Carreira

Ξ Deixe um comentário

Capacitação: Um instrumento para motivação e qualidade

publicado por Kátia Cristina Dotto Gasparini

Estamos acostumados em “dar um jeitinho” em tudo, não é mesmo? Dai começar algo novo ou alterar o que já está em uso pode parecer bem complicando. Mas de que adianta falar em desenvolvimento de novos projetos se não temos em nosso quadro os profissionais devidamente qualificados? A qualidade de um projeto está diretamente relacionada aos profissionais que estarão conduzindo a sua implementação, desde o processo inicial de entendimento da demanda, percorrendo todo seu caminho até a implantação e capacitação dos usuários que utilizarão a solução.

Devido ao fato da maior parte dos investimentos estar focada exclusivamente para obter uma solução, uma peça fundamental deste processo é deixada de lado, que é justamente o profissional de TIC.

Desta forma, o profissional precisa correr atrás, por conta própria, de entender e aprender as novas tecnologias existentes e aplicá-las para atender a demanda. Também ocorre o caso de cada um usar o conhecimento que tem, e o processo de implementação do projeto fica comprometido.

A falta de profissionais devidamente capacitados gera o aumento de custos do projeto, pois além de se perder um tempo precioso no entendimento da demanda, definição da forma de um escopo e execução do projeto, sempre existirá o risco de uma avaliação distorcida do cenário, ocasionando, por exemplo, a aquisição de produtos e/ou serviços que não atendem a demanda. Também pode ocorrer demora na execução de atividades simples, justamente pela falta de conhecimentos e habilidades necessárias para agilizar processos de implementação.  Outro problema consiste na falta de comprometimento que alguns profissionais passam a ter em relação ao projeto, pois este não se sente motivado para executar as atividades atribuídas da melhor forma possível.

Felizmente tanto o governo quanto as empresas privada já enxergaram o problema e estão mudando o cenário de gestão de TIC, passando a valorizar os seus profissionais por meio da oferta de capacitações de acordo com a demanda exigida. Além disso, estão adotando o uso de ferramentas de gestão de projeto e colaboração, que além de serem extremamente eficientes para acompanhamento do projeto e compartilhamento de informações, transcendem barreiras permitindo que um número maior de profissionais, em locais distintos, troquem ideias e definam a melhor forma de atuação, passando para a fase de nivelamento e gestão do conhecimento, principalmente auxiliando na rápida resolução de problemas devido à interação entre estes profissionais.  Podemos considerar esta uma grande inovação do processo de trabalho.

Com uma equipe técnica qualificada há um maior engajamento para a estruturação de soluções, e os profissionais, por meio da troca de conhecimento, conseguem desenvolver soluções verdadeiramente inovadoras, além de terem a oportunidade de se destacar em seu ambiente de trabalho pela sua experiência e capacidade.

Esta valorização do profissional gera maior envolvimento e aderência das equipes nos projetos, inclusive maior atuação nos processos decisórios devido ao conhecimento obtido, podendo gerar economia para as empresas por encurtar caminhos.

Sendo assim, a oferta de capacitação para os profissionais pode ser uma forma interessante de incentivo e estimulo para uma atuação com maior nível de comprometimento e engajamento para execução de atividades, impactando na melhoria de serviços e na qualidade dos projetos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Kátia Gasparini é analista de sistemas com pós-graduação em Engenharia de Sistemas, trabalhando na área de tecnologia mais de 10 anos, com foco em gestão governamental e educação. Seus principais pontos de atuação estão na reengenharia de processos, inovação de serviços, governo eletrônico e recentemente em colaboração. Atualmente compõem a equipe da Diretoria de Modernização da Secretaria de Estado de Planejamento do Governo do Acre, na coordenação de projetos de inovação com o uso da arquitetura SOA. Também atua com professora na Uninorte - União Educacional do Norte, nos cursos de Sistemas de Informação, Tecnologia em Redes, Administração e Jornalismo. Twitter: @katiagasparini http://br.linkedin.com/pub/katia-cristina-dotto-gasparini/26/942/392

Kátia Cristina Dotto Gasparini

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes