Segurança da Informação

Ξ 6 comentários

Deep Web, O submundo da Internet

publicado por Octavio Campanol

Na internet, existe muito conteúdo que dificilmente são encontrados. Eles constituem o que já foi chamado de “web invisível” ou “deep web”, mas que poderia também ser chamado de “internet invisível”, já que nem todas as informações circulam puramente no protocolo HTTP, ou seja, apenas o seu navegador de internet não é suficiente para ver esses sites.

A Deep Web é a internet que você não consegue ver, são bilhões de sites não indexados pelos buscadores. Um mundo totalmente desconhecido e invisível para a maioria das pessoas.

Estima-se que a Deep Web, ou Darknet como é chamada por alguns, seja bem maior que a web surface, que é a web alcançada pelos buscadores e navegadores comuns.

Conteúdo Disponivel

O que encontramos?

Milhares de páginas com todo tipo de conteúdo, desde simples blogs que os autores preferem o anonimato, a sites com conteúdos extremamente desagradáveis e ilegais.

Alguns dizem que a Deep Web é o inferno da internet, que existem coisas lá que provém do lado mais obscuro da mente humana, coisas que só de ver você já estaria cometendo uma série de crimes. Sera?

Há muitos rumores sobre o lado negro da web, pessoas que acessaram a Deep Web sem o devido cuidado se arrependeram. Toneladas de vírus, e centenas de hackers, crackers, e lammers abitam a internet invisível.

Tráfico de drogas, compra e venda de produtos roubados, venda de cartões clonados, fotos altamente proibidas, fóruns de assassinatos e mais uma centena de coisas que você não vai querer saber.

Terabytes de dados e documentos praticamente intocados pelos olhos dos internautas. Enfim, uma série de coisas que não vemos na web comum. A Deep Web pode ser definida por camadas, sendo que a mais profunda poucos conhecem.

Como acessar?

O aplicativo mais famoso para se acessar a Deep Web é o TOR, uma aplicação de código livre que consiste em uma rede de proxys, esta rede é chamada de onion, e  teoricamente garante anonimato para quem deseja acessar a Deep Web.
Os links da web invisível geralmente são constituídos de letras e números, e não abrem em navegadores comuns. Por isso é necessário o uso de aplicações específicas para senavegar por lá, além do aspecto de segurança é claro.

O portal mais conhecido para começar a explorar a Deep Web, é a Hidden Wiki (Wiki escondida), um site do tipo Wikipédia, que contém vários links para o lado negro da web, se sabe que na própria Hidden Wiki, há avisos alertando quem quer se arriscar.

Existe ainda outro fenômeno, quanto mais dados são colocados na internet, mais difícil é encontrar algo específico. Com o tempo, as páginas que antes estavam nos primeiros resultados de uma pesquisa vão desaparecendo entre os milhares de resultados e encontrá-los se torna uma tarefa difícil ou até impossível.

Talvez seja verdade que a internet não “esquece” nada. Mas é indiscutível que, com o tempo, apenas pessoas muito dedicadas são capazes de encontrar algumas informações, quando estas forem substituídas por outras.

A melhor maneira de esconder algo que está na internet pode não ser tirá-la do ar – uma atitude normalmente fracassada que pode acabar gerando ainda mais publicidade para aquilo que se quer esconder. A melhor forma de esconder algo é colocar mais conteúdo de natureza semelhante no ar, garantindo que o conteúdo anterior seja difícil de encontrar.

Esses fatores, que vão das limitações tecnológicas dos mecanismos de pesquisa aos conteúdos intencionalmente escondidos e protocolos de comunicação inacessíveis sem um sistema configurado corretamente, permitem que exista uma “internet” realmente invisível do ponto de vista da maioria. Mas está lá.

 

Autor: Octavio Campanol – octaviocn@gmail.com – Blog octaviocampanol.blogspot.com

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Na área de Tecnologia há mais de 5 anos, no ramo de Infraestrutura, Segurança da Informação e Redes Estruturadas. Formando de Técnologia em Redes de Computadores pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP. Certificado ITIL® Foundation V3, Treinamentos ISO/IEC 20000, Cisco CCNA Security e Microsoft MCITP Enterprise Administrator. E-mail: contato@octaviocampanol.com Skype: Octaviocn Blog: www.octaviocampanol.com Linkedin: http://www.linkedin.com/in/octaviocn

Octavio Campanol

Comentários

6 Comments

  • Otima matéria! Parabens Octavio Campanol!

    As matérias do TI Especialista estão ficando cada mais completas, e interessantes. Parabens ao site.

  • Excelente conteúdo

    Parabens, e Obrigado

  • Não tinha conhecimento sobre o assunto, muito interessante mesmo.
    Parabens ao autor, por compartilhar informações que são sempre importantes para nós, profissionais da área.

    Obrigado!

  • Tudo que é proibido se torna mais gostoso.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes