Gerência de Projetos

Ξ Deixe um comentário

Conheça os benefícios do RMM para as empresas de TI

publicado por Luís Montanari

Figura - serviços em TI

O modelo de negócio break-fix implantado na maioria dos prestadores de serviço já não é suficiente em um mundo moderno, totalmente conectado. É preciso migrar para MSP, serviços gerenciados, e uma ferramenta de RMM pode ser a resposta para essa mudança.

Ao buscar a proatividade e o monitoramento em tempo real de todos os ativos dos seus clientes, algumas dificuldades de gestão podem aparecer — e podem ser sanadas rapidamente com uma solução que condense todos os dados.

Neste post vamos falar um pouco mais sobre RMM, seus benefícios para prestadores de serviços e a importância dentro desse contexto. Continue a leitura e fique por dentro do assunto!

O que é RMM?

A maior parte dos prestadores de serviços em TI já visualizou que o futuro é migrar de um modelo break-fix, baseado em reação, para um novo modelo de proatividade.

Contudo, o principal desafio dessa nova visão de atuação é a necessidade de monitorar constantemente e gerenciar todos os ativos de vários clientes sem ter de manter pessoal in loco — algo impensável para pequenas empresas.

Dentro dessa demanda surgiu o RMM, software de monitoramento remoto — um tipo de sistema projetado para permitir o gerenciamento remoto de serviços de TI.

Por meio desse software é possível que os MSPs realizem uma gestão proativa de vários pontos como redes, provedores, servidores, terminais e computadores de clientes totalmente de forma remota, sem a necessidade de se deslocar até o local, salvo necessidade de manutenção física.

O funcionamento do software

O funcionamento da solução é bem simples. O terminal central utilizado pelo MSP, geralmente em nuvem, acessa pequenos scripts de código de determinados “agentes” instalados nos ativos a serem gerenciados.

Esses “agentes” coletam dados relevantes acerca do ativo, como status, integridade da máquina e outros considerados relevantes e setados em configuração, e retornam essas informações ao RMM.

Todos esses dados são apresentados ao MSP de forma clara em um dashboard ou por meio de relatórios que permitem que ele veja de maneira geral a situação de todos os ativos de TI do cliente.

Além disso, por meio do RMM é possível que o MSP realize mais uma série de atividades, além de apenas coletar informações — como atualizar sistemas e realizar um scanner de antivírus entre outros serviços que demandariam um deslocamento.

Além disso, sempre que um problema ocorrer, um ticket é gerado automaticamente pelo “agente” instalado no ativo e enviado ao RMM, que avisa ao prestador de serviços gerenciados sobre a situação.

Esses problemas e as necessidades são criados com etiquetas de prioridades, auxiliando ainda o MSP a selecionar da melhor forma possível a fila de situações a serem resolvidas de acordo com sua urgência.

Quais são os benefícios do RMM?

Prestadores de serviços gerenciados em TI têm muito a ganhar ao utilizar um software de RMM. Entre os principais benefícios desse tipo de sistema estão:

Automatiza o processo de monitoramento

Mesmo que o monitoramento remoto exija menos tempo dos seus colaboradores e reduza o número de deslocamentos, ainda é preciso acessar vários ativos o tempo todo para verificar sua integridade.

Ao optar pela utilização de um RMM, os agentes instalados nas máquinas do cliente realizarão um monitoramento automático, detectando qualquer alteração no ambiente e disparando avisos.

Dessa forma, seus colaboradores otimizam tempo para se dedicar a outras atividades, como atualização e pesquisa de novas ferramentas.

Fornece dados de controle essenciais

O RMM é uma central de conhecimento, pois é capaz de gerar uma série de dados relevantes acerca do ambiente de TI dos seus clientes e condensar essas informações em relatórios.

Ao analisar esses dados, é possível verificar a situação geral de cada infraestrutura e justificar, junto aos clientes, as necessidades de investimentos para melhorias com base em informações concretas.

Além disso, por meio dos dados de controle você e sua equipe terão uma visão completa sobre a real situação dos ativos de TI — o que auxilia na retenção de clientes.

Reduz os custos

Um software de RMM garante a automatização de uma série de tarefas e permite a manipulação de ativos de TI de forma remota, o que demanda um menor número de colaboradores e menos deslocamentos.

Com isso, o prestador de serviços gerenciados pode lidar com vários clientes ao mesmo tempo enquanto mantém uma equipe enxuta e mínima, reduzindo seus custos.

Realiza a manutenção proativa

O monitoramento remoto e automático é um grande potencializador da manutenção proativa, pois auxilia de várias maneiras o prestador de serviço a garantir o funcionamento dos ativos de TI dos seus clientes.

Além dos dados coletados pelos agentes, os membros da equipe podem realizar acessos remotos periódicos para verificar diversas situações, além de rodar scripts de atualização e efetuar outros tipos de manutenção por meio do RMM.

Garante a disponibilidade

Em caso de qualquer problema que possa tirar algum serviço do cliente do ar, é possível realizar um acesso remoto visando sanar a pane antes mesmo de realizar um deslocamento.

Dessa forma, os serviços dos clientes serão garantidos o mais rapidamente possível, mesmo no caso de um problema mais grave, evitando frustrações e prejuízos aos contratantes.

Qual é a importância de manter um RMM?

Os clientes estão cada vez mais exigentes, e o modelo de prestação de serviços break-fix já não tem mais espaço no mercado hoje. É preciso evitar a parada nos ativos dos contratantes a qualquer custo.

Com isso, muitas empresas estão virando MSPs, contudo, o desafio de manter uma postura proativa é muito grande, e diversos prestadores de serviço acabam falhando conforme o número de clientes cresce, voltando ao modelo break-fix.

Nesse contexto, contar com uma ferramenta como um RMM é essencial, pois permite o crescimento escalável do negócio, sendo que é possível automatizar várias funções e realizar diversas atividades de forma remota.

Independentemente do número de clientes e ativos de TI a serem monitorados e o tamanho da equipe disponível, ainda sim é possível realizar um bom trabalho e manter o modelo de MSP.

O RMM é uma plataforma essencial para os prestadores de serviços gerenciados garantirem a sua atuação com os clientes e a disponibilidade dos ativos de forma simples e eficaz.

Gostou de saber um pouco mais sobre os benefícios do RMM para as empresas de TI? Então siga-nos no Facebook, no LinkedIn, no Instagram e no YouTube!

 

SolarWinds RMM - 30 dias grátis

  •  
    20
    Shares
  • 20
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Graduado em Comunicação Social, o líder dos times de vendas e marketing da ADDEE SolarWinds MSP é pai de duas lindas meninas e apaixonado por política, tecnologia, cerveja e também pelas singularidades das pessoas. Seu maior objetivo profissional é transformar empresas de suporte em verdadeiros MSPs!

Luís Montanari

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes