Carreira

Ξ Deixe um comentário

Empresa familiar pode ser profissional? – 2a parte

publicado por Roberto Carvalho
Bom dia à todos 

Estou retomando este tema, dada a repercussão obtida, o que me demonstra que o tema em si é de interesse de algumas pessoas.

Alguns comentaram sobre a importância indubitável da família no contexto empresarial, dando exemplo de várias empresas que hoje são ícones em seus segmentos, e exemplos de sucesso.

Minha abordagem é justamente sobre o “peso” que a família tem dentro das organizações. Sem dúvida alguma, a construção da família dará às empresas os valores que poderão fazer delas entidades duradouras ou fracassadas. No caminho inverso, a disputa por poder dentro das organizações pode fazer com que familias se desintegrem, e dai nada mais vai adiante. Os valores familiares são refletidos dentro das Empresas, e compartilhados entre todos os seus ocupantes. É comum nos depararmos em situações aonde o conflito reside nele próprio. A objetividade se foi, e temos o conflito pelo conflito….não raro aspectos diversos e aparentemente longe do contexto tomam proporções maiores, e quando se vê já não sabemos mais porque estamos em conflito….sabemos apenas que não podemos concordar.

Há uma pequena história que se refere à EXÚ. Esse mesmo……a figura tão conhecida especialmente no candomblé. Diz a história que haviam dois vizinho que eram muito amigos, sequer tinham cerca que os separassem. Dividiam tudo, desde alimentos até momentos de alegria e tristeza. Era como se fosse uma única família.

Em um determinado momento, EXÚ resolveu testar os limites desta tolerância, desta amizade. Vestiu-se metade de verde e metade de vermelho….e passou entre os dois vizinhos. Logo após, um vira-se para o outro e diz:
– “Voce viu o EXÙ verde?”
– Como verde? Não viu que o cara estava de vermelho?
– Voce tá maluco? ÓBVIO que era verde!
– Só se for pra voce, que é cego……

Dai a discussão se estendeu e a relação anteriormente tão bem sedimentada foi-se embora, a ponto de os dois romperem com todos os laços que haviam construído até então. Tudo perdeu o valor, pelo fato de que ambos mantiveram suas posições de forma inflexível e focaram suas energias em se defender, em não ceder, resultando na falta de sinergia existente até então.

Passado algum tempo, o mesmo EXÚ passou novamente entre eles, só que agora de maneira invertida….

Obrigado pela leitura!

@carva45

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Profissional de desenvolvimento humano. Atua com Coaching, mediação de grupos e de suas dinâmicas. Analista de perfil comportamental, com larga experiência no mercado corporativo. Co-autor do livro "Condicionados para o sucesso - Mudando Paradigmas"

Roberto Carvalho

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.