Carreira

Ξ 2 comentários

Se minha idéia funcionasse

publicado por Jorge Eiti Okazaki

Se minha idéia funcionasseO criativo muitas vezes desiste de ir adiante com suas idéias porque um dia sua idéia não funcionou, e numa outra vez também, e muitas outras depois, porém ao analisar o insucesso, ele vai perceber que não é a idéia em si nem a criatividade que não funcionaram, mas sim as situações em torno da idéia e que não funcionaram… Portanto, para que a criatividade tenha êxito devemos nos armar de alguns cuidados.

Fazer acontecer uma idéia criativa é saber administrar situações, fatos e pessoas, são cuidados, que deverão ser observados pelo criativo, para que a sua idéia chegue ao objetivo.

Construir, desenvolver e preservar um Falso Paradigma poderá levar a um resultado inteiramente diferente, pois os falsos paradigmas são verdades assumidas pessoalmente, ou seja, só aquela pessoa acha que algo funciona daquela forma. Pedro achava que todo executivo que usava gravata laranja era alegre, até que descobriu que o seu amigo com depressão gostava de usar gravata laranja…Falso Paradigma.

Todo ser humano psicologicamente é constituído de Três Imagens, a sua própria imagem interior, mesmo desvirtuada por ele, seja supervalorizada, seja subestimada. A segunda imagem, o que pretende e que “costuma vender” para os outros, e ainda, no mundo real existe outra imagem, aquela que os outros pensam dele, a terceira imagem… O equilíbrio destas três imagens influencia muito na sua proposta de idéias, pois as três imagens deverão estar alinhadas. Ele poderá estar pensando em ser o que não é, e as pessoas enxergarem outra pessoa nele, nessa situação a sua idéia com certeza não terá sucesso simplesmente por falta de sentido. Por exemplo, como um funcionário poderia opinar sobre detalhes operacionais de uma diretoria, pois ele se acha valorizado e a altura de um diretor, ou como aquele diretor pôde dar uma idéia tão mesquinha na reunião da presidência, será que ele está exercendo plenamente a figura de diretor?

Errar é humano, mas que esse humano não seja você, que está querendo levar uma boa idéia adiante. A frase infelizmente não funciona para o criativo que quer empreender uma boa idéia. Acho prático e importante observarmos os cinco NÃOS para que sua criatividade chegue ao resultado. Não esquecer, Não confiar, Não adiar, Não desprezar, Não desperdiçar.

Não esquecer parece ser um conselho muito simples, porém difícil de evitar. Com a prática e observação não é difícil criar rotinas, anotar em bilhetes, colocar objetos na mesa que lembrem o compromisso, pedir para alguém lembrá-lo do assunto.

Não confie. Um sujeito motivado poderá ser traído pela confiança, seja pela segurança em si próprio, seja pela confiança nos outros, aliás, essa é uma das piores falhas, pois nem sempre as pessoas estão afinadas com os seus atos. Eu pensava que ele iria fazer… Mas ele não fez…

Não adiar, significa não perder o trem, não deixar passar a época correta de implementar uma idéia criativa. A fantasia era para o carnaval, a próxima só no ano que vem…

Não despreze a ajuda de um amigo, não despreze um conselho profissional, são elementos que somam se na sua caminhada para atingir o objetivo de sua criatividade. Alguém duvida que um menino com seu dedinho tapando o buraco do dique que protegia a Holanda, salvou este país de uma inundação catastrófica…?

E por fim Não desperdice, pois aquilo que você usou em abundância poderá faltar justamente na hora de demonstrar a sua idéia criativa. É o caso da idéia que necessitava de combustível para funcionar, o criativo não se preocupou em usar o combustível com moderação, no dia da demonstração acabou o combustível…

O sucesso de uma idéia é diretamente proporcional a necessidade de alguém, ou seja, quanto mais a sua idéia for próxima da necessidade de alguém maior o sucesso e aceitação. Para que possamos entender melhor a necessidade de alguém devemos praticar a tal da Empatia, colocar se no lugar de alguém que tem aquela necessidade, pensar como ela. Só assim vamos ter sucesso no nosso empreendimento.

Entender os Valores das pessoas é um bom início para se ter uma idéia criativa. Para uma mãe, os filhos são a máxima importância, porém para essa mesma família o filho tem os estudos como o principal objetivo, e o que diria do paizão que não pensa em outra coisa senão resolver um problemaço de seu trabalho. Os valores são diferentes. O que criar? No caso, um valor em comum para essa família seria o seu lar, a casa. Todos necessitam dela para viver e conviver com a família, portanto um campo para se criar.

Neste mesmo exemplo, o que criar nesta casa é uma pergunta difícil de ser respondida, pois as variáveis são inúmeras. Cada pessoa iria enxergar uma necessidade, pois cada uma tem uma Lente por onde enxerga de certa maneira as coisas. Essa sua Lente poderá te trair, pois as Lentes pessoais são construídas baseadas em seus valores, culturas, traumas, sucessos, paradigmas etc.. que poderão distorcer a sua visão do mundo. A cor preta na China é nobre, no ocidente é luto

Tudo gira em torno de Pessoas e Situações, parece muito abrangente e disperso afirmar isso, mas a relação pessoa e situação poderá resultar em sucesso ou fracasso. Falar sobre investimentos num velório para um empresário terá a mesma dificuldade que vender plano funerário numa festa de aniversário de um adolescente.

Com o tempo a nossa corrida para a perfeição das idéias, muitas vezes necessita de um referencial, um parâmetro, uma orientação,… Sempre recomendo seguirmos um Guru, seja ele uma pessoa amiga, um poeta, um cientista, pois estes Gurus já praticaram com sucesso algo que você eventualmente esteja almejando hoje, assim você terá pelo menos uma trilha a seguir.

Finalmente, e ainda falando de Gurus, são pessoas iluminadas por qualidades e experiências e que dizem coisas maravilhosas para nossa orientação e motivação. Essas coisas ditas acabam se tornando em famosas Frases, ficando eternamente na história da humanidade.

Não sabia que era impossível, mas ele foi lá e fez… (Jean Cocteau 1889 – 1963)

[Crédito da Imagem: Ideia – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Administrador por formação acadêmica, iniciou a carreira profissional em 1973 como desenhista técnico na indústria, após algumas Multinacionais, e residencias em 4 países (Alemanha, Inglaterra, Espanha e China) permaneceu na Volkswagen do Brasil até 2003, por 25 anos. A decisão por seguir uma carreira solo como Consultor em planejamento, desenvolvimento e gestor de negócios na área de produtos, trouxe lhe grandes experiências de mercado. De posse deste conhecimento consolidado milita junto às Empresas assessorando na gestão e atuando na área de produtos, bem como dissemina este Knowledge em palestras e artigos sobre o tema Criatividade no Produto. - Site: criatividadecrachacores.blogspot.com.br/

Jorge Eiti Okazaki

Comentários

2 Comments

  • Sensacional o artigo Jorge. Parabéns e muito obrigado por compartilhar o seu conhecimento conosco.

    • Wendell fico contente que você tenha lido o meu artigo, prova de seu interesse e necessidade de evolução.
      Para que o assunto se torne conhecimento não deixe de compartilhar com mais pessoas acrescentando o seu comentário pessoal sobre o assunto para que finalmente se torne uma GESTÃO DO CONHECIMENTO

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.