Carreira

Ξ Deixe um comentário

Líder exponencial, você é um deles?

publicado por Ana Paula França Vespermann

Recentemente participei de um Grupo de estudos aplicados na ABRH-ES sobre liderança exponencial, conduzido pela competente e querida Andrea Salsa.

Em um mundo tão maluco, é patente a necessidade de líderes que acompanhem esse ritmo e algumas reflexões feitas no grupo me pareceram bastante pertinentes, por isso quero compartilhar com vocês!

O líder exponencial é aquele que equilibra suas competências e busca cada vez mais se autoconhecer, ser atento à saúde, realizar, inspirar e protagonizar. É um líder completo, que sente e faz sua equipe sentir essa completude.

Se autoconhecer porque apenas quando nos conhecemos, conseguimos aproveitar melhor nossas fortalezas e minimizar o que temos a melhorar. Com isso, lideramos melhor a equipe, tiramos mais proveito dos nossos pontos fortes e não temos medo de buscar apoio quando necessário.

Atento à saúde porque apenas uma pessoa que cuida de si e de sua equipe em todas as dimensões – biológica, social e mental – é capaz de exercer todo o seu potencial e também extrair o melhor de sua equipe. Imagine alguém doente ou com problemas sociais liderando pessoas?! Complicado, certo?

Realizador porque no mundo corporativo, o que vale é o placar – claro que conquistado com ética e alinhado à estratégia de negócio! Mas tendo o resultado em vista, a líder realizador arrisca de forma calculada, está disposto a errar para aprender. Ele fomenta a criatividade da sua equipe, dá liberdade e autonomia, antecipa tendências e direciona a vela do barco, levando sua turma ao objetivo almejado. Ele é quase um viciado em conquistar, ele só sossega quando consegue!

Inspirador porque ele assume sua responsabilidade na vida das pessoas que lidera e interage, além de ter a visão clara de que o sucesso é maior quando é conquistado junto à equipe. Ele cria alianças e coalizões, é assertivo na comunicação, transparente e consistente. Ele dá significado ao que a equipe faz, está atento às mudanças, não teme o futuro, pelo contrário, ele o abraça junto com todos os benefícios que a tecnologia traz. E mais do que tudo: estimula a inteligência coletiva em todos os níveis e áreas, sempre sem perder o viés humano.

E claro, protagonista! Porque ele está no comando, busca ser cada vez melhor e leva sua equipe contigo! Como diria meu amigo e profissional diferenciado Sidcley Gabriel, no caminho para o sucesso, ele assume a direção, ele é o motorista!

Fácil ser um líder exponencial, né?! Nem de longe! Mas nem tudo precisa ser complicado e complexo, certo?! Seguem algumas pequenas ações para materializar esse líder que há dentro de cada um de nós!

  • Ouça com atenção genuína seus liderados. Que tal estabelecer um cronograma fixo de reuniões individuais e de equipe? Mas nesse momento, não vale responder ao celular, ok?! Ah, e se desmarcar, justifique e remarque.
  • Continue se desenvolvendo, buscando se conhecer e ampliar seu repertório. Uma viagem, um novo curso ou apenas se aplicar novamente a algum teste de perfil para ver as mudanças já podem trazer grandes revelações e benefícios para você.
  • Seja coerente e consistente em sua fala e ações. Mas não posso mudar de ideia? Claro que pode! Mas para mudar, precisamos de embasamento e a equipe precisa ser alinhada.
  • Dê autonomia de verdade. Avalie o que pode realmente ser feito sem sua supervisão, o que precisa de supervisão e o que você não abre mão de fazer. Isso vai dar confiança não só a você, mas também a sua equipe.
  • Crie junto. Já dizia o velho ditado “Duas cabeças pensam melhor do que uma”, então busque soluções a partir da co-criação, ouça os envolvidos, abra a cabeça e escute sem pré-conceitos. Ah, mas não se esqueça de reger toda essa conversa com método porque se não vira a atividade vira a “casa da mãe Joana”, não é?!
  • Defina metas claras, seja simples. Explique a função de cada um de sua equipe e o que é espero deles. Trabalhar bem é função deles, mas não podemos deixar de reconhecer e celebrar resultados diferenciados.
  • Cuide-se e estimule sua equipe a se cuidar. Que tal criar um clube do livro, programas que estimulem a alimentação saudável e a prática de exercícios, promover eventos com as famílias, criar momentos de integração da equipe etc.

Pois é, a maioria de nós, assim como eu, não nasceu um grande líder, mas se praticarmos, podemos melhorar muito nesse sentido. Uma vez tive um grande líder e trabalhar com ele foi realmente muito bacana. Ele pegou um time desmotivado, com diversos problemas e conseguiu em pouco tempo oxigená-lo, melhorar a performance até dos mais desacreditados e passou a construir junto à diretoria o caminho de uma organização de bilhões. Ele conseguia extrair o melhor de cada um e isso foi demais! Quero proporcionar isso a minha equipe e a mim. E você? Também quer?

Para saber mais sobre o tema, uma sugestão de leitura é “Organizações exponenciais” de Salim Ismail, Michael Malone e Yuri Geest.

E para terminar, um vídeo bem bacana para nos inspirar na trajetória para um líder exponencial.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Formada em administração pela Federal do Espírito Santo, com pós-graduação em finanças pela Fundação Getúlio Vargas e também em gestão empresarial pela Fundação Dom Cabral. Atua há mais de 10 anos nas áreas de finanças, gestão empresarial e gestão de pessoas, tendo também forte atuação nas áreas de planejamento estratégico, controladoria, gestão de projetos e gerenciamento da rotina em grandes empresas como Samarco, Itaú-Unibanco, Arcelor Mittal e Banestes. Tem experiência em ambientes de crise e grande pressão, além de ter implementado projetos pioneiros nas empresas em que trabalhou alcançando resultados como a elevação em 500% do limite de crédito e 100% de sucesso nas renovações das certificações internacionais na Citta, participação no planejamento estratégico da Samarco alcançando aumento de 50% da capacidade produtiva da empresa, implementação da Ouvidoria no Unibanco e Unicard e melhoria de processos com redução significativa de custo, sem perda de escopo e qualidade, em todas as empresas que trabalhou. Recentemente, ganhou junto a sua equipe, prêmio por boas práticas em gestão de pessoas. É membro do IBEF - Instituto Brasileiro de Finanças, do Comitê de gestão de pessoas do SINDUSCON - Sindicato da Construção do Espírito Santo e do grupo de líderes de RH com participação das mais importantes empresas do ES. Idealizadora do grupo "Café com RH" com mais de 150 profissionais para troca de experiências, benchmarking e treinamento. https://www.linkedin.com/in/ana-paula-franca-vespermann/

Ana Paula França Vespermann

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes