover a real evolução dos serviços de TI em detrimento ás necessidades de negócio fornecendo um conjunto detalhado de métodos e ferramentas para o desenvolvimento de uma arquitetura corporativa.

TOGAF subdivide uma arquitetura corporativa em 4 Níveis. São eles:
Arquitetura de Negócio: São os processos de negócio utilizados pelas empresas para atingir a sua estratégia de negócio. Auxilia a TI entender quais os objetivos concretos que movem o negócio e como as corporações se organizam para atender a sua missão e estratégias empresariais.

Arquitetura de aplicativos: Descreve o conjunto de aplicativos específicos que são utilizados pelas empresas e como eles interagem e entregam a informação para os processos de negócio.
Arquitetura de Dados: Descreve como os dados são estruturados, protegidos, garantidos, organizados, providos e acessados.

Arquitetura técnica: Descreve toda a infraestrutura de hardware e software que suportam a operação do negócio, aplicativos e dados, bem como suas interações. Que tecnologias melhor se adaptam e que podem garantir melhor ROI (Return of Investiment).

Sustentado por esses pilares, TOGAF auxilia a olhar os requisitos de negócio (comportamentos ou propriedades necessárias que fornecem valor) de maneira holística(Software e Hardware) . Auxilia a ter uma visão corrente e futura sobre a arquitetura de TI em relação ás mudanças constantes nos requisitos de negócio. TOGAF ainda ajuda a estabelecer de forma detalhada o planejamento de um sistema de informação em um nível mais macro, orientado a componentes de negócio guiando o desenvolvimento do ponto de vista de interralacionamentos, reaproveitamento e evolução ao longo do ciclo de vida. TOGAF também auxilia a gestão de TI a descrever com que base a informação deverá ser entregue para satisfazer aos requisitos de negócio e o que é ou será necessário em termos de infraestrutura de TI para atingir o resultado esperado pelo negócio.

Enfim, TOGAF pode ser considerado um grande aliado na luta da otimização de recursos de TI, pois auxilia a melhorar o tempo de desenvolvimento de sistemas, além de racionalizar o uso da infraestrutura de TI , promovendo a correta utilização do dado e mantendo sua integridade perante os processos de negócio. TOGAF pode ser considerado um meio para se atingir resultados excepcionais no que diz respeito a uma arquitetura profissional que garanta rápida absorção das mudanças de cenários de negócio e que acima de tudo promova um real aproveitamento dos investimentos em TI.

Para saber mais sobre o TOGAF, visite www.togaf.org, onde é possível obter maior gama de informações sobre o framework, bem como artigos sobre implementação.

Palavras Chaves: Enterprise architecture;TOGAF;Alinhamento entre TI e Negócio;ROI;TI

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

André Marsal atua como Líder de Projetos de TI em uma multinacional japonesa no setor de serviços financeiros e automotivo. Possui 13 anos de experiência atuando em diversos projetos relacionados com implantação de sistemas, redesenho de processos de negócio, soluções de TI, aplicação de práticas de governança de TI e gestão de projetos. Ao longo de sua carreira participou de projetos para empresas nacionais e multinacionais como Carrefour, Du pont, Telefonica e Porto Seguro. Formado em Sistemas de Informação pela Universidade Nove de Julho e MBA Executivo em Gestão Estratégica de TI pela Business School São Paulo , também é certificado em COBIT 4.1 pela Isaca, possui o título de Scrum Master pela Scrum Alliance, além de ser entusiasta da aplicação de conceitos Lean para melhoria de serviços e processos.

André Marsal

Comentários

4 Comments

  • Parabéns pelo artigo André. Estava procurando algo sobre TOGAF, e, achei sua matéria muito interessante. Forte abraço!

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes