TI Corporativa

Ξ Deixe um comentário

Criação de software para startups – O Plano de Negócios

publicado por André Almeida

Figura - Criação de software para startups - O Plano de NegóciosAqui Iniciamos então o Quarto capítulo da Criação de software para startups – O Plano de Negócios

“É uma ferramenta que serve para levantar informações e analisar a viabilidade do futuro negócio”. (SEBRAE. 2015)

“O Conhecimento do setor de atuação é fundamental para o sucesso. Conhecer bem uma área de negócio não é uma tarefa simples: Demora de Seis meses a Dois anos.” (DOLABELA – 2008)

Esta talvez seja uma das mais importantes etapas, da qual muitos se esquecem da necessidade da criação do Plano de Negócios ou até mesmo desconhecem da existência desta necessidade. Este é o momento onde é compreendido se um projeto é realmente viável ou se é melhor mudar o rumo de onde se deseja chegar para haja viabilidade em tempo e orçamento.

No contexto da comunicação, este é o momento em que todos os envolvidos do projeto são convocados e notificados em reuniões, de preferência presenciais, sobre os resultados da análise do plano de negócios, discutindo e refletindo bastante sobre o mesmo, sendo esta etapa uma das maiores contribuições para o método, uma vez que uma nova empresa (STARTUP) depende muito do sucesso do produto para que possa ser introduzida no mercado. Cabe um destaque nesta etapa para que ela não seja ignorada em nenhuma hipótese no contexto de inovação e criação de algo novo para algum tipo de público alvo.

Como resultado, terá a descoberta a viabilidade do projeto que está se desenvolvendo. Antes mesmo de qualquer técnica de Gerência de Projetos ser aplicada e utilizada, o plano proporcionará que este seja validado o e útil, evitando perda de tempo e dinheiro no caso de não viabilidade do projeto como negócio.

*Guia do Modelo de Plano de Negócios utilizado. (SEBRAE MG,2015)

Startups e o Plano de Negócios

Segundo o SEBRAE (2015), uma Startup é uma empresa nova, até mesmo embrionária ou ainda em fase de constituição, que conta com projetos promissores, ligados à pesquisa, investigação e desenvolvimento de ideias inovadoras.

Entra também a questão da incerteza de sucesso do produto ou serviço que está sendo criado para ser introduzido no mercado.

Utiliza-se então de recursos de planos de negócio para validação de ideias e conceitos, mas para que o conceito de uma Startup possa ser verificado, esta etapa de análise e criação deve ser muito criteriosa.

Esta é a diferença entre uma empresa comum e uma Startup: a 2º não foi feita para ser uma repetição comum (como uma fábrica ou linha de produção) ou uma forma única ou muito específica de trabalho (como algum tipo de produto ou serviço de nicho) ou para ser duradoura por muitos anos, ao contrário de uma empresa comum, que desenvolve produtos ou presta serviços, que mantém seus procedimentos constantes e por muitos anos.

Uma Startup é sinônimo de renovação, comumente é adquirida por algum grupo maior ou aportada por investidores e as pessoas e equipes devem estar habituadas a mudanças que ocorrem a toda momento.

Responsável pelo Plano de Negócios

É necessário a equipe algum integrante ligado ao Business da coisa, pois somente ideias, linhas de código e um produto sem divulgação de mercado, parcerias para propagação e algum visionário, não sairá da “garagem”

O SEBRAE dispõe de ótimos cursos de negócios, administração e empreendedorismo, vale a pena procurar o mais próximo de sua cidade e se atualizar, caso tenha interesse em seguir esta parte mais de negócios.

Capa/Guia do Modelo de Plano de Negócios Ex. (SEBRAE MG, 2015)

Capa/Guia do Modelo de Plano de Negócios Ex. (SEBRAE MG, 2015)

Capa/Guia do Modelo de Plano de Negócios Ex. (SEBRAE MG, 2015)

É importante, por uma Startup sempre ser muito colaborada por todos os integrantes, que os envolvidos possam participar ativamente no plano de negócios que é dirigido por um responsável, mas que agrega informações internas e externas

Segmentação de Mercado – Público alvo.

São necessárias algumas respostas para que a segmentação do mercado possa ser mais clara, ou seja, mostrar quem será o cliente. Abaixo, as categorias que definem esta segmentação, conforme o Guia do Modelo de Plano de Negócios utilizado. (SEBRAE MG, 2015):

  • GEOGRÁFICA: Países, Regiões, Cidades, Exemplo: Moradores do Centro.
  • DEMOGRÁFICA: Sexo, idade, renda, educação – Exemplo: Público de 18 a 24 anos da Classe A e B
  • CULTURAL: Valores, crenças, hábitos, tradições – Exemplo: torcedores de algum time, religião, etc.
  • PSICOGRÁFICA: Atitudes, medos, estilo de vida. Exemplo: pessoas preocupadas com a saúde e com alimentação
  • CARACTERÍSTICAS ORGANIZACIONAIS: caso seu cliente seja uma outra empresa que mercado atendem, de que cadeia de produção fazem parte, são pequenas ou grandes empresas, atacado ou varejo, etc.

Ao final de toda esta etapa, com muita análise e levantamento de informações, que pode levar de alguns dias a algumas semanas, obterá então o prospecto ao projeto para validá-lo. Outra forma, mais simplificada, é trabalhar com o Business Model Canvas, mas isso é assunto para outro Artigo.

[Crédito da Imagem: Plano de Negócios – ShutterStock]

  •  
    4
    Shares
  • 4
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

André Luiz de Almeida. Atua a mais de 10 anos na área de tecnologia e Consultoria. Empreendedor, sonhador, leitor, estudante, amante das descobertas da vida.(Profissionais e pessoais) Iniciou muito cedo como curioso e com muita leitura sobre computadores e tecnologias do início dos anos 2000. Acredita que mesmo atualmente deve-se ler muito também. Formado em Sistemas de Informação (2011) e Pós-Graduado em Gerência de Projetos (2014). O Pensamento é de que podemos chegar mais longe trabalhando todos juntos por objetivos Iguais, em Colaboração e divisão de atividades. Nunca pára de estudar. A tecnologia e facilidades da internet e MOOCS possibilitam as pessoas estarem sempre atualizadas e aprendendo novas coisas. Hobbies: Viajar, Ciclismo, Motociclismo e Automobilismo. Contate no LinkedIn: http://bit.ly/andrepmgr

André Almeida

Comentários

You must be logged in to post a comment.

botão emergência ransomware (1)

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.