Gestão de Processos

Ξ Deixe um comentário

Seu financeiro gera valor?

publicado por Ana Paula França Vespermann

O mundo mudou muito nos últimos anos e hoje as empresas para prosperar precisam gerar valor e não só lucro, para os acionistas e para a sociedade. E com essa mudança, os desafios da gestão financeira se tornaram ainda mais complexos. Pensando nisso, compartilho com vocês alguns pontos que acredito serem importantes para que façamos da gestão financeira, cada vez mais, mola impulsionadora do negócio.

O primeiro ponto é que, apesar das dificuldades financeiras advindas da crise na qual nosso país ainda está mergulhado, não podemos apenas “apagar incêndios”. A gestão do caixa e as decisões financeiras devem também perpassar pela análise econômica, bem como considerar os efeitos de cada decisão.

Nesse mesmo contexto, é sempre importante acompanhar o grau de alavancagem da empresa, assim como os custos e o compromisso mensal. A estrutura de capital pode comprometer inclusive os resultados da empresa. Arrumar um problema futuro, não me parece a melhor opção para a solução de um problema de hoje, concordam?

Também é preciso planejar e acompanhar a performance. Para isso, ter um Business Plan, em minha opinião, é imprescindível. Não só pelas questões financeiras, mas por fomentar toda a análise do negócio.

Tal planejamento, deve englobar itens como:

  • Definição de objetivos e metas estratégicas;
  • Fixação das premissas;
  • Análise mercadológica com construção de cenários, a definição de planos de contingência e análise da sensibilidade das variáveis;
  • Elaboração do plano econômico e financeiro;
  • Projeção de resultados;
  • Acompanhamento dos resultados.

Para o último item, uma boa opção seria estruturar um painel com os principais indicadores financeiros da companhia como, por exemplo, VPL, TIR e EBITDA para acompanhamento e definição das ações para seu atingimento, bem como para a correção de rumo caso o resultado seja diferente do planejado.

Para finalizar, estabelecer rituais de gestão com reuniões para análise da performance e construção coletiva das soluções, fecharia o ciclo com “chave de ouro”!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Formada em administração pela Federal do Espírito Santo, com pós-graduação em finanças pela Fundação Getúlio Vargas e também em gestão empresarial pela Fundação Dom Cabral. Atua há mais de 10 anos nas áreas de finanças, gestão empresarial e gestão de pessoas, tendo também forte atuação nas áreas de planejamento estratégico, controladoria, gestão de projetos e gerenciamento da rotina em grandes empresas como Samarco, Itaú-Unibanco, Arcelor Mittal e Banestes. Tem experiência em ambientes de crise e grande pressão, além de ter implementado projetos pioneiros nas empresas em que trabalhou alcançando resultados como a elevação em 500% do limite de crédito e 100% de sucesso nas renovações das certificações internacionais na Citta, participação no planejamento estratégico da Samarco alcançando aumento de 50% da capacidade produtiva da empresa, implementação da Ouvidoria no Unibanco e Unicard e melhoria de processos com redução significativa de custo, sem perda de escopo e qualidade, em todas as empresas que trabalhou. Recentemente, ganhou junto a sua equipe, prêmio por boas práticas em gestão de pessoas. É membro do IBEF - Instituto Brasileiro de Finanças, do Comitê de gestão de pessoas do SINDUSCON - Sindicato da Construção do Espírito Santo e do grupo de líderes de RH com participação das mais importantes empresas do ES. Idealizadora do grupo "Café com RH" com mais de 150 profissionais para troca de experiências, benchmarking e treinamento. https://www.linkedin.com/in/ana-paula-franca-vespermann/

Ana Paula França Vespermann

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes