Carreira

Ξ 2 comentários

Home office no limite do travesseiro

publicado por Alberto Parada

Home office no limite do travesseiroDiferente do modelo atualmente utilizado e fortemente suportado pela internet e por ferramentas de colaboração, o surgimento do home office tem indícios em 1857 com a utilização das telecomunicações nos Estados Unidos em uma companhia de estrada de ferro, que usava um sistema privado de telégrafo para gerenciar o pessoal que estava distante do escritório central.

Hoje seu uso está longe de ter apenas o controle das atividades de quem está trabalhando remoto. O objetivo principal do home office é reduzir drasticamente os custos operacionais das empresas, do espaço físico a compra de clips.

Para os funcionários, que sonham com seu negócio e com ele administrar como quiser seu tempo, têm no home office uma maneira segura de conseguir o que deseja, sem se aventurar por uma empreitada empresarial.

No Brasil ainda há resistência. Gestores que adoram medir seu poder pela quantidade de pessoas trabalhando sob seus olhos, ganharam força depois da presidente do Yahoo convocar seus funcionários a largar o home office e voltar ao escritório justificando  que a “velocidade e qualidade são muitas vezes sacrificadas quando se trabalha de casa”.

O que nenhum presidente de empresa pode barrar é o avanço da globalização e da busca contínua por economia nos negócios. Hoje o valor de um projeto conduzido por Gerentes de Projetos no Brasil com recursos alocados na Índia, Rússia e Vietnã utilizando-se do cloud como infraestrutura de desenvolvimento para um cliente na Europa tem seu custo muito inferior do que se fosse realizado por profissionais de qualquer país europeu que tem historicamente custos trabalhistas altíssimos.

A tendência de home office é crescente, principalmente com boa parte do mundo em crise e necessitando reduzir seus custos. A diversificação das atividades não tem limite. Há pouco tempo era impossível imaginar um atendente de call center trabalhando remotamente; a tecnologia de telefonia na nuvem consegue direcionar uma ligação para um atendente com o perfil necessário para atender um determinado cliente em qualquer lugar do mundo, a qualquer hora.

Contudo, por mais que pareça ser a melhor situação do mundo trabalhar em home office, é muito difícil ter a disciplina necessária para alcançar os resultados e resistir a tentação de não voltar para a cama em um dia frio e chuvoso para assistir a “Sessão da Tarde” .

A disciplina tem que ser de todos. A família não pode acreditar que pelo fato de trabalhar em casa o dia inteiro todos os dias você está disponível para levar as crianças na escola, vizinho no médico, ou receber visita a qualquer hora.

Tenha em mente que um espaço dedicado exclusivamente para o trabalho é fundamental, participar de reuniões com profissionais do mundo todo faz parte do dia a dia e será desagradável entrar em uma vídeo conferência e escutar o cachorro latindo ou ver (e ouvir) as crianças gritando.

Preocupe-se com a carreira, mesmo não batendo cartão. A distância entre quem está em home office e quem está dentro dos escritórios é sentida no momento das promoções. Habitualmente os que circundam a corte são mais lembrados nestas ocasiões.

Utilize o home office com parcimônia. Diminuir a frequência das idas para a companhia melhora a qualidade de vida, aumenta a produtividade e ajuda a reduzir os custos operacionais da empresa. Mas trabalhar todos os dias em home office, por mais que possa parecer delicioso usar pijama o dia inteiro, todos os dias, ocasiona o risco de ser esquecido pela empresa.

[Crédito da Imagem: Home Office – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Fundador do : descomplicandocarreiras.com.br

Alberto Parada

Comentários

2 Comments

  • Home Office é sinônimo de disciplina, na minha opinião, todas as vezes que me utilizei dessa opção, foi exclusivamente para ter uma certa privacidade e maior concentração, porem, o máximo que pode ocorrer é uma interrupção, menos demorada para um cafezinho passado pela esposa na hora, aquela comidinha caseira, mas acima de tudo, existe muitos benefícios que compensam em muito o home office, por exemplo, gasta-se nenhum tempo indo ao restaurante almoçar, gasta-se nenhum tempo indo e voltando do trabalho, logo o rendimento da atividade é maior e o gestor deve ter olhos para resultado. … Alberto, pra variar mais uma boa matéria. PARABÉNS

  • Interessante o crescimento do trabalho home office nos EUA. É algo que acredito muito quando o time é de confiança. Ficar acessível, podendo ser acionado durante o expediente por todo o time e ainda ter excelente comunicação e acompanhamento são cruciais para que funcione adequadamente.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes