Gestão de Processos

Ξ 1 comentário

Falando sobre DevOps

publicado por Josiel Borges

Falando do DevOps

Cada vez mais e mais surgem metodologias e frameworks para as áreas de desenvolvimento e operação da TI, a primeira vive a pressão por colocar as aplicações logo em produção, enquanto que a segunda esta preocupada com SLAs e com a estabilidade do ambiente de produção, temos ai um ponto de conflito, onde quem perde é a empresa.

Nos últimos anos temos visto os movimentos ágeis surgirem e serem implementadas na área de desenvolvimento, tais como SCRUM, XP, mas e a área de operações como fica? Ela continua vivendo no velho e tradicional modelo, com processos que restringem a realização de mudanças em produção uma vez por semana e em certos casos uma única vez no mês. Em resposta a este descompasso, entre desenvolvimento e infraestrutura, surgiu o movimento DevOps (Development and Operations), através desta forma de trabalho o tempo para colocar uma funcionalidade em produção é reduzida drasticamente, possibilitando reduzir de meses para semanas. Mas esta nova forma de trabalho não esta baseada unicamente no uso de ferramentas, automatização ou virtualização, mas principalmente em romper barreiras através do incentivo ao trabalho colaborativo, transparência e respeito entre as equipes de desenvolvimento e infraestrutura.

Ganhos com DEVOPS

  • Menor tempo para colocar uma aplicação em produção
  • Automatização dos processos de build, teste e deploy
  • Maior integração entre as equipes de desenvolvimento e infraestrutura
  • Redução de custo
  • Redução de incidentes
  • Foco no negócio

O que o DEVOPS não é

  • Não é uma metodologia de trabalho
  • Não é um framework
  • Não é um processo
  • Não é uma formula milagrosa

O que o DEVOPS é

  • É um movimento que integra as equipes de Desenvolvimento e Operação de TI
  • Prioriza a comunicação e transparência entre equipe a logos processos e procedimentos
  • É priorizado atender na velocidade que o negócio precisa
  • Prioriza a automatização de processos repetitivos nas fases de desenvolvimento como promoção para produção
  • O software deve passar por teste, teste e teste antes de seguir para produção

 Junto com o DevOps não podemos esquecer do Continuos Delivery ou Entrega Continuada, que é um forma de trabalho para entrega de software funcionando e testado pronto para implementar em produção e que faz uso de ferramentas como Jenkins, Puppet, Chief, DBDeploy, ferramentas de testes e outros. O DevOps tem sido cada vez mais adotado em muitas empresas conhecidas, tais como Nokia, Google e Amazon e já existem conferencias anuais como o DevOps Day que ocorreu no Brasil em 2010. É certo que nos próximos meses ouviremos cada vez mais falar de DevOps.

Será que com o DevOps teremos o fim do ITIL? Esta questão ficará para um outro artigo. 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Entusiasta do manifesto DevOps, pós graduado em Arquitetura de TI pela FIAP, atuando a mais de 25 anos na gestão de equipes e projetos de TI.

Josiel Borges

Comentários

1 Comment

  • Josiel Borges,
    Grande desafio e quebra de paradigma ! Entendo que tanto no profissional quanto no pessoal, quando se fala em priorizar a comunicação envolve crenças e valores! E que não colabora esta fora !
    Para isto você terá que ter um ambiente de respeito, para conseguir integrar equipe / pessoas.
    E hoje , já focamos em priorizar e atender as demandas para o negócio e na velocidade necessária ou estaremos fadados ao insucesso!
    Não consigo separar o DeVops dos processos, pois para comunicar, integrar,testar, priorizar temos que te-los adequados a cultura e a necessidade da empresa, por esta razão não acredito no fim do ITIL!

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.