Redes & Telecom

Ξ 1 comentário

Migrando Datacenters – Parte 01

publicado por Osvaldo Melo

A migração de um Datacenter é muitas vezes considerada como uma questão puramente técnica, quase um projeto trivial a ser entregue em paralelo pela equipe de TI junto com seus trabalhos do dia a dia. Considerando que o core business da empresa está todo nas aplicações do Datacenter a migração a quente do Datacenter pode expor a empresa a riscos significativos.

Este artigo discute a importancia e o que é essencial para planejar, gerenciar e executar uma migração de datacenter com o nível adequado de rigor e controle, utilizando métodos comprovados e experiência para garantir que o negócio possa continuar suas operações diárias sem nenhuma interrupção.

Datacenter

O Datacenter é o coração da empresa e é composto por uma ampla e complexa rede de equipamentos, softwares e dados que impulsionam o negócio a conseguir atender todos os aspectos das operações de uma empresa. No entanto, “a mudança é inevitável”, pois quando o negócio cresce as empresas podem descobrir que a mudança para um local maior e mais confortável pode melhorar a sua operação como um todo. Abaixo temos algumas das principais razões que impulsionam as empresas a mudarem seu Datacenter:

Razões do Negócio – Empresas dependem cada vez mais de sua infraestrutura de TI para conduzir operações de missão crítica em toda a empresa, pois hoje temos um alto volume de transações financeiras com base na web em uma estrutura de comércio global onde os serviços devem ter 100% de disponiblidade. Para muitas empresas fazer isto significa uma economia de custos significativa, pois as empresas podem fazer uma consolidação de datacenters através de um correto dimensionamento. Para outras empresas uma fusão ou aquisição impulsiona a necessidade de integração em larga escala levando a um aumento na demanda por armazenamento de dados. Outro ponto são as crescentes exigências regulamentares que também desempenham um papel significativo, pois as empresas lutam para atender à conformidade de arquivamento, gestão de dados e requisitos de segurança. Outra questão importante é que toda empresa precisa de um plano de continuidade de negócios que inclui recuperação de desastres, backup e operações remotas no caso de algum evento no site principal. Em outros casos as razões para migração do Datacenter são simples, pois o sucesso do negócio resultou em um crescimento explosivo que tornou a capacidade de entrega de energia, telecomunicações ou suporte a carga (peso) dos ativos na atual localização insuficientes para a nova demanda do negócio.

Razões Tecnológicas – A contínua evolução da tecnologia de infra-estrutura está transformando o Datacenter Moderno, onde uma grande quantidade de servidores individuais e quilômetros de cabos estão sendo substituídos por servidores de alta densidade baseados em rack de equipamentos reduzindo assim a necessidade de espaço físico. Outra questão é o avanço na largura de banda de rede das operadoras de telecomunicações o que está tornando possível armazenar e acessar aplicativos de missão crítica e dados remotamente. Ao mesmo tempo mais processos, documentos e dados estão sendo digitalizados, aumentando assim a necessidade de mais avanços na configuração dos Datacenters. Por tanto, independentemente do que impulsiona a migração de um Datacenter o objetivo é minimizar o tempo de downtime de aplicativos e sistemas críticos de negócios, tornando a movimentação o mais imperceptivel possível a operação da empresa.

Na Parte 02 deste artigo vamos conversar um pouco sobre o processo de planejamento da migração e também os interesses envolvidos neste processo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Pós graduado com MBA em Gestão de Custos de Projetos de Engenharia de Telecomunicações utilizando PMBOK - PMI pela Universidade de Taubaté onde também é formado em Engenharia de Telecomunicações, hoje atua como Engenheiro Consultor no UPTIME INSTITUTE que é uma consultoria especializada em acreditação de Data Center's no mundo e proprietária da certificação TIER Standart. Conheça o UPTIME INSTITUTE: http://www.uptimeinstitute.com Conheça o autor: http://br.linkedin.com/in/osvaldomelo

Osvaldo Melo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.