Carreira

Ξ 1 comentário

Você sabe qual seu momento atual de carreira?

publicado por Alberto Parada

Você sabe qual seu momento atual de carreira?A necessidade crescente das empresas em fazer cada dia mais com menos está fazendo com que os profissionais tornem-se, a cada dia, mais generalistas. Esse movimento provoca diversas sensações nos profissionais, entre elas:  de serem indispensáveis; de estarem mais distantes das atividades para as quais foram contratados; e de serem um “bombril”, com mil e uma utilidades.

A falsa sensação de ser imprescindível por estar realizando tarefas de cargos muito acima do atual é comum para a maioria das pessoas em todas as áreas e corporações. Não bastasse o risco de se achar mais importante do que realmente é, ele torna-se maior com a escolha errada de uma especialização (MBA, Latu Sensus, certificação), que não deve ser feita mirando o próximo degrau da carreira e sim vários degraus acima.

Diferente do que se espera, a experiência adquirida nas mil e uma utilidades, não é garantia de saltar de cargos dentro das corporações, muito menos de aumentar a possibilidade de buscar (e conseguir) no mercado uma posição muito acima da que se está contratado hoje.

O choque com a realidade acontece em dois momentos: quando a promoção aparece e ela está muito aquém do esperado (é muito raro, por mais brilhante que seja, conseguir pular degraus verticalmente nos organogramas das corporações); ou quando se conclui o curso de especialização, aquele muito acima da sua posição atual e, na tentativa de buscar uma colocação no mercado com foco no novo conhecimento, frustra-se com a ausência de oportunidades ligadas a especialização que acaba de fazer.

Para evitar decepções e desperdícios, tanto financeiros quanto de tempo, é fundamental ter a exata consciência do seu momento de carreira e deixar de lado algumas crenças muito enraizadas na cabeça dos profissionais:

  1. Por melhor e mais sério que seu chefe seja ele não tem na gaveta a vaga que, em algum momento ele acenou ter apenas aguardando a sua formação. E mesmo que tenha, em dois anos as corporações mudam tanto que, possivelmente, quando você se formar, seu chefe será outro e a vaga não existirá mais;
  2. É muito difícil, para qualquer gestor, justificar uma promoção que salte níveis e, principalmente, que ajuste consideravelmente o salário;
  3. As oportunidades não caem dos céus, nem o chefe tem bola de cristal para saber se você é a melhor opção para uma determinada posição;
  4. O conhecimento acadêmico é indispensável para uma contratação, porém sem experiência ele não é suficiente;

Sem ilusões, identifique qual é o seu próximo passo na carreira. Para isso relacione, com realismo, suas habilidades e conhecimentos atuais, em que é bom, no que tem que melhorar e seu nível de senioridade. Tenha consciência, não dá para ser sênior em tudo. Como diz o ditado: “quem faz muita coisa ao mesmo tempo acaba não fazendo nada bem feito”.

Para melhorar sua análise, verifique quais são as possibilidades de emprego, dentro e fora da empresa. O retorno para entrevistas é um bom termômetro para determinar como e onde o mercado te enquadra, seu nível de conhecimento e maturidade profissional.

Com todas essas informações nas mãos fica fácil definir o próximo passo na carreira e qual curso de especialização irá agregar o conhecimento acadêmico necessário para deixa-lo apto à posição pretendida.

[Crédito da Imagem: Momento da Carreira – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Fundador do : descomplicandocarreiras.com.br

Alberto Parada

Comentários

1 Comment

  • Excelente artigo. Parabéns!
    Gostaria de fazer comentário sobre a parte: “…nem o chefe tem bola de cristal para saber se você é a melhor opção para uma determinada posição”.

    Acredito que quando o superior imediato possui um bom planejamento de desenvolvimento individual e as competências e habilidades mapeadas de cada funcionário, essa tarefa de encaixar as pessoas certas no lugar certo fica mais evidente, possibilitando maior assertividade nessa atividade.

    Abraço

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.