Carreira

Ξ Deixe um comentário

Sua estrada é construída a cada passo que dá!

publicado por Sidnei Oliveira

É bem verdade que agora tudo é mais intenso, mais frenético, mais complexo do que há alguns anos, mas será que isso justifica a ansiedade crônica com a qual desenvolvemos nossos interesses?

Uma das frases que mais ouço atualmente é: “Eu sou muito ansioso, não aguento esperar”, como que se, ao dizer isso, a pessoa pudesse conquistar um perdão incondicional para a falta de tato na comunicação ou para eventuais falhas decorrentes de atropelos e decisões impensadas. Uma tentativa de estabelecer o rigor científico para essa questão beira a heresia acadêmica, pois tenta estabelecer correlação com o Distúrbio de Déficit de Atenção (DDA) para toda essa ansiedade descontrolada, do tipo que determina que tudo é prioridade, tudo é urgente, tudo é para agora.

Lamentavelmente, estamos nos esquecendo que tudo tem um ritmo, um tempo para acontecer. Não se pode acelerar as coisas simplesmente porque “não consegue esperar”. Isso é imaturo e certamente atenta com o desrespeito às demais pessoas envolvidas no acontecimento. Vejo exemplos disso toda vez que estou chegando de uma viagem de avião. Nem bem a aeronave pousa, já surgem os primeiros passageiros aflitos se amontoando no corredor com suas bagagens caindo na cabeça dos “menos aflitos”. Esses passageiros agem como crianças imaturas, como se não soubessem que todos irão sair de qualquer jeito, por isso, acabam desrespeitando os demais passageiros.

Há efeitos muito negativos quando esse comportamento ansioso acontece na carreira do profissional, pois além de reduzir muito as oportunidades de real desenvolvimento através de experiências profundas e sedimentadas, o que acontece é o atropelamento de expectativas com o consequente desenvolvimento superficial. Ou seja, Talento e Ansiedade são inimigos mortais. Totalmente inconciliáveis!

Isso gera um paradoxo nos dias atuais, pois justamente agora, que temos um real aumento na expectativa de vida e consequentemente da vida profissional, deveríamos desenvolver nossas carreiras de forma mais serena, sem ansiedade, explorando todos os nossos talentos conhecidos e ampliando nossas possibilidades, e não agindo como se fôssemos morrer nos próximos dez anos.

Você, profissional de hoje, precisa lembrar que nossa vida é construída em etapas e cada uma delas tem sua importância e significado. Excluir ou não explorar qualquer dessas etapas irá trazer resultados diferentes das expectativas que você mesmo estabeleceu para sua trajetória e reduzirá sensivelmente o desenvolvimento de seu talento.

Lembre-se: sua estrada é construída a cada passo que dá!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

SIDNEI OLIVEIRA – MINI CV Consultor, Autor e Palestrante, expert em Conflitos de Gerações, Geração Y e Z, desenvolvimento de Jovens Talentos e Redes Sociais, tendo desenvolvido soluções em programas educacionais e comportamentais para mais de 35 mil profissionais em empresas como Vale do Rio Doce, Petrobras, Gerdau, Santander, TAM, Unimed entre outras. Formado em Marketing e Administração de Empresas, autor de vários livros sobre Liderança e Administração. É sócio-fundador da Kantu Educação Executiva, Vice-presidente do Instituto Atlantis de preservação ambiental e membro do conselho de administração da Creditem Cartões de Crédito e e do Fórum de Líderes Empresariais. É também colunista com artigos publicados nos portais Exame.com, Catho Online, Click Carreira, Café Brasil e InformationWeek Brasil

Sidnei Oliveira

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.