Big Data

Ξ Deixe um comentário

O COVID-19 e o Stress-Test das Aplicações e dos Data Centers Globais

publicado por Wilson Laia

O COVID-19 colocando a Prova Data Center Globais

Colocando sob stress-test as instalações subutilizadas, recursos super-utilizados e infraestrutura não tripulada…

Já há algum tempo que não tive a chance de escrever um artigo, agora aproveitando a oportunidade de trazer a tradução de um excelente artigo do Chairman do IDCA, Mehdi Paryavi, em um tempo em que a pandemia global, COVID-19, levata a questão de o corona vírus estar testando a paciência da humanidade, bem como nossos Aplicações e recursos de Data Center globalmente, e mais radicalmente do que estamos acostumados…

Aumento Inesperado do Pico de Processamento

Várias aplicações por aí podem nunca ter sido testadas com um aumento inesperado no horário de pico e no uso prolongado.

Várias aplicações por aí nunca foram testadas com um aumento inesperado no horário de pico e no uso prolongado. Paralelamente a esse aumento, pode-se esperar naturalmente um aumento acentuado nas ameaças à segurança cibernética e nas vulnerabilidades das Aplicações. Estamos preparados para o que já chegou à nossa porta? O que estamos fazendo para nos preparar para a era pós-corona?

Eficiência, Capacidade, Disponibilidade e Resiliência

Os Data Centers Globais estão sendo testados quanto aos seus limites de eficiência e capacidade, mantendo sua disponibilidade e resiliência.

Considerando que as Aplicações são executadas através dos Data Centers que suportam seus propósitos, os Data Centers Globais estão sendo testados quanto aos seus limites de eficiência e capacidade, mantendo sua disponibilidade e resiliência. Isso é verdade se operamos Data Centers para setores que apresentam uma demanda incomumente lenta, como hotelaria e turismo, ou estamos operando Data Centers para setores que estão maximizando sua utilização de recursos para responder à demanda cada vez maior.

Subutilização e Superutilização

Instalações extremamente subutilizadas estarão queimando recursos mais do que nunca e, em certos casos, podem até causar interrupções no serviço. 

Assim, se operarmos Data Centers para as organizações que estão enfrentando um declínio severo no uso de Aplicações, nossos Data Centers podem ficar extremamente subutilizados. No entanto, as instalações de Data Center, como chillers e geradores, oferecem ótima eficiência com a utilização ideal recomendada.

Portanto, se não for projetado adequadamente, quando os fluxos de receita forem limitados e a economia for mais necessária, as instalações subutilizadas estarão queimando recursos mais do que nunca.

Por conta disto, em certos casos, eles podem até causar interrupções no serviço. Assim, a eficiência de nossos Data Centers, em certos setores, está sendo submetida a um stress-test conforme falamos.

Ao mesmo tempo, se operarmos Data Centers para Aplicações emergentes, como plataformas de mídia social, vídeo sob demanda e assistência médica, a utilização de nossos Data Centers estará atingindo seu máximo ou excedendo.

Nesses casos, nossos Data Centers estão sendo submetidos a testes de estresse com cargas ativas que provavelmente estão além das especificações originais do projeto durante uma média de expectativa de pico.

Portanto, se nossos Data centers estão enfrentando o estresse de subutilização ou superutilização, eles estão sendo testados de uma maneira ou de outra.

Desafios a Serem Enfrentados versus Oportunidades

Estamos prontos para executar nossas instalações de Data Center completamente remotas ou em isolamento absoluto? Nossos Data Centers podem funcionar sem tripulação por períodos prolongados?

Embora estejamos no meio desse duro e repentino teste em andamento, o gerenciamento de recursos humanos se torna outro desafio complicado. Durante uma doença generalizada como o corona vírus, as noções de quarentena e auto isolamento são cada vez mais defendidas.

E se chegarmos a um estado em que a equipe local, essencial a Operação do Data Center não mais é sugerida a trabalhar remotamente, mas instruída pelas autoridades a permanecerem paradas e evitarem mais deslocamentos?

  • Estamos prontos, então, para rodar nossas instalações de Data Center de maneira completamente remota ou em isolamento absoluto?
  • Nossos Data Centers podem funcionar sem tripulação por períodos prolongados?

Independentemente da resposta, devemos recuar e contemplar um pouco. É importante que sejamos construtivos em cada um dos nossos movimentos e emerjamos com sucesso diante de todos os desafios ou crises.

Então, vamos converter esse desafio do COVID-19 em uma oportunidade de sair da pandemia com recursos mais robustos e com maior conhecimento de nossas verdadeiras eficácias.

Certamente podemos fazer isso revisando e avaliando nossas verdadeiras capacidades e reivindicações de entrega, documentando nossas lições aprendidas e tomando as precauções necessárias, enquanto ainda podemos…

Vamos converter esse desafio do COVID-19 em uma oportunidade de sair da pandemia com recursos mais robustos e com maior conhecimento de nossas verdadeiras eficiências.

Fonte:

Traduzido do Blog do Mehdi Paryavi, Chairman do IDCA – International Data Center Authority

COVID-19 is stress-testing applications and global data centers

 

Autor: Wilson Laia

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Executivo sênior da Área de TI com uma carreira de 37 anos na área, tendo atuado em grandes multinacionais, tais como: IBM Brasil, Software AG Brasil, Hildebrando Brasil, braço de TI do Grupo TELMEX, Case Brasil, Emerson e Beloit Industrial. Representante do IDCA – International Data Center Authority para as Iniciativas de Internacionalização Brasil-Portugal. O IDCA está expandindo suas atividades para o Brasil, Portugal e Países de Língua Portuguesa em geral e LATAM, trazendo para todos esses países a excelência que já é uma realidade na América do Norte, especialmente nos Estados Unidos e no Canadá. MBA em TI pela FGV, Pós-graduado Babson College-USA. Especialista em Data Centers com certificações do IDCA - International Data Center Authority. Certified DCTP – Data Center Technology Professional ® - IDCA – USA Certified DCOS – Data Center Operations Specialist ® - IDCA – USA Certified DCOM – Data Center Operations Manager ® - IDCA – USA Certified DCIS – Data Center Infrastructure Specialist ® - IDCA – USA Certified DCES – Data Center Engineering Specialist ® - IDCA – USA Certified DCIE – Data Center Infrastructure Expert ® - IDCA – USA Possuí uma combinação única de Vendas, Tecnologia, Infraestrutura de TI (Mainframe, Unix, Linux, Windows), Consultoria (Serviços Profissionais ou Professional Services), suporte técnico, Redes no Brasil, América Latina, América do Norte e no mercado Europeu. A larga experiência na área de TI, lhe confere uma rara oportunidade de conhecer quase todos os segmentos desta área, inclusive em startups de empresas, garantindo uma navegabilidade em todas as plataformas e tecnologias vista em poucos profissionais, o que aliado ao conhecimento estratégico que envolve a área, o credencia a discorrer sobre vários assuntos pertinentes em TI.

Wilson Laia

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.