Mercado

Ξ Leave a comment

App ajuda futuras mamães a comprem artigos para bebês fora do país

posted by Equipe da Redação

Figura - App ajuda futuras mamães a comprem artigos para bebês fora do paísMesmo com Dólar alto ainda vale a pena comprar fora do país; artigos para bebês e crianças podem ser até 80% mais baratos

Através de viajantes internacionais, startup de compartilhamento de bagagem torna simples, barato e seguro a compra de itens importados dos EUA – Miami.

Em 2017, Miami recebeu cerca de 525 mil de turistas vindos do Brasil de acordo com dados do Greater Miami Convention & Visitors Bureau (GMCVB). Com a alta do dólar atrelada aos custos da viagem como passagem aérea, hospedagem, alimentação, entre outros, as compras no exterior podem pesar no orçamento de algumas famílias. Mesmo assim, estima-se que a economia possa chegar a 80% na hora de comprar artigos para bebês fora do país.

Uma alternativa que está ajudando as futuras mães brasileiras a importarem itens para bebês e crianças com segurança e baixo custo é o Grabr (http://grabr.io/pt/) – uma plataforma de compartilhamento de bagagem que possibilita o acesso a compra de produtos através de viajantes.

Entre os itens de enxoval mais pedidos no aplicativo estão as roupinhas, os acessórios de carrinho e também a babá eletrônica. Um modelo deste aparelho com câmera no Brasil pode custar cerca de R$800 reais, já no exterior, o mesmo modelo custa em média $99 dólares. Outro exemplo é o acessório canguru: a mesma marca desse item pode ser encontrada nas lojas brasileiras por em média R$1.000 reais e por cerca de $96 dólares nos EUA.

Importando produtos sem sair de casa

Para utilizar a plataforma o comprador deverá criar um pedido no site com todas as descrições do produto desejado e link de onde será possível comprar esse item lá fora. Este pedido ficará disponível aos viajantes, e aquele que puder fazer a compra, entrará em contato com o comprador para acertar os detalhes. O aplicativo calcula automaticamente o valor do produto com base no preço praticado no exterior, adicionando uma taxa de recompensa para o viajante – dessa forma, o comprador se beneficia pagando um valor justo pelo produto importado e o viajante pode ganhar um dinheiro extra para contribuir com os custos da viagem.

Por último, comprador e viajante determinam um dia e local para entrega do produto e, caso aconteça algum problema com o pedido, a plataforma reembolsa os valores pagos pelo comprador, garantindo assim a segurança das transações

Sobre a Grabr

Disponível nos formatos de app e desktop, a plataforma permite que viajantes monetizem suas viagens através do programa de recompensa, ou seja, ao trazer produtos dentro do espaço livre de suas bagagens, o usuário recebe uma bonificação, tornando sua experiência única de troca cultural e financeira. Presente em 120 países e agora também no Brasil, a Grabr hoje possui ao redor do mundo mais de 450 mil usuários entre compradores e viajantes. Criada em 2015 em São Francisco – EUA pelos russos Daria Rebenok e Artem Fedyaev, a empresa teve no ano passado um faturamento de cerca de 7 milhões de dólares e agora chega a América do Sul onde enxerga um grande potencial de mercado. Neste mês de março, recebeu um aporte de US$ 8 milhões da Foundation Capital e agora segue em franca expansão para tornar a empresa cada vez mais forte no mercado brasileiro.

  •  
    5
    Shares
  • 5
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Mais sobre a empresa

Equipe da redação do TI Especialistas normalmente posta textos escrito por terceiros e enviados para o site com os devidos créditos.

Equipe da Redação

Comentários no Facebook

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.