Gerência de Projetos

Ξ Deixe um comentário

Projeto transparente = Case de Sucesso

publicado por Melissa Adimari

Projeto transparente = Case de SucessoNa vida, em qualquer setor elaboramos projetos, seja formação acadêmica, compra ou construção da casa própria, casamento, tudo precisa ser definido, o que queremos, quais riscos corremos, benefícios, aliados. Mas sabemos também que não temos controle no curso da vida, daqui a 2 segundos, tudo pode mudar. Isso funciona também em projetos de TI.

Existem algumas metodologias que auxiliam no passo a passo para mantermos esse projeto vivo e dando frutos. Scrum, PMI, ITIL, RUP, o primeiro, por exemplo, ao longo da construção desenvolve pequenos nichos como produtos intermediários, fazendo melhorias, “sentindo o terreno”, para no final do percurso gerar o produto final, o que eu acho interessante nessa metodologia é que o time de desenvolvimento tem autonomia, ou seja, o conhecimento que essas pessoas têm agrega muito nesse processo.

Ao longo de 8 anos de experiência em TI, participei de variados projetos, onde cada gerente agia a sua maneira, mas em nenhum desses casos me deparei com o cenário acima.

Eu, particularmente, acho que para você gerenciar algo, precisa ter pelo menos um conhecimento abrangente, saber de todas as vertentes que envolvem esse projeto, ou pelo menos dar autonomia a quem possui expertise para tal, seja técnico ou não, porque assim, com maior participação da equipe, as pessoas se empenham mais, se apaixonam, realmente trabalham, sem aquele ar mecânico, onde o recurso levanta, às vezes toma café da manhã, e vai pra empresa “fazer tudo novamente”, o que se torna um antagonismo numa área onde a inovação ocorre a todo segundo.

Quando se gerencia qualquer coisa, até o seu tempo, você está lidando com pessoas, seja ela apenas você mesmo, que é o ponto central do projeto em questão. Sem pessoas, não há projetos, portanto aqueles gerentes que apenas cobram prazos, porque aprenderam no cursinho de gerência que isso gerava resultados, está perdendo o melhor da vida e do projeto, que é o contato com o outro, conhecer outros pontos de vista, realmente formar uma equipe.

O maior conhecimento que se têm está dentro de cada ser humano, com sua cultura e experiências, livros são ótimos para nos auxiliar, aumentar nosso cabedal de informações, e os cursos de aperfeiçoamento ajudam a integrar tudo isso, mas sem empatia o processo permanece mecânico, sem o algo mais pra enriquecer.

Independente da metodologia adotada, utilizar os recursos humanos disponíveis muitas vezes ajuda no processo, acelerando, enriquecendo. Um bom gerente não fica cobrando prazos, perguntando se a tarefa está pronta, porque conhece seu colaborador e usou de transparência com o mesmo sobre o andamento do projeto. Mas realmente lamentável quando gerência e equipe não mantém comunicação aberta e sincera, o que fomenta a estagnação ou fracasso do projeto , time e/ou gerente em questão.

[Crédito da imagem: Projeto de Sucesso – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Sou consultora Marketing B2B & BI, tenho conhecimento em várias ferramentas, como Oracle, Microsoft, Tableau. Cursei faculdade de Ciência da Computação e Marketing Estratégico, gosto de assuntos relacionados a tecnologia, psicologia, administração, estratégias. Defendo o empreendedorismo no Brasil, além de ações sociais voltadas ao meio ambiente, pois para crescer precisamos plantar, adubar, regar e assim colher frutos bons.

Melissa Adimari

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.