Mercado

Ξ Deixe um comentário

As relações profissionais e pessoais no pós-pandemia

publicado por Wagner Luis Alves

As relações profissionais e pessoais no pós-pandemiaTodos nós estamos tentando imaginar o que acontecerá pós-pandemia. O fato é que nada mais será como antes, seja no ambiente pessoal ou profissional. Li recentemente um artigo da revista “The Economist” onde foram elencados alguns tópicos sobre o tema:

  • Nós vamos querer alavancar nossas socializações novamente, mas é certo que o trabalho remoto permanecerá, sofrendo novas adaptações é claro, mas as pessoas irão continuar trabalhando online a partir de suas casas e frequentando as estruturas das empresas esporadicamente. O “novo normal” abriu novas oportunidades e o crescente uso da tecnologia fez com que as empresas aderissem cada vez mais ao trabalho remoto.
  • Os escritórios, como conhecemos hoje, não existirão mais, esse modelo retrógrado será preenchido por tecnologias disruptivas, novos assistentes digitais serão incorporados para que o trabalho seja executado de forma mais eficaz. As grandes corporações serão lembradas futuramente como corporações em extinção.
  • Viagens, congressos e reuniões de trabalho nunca mais voltarão à ser como eram, pois serão realizadas online. Aquele turismo de trabalho praticamente será extinto, as coisas acontecerão na base da “chamada de vídeo”.
  • As nossas residências automaticamente se tornarão mais tecnológicas e integradas ao nosso trabalho, boa parte das empresas investiram nas adequações e bem estar dos colaboradores em suas casas, hoje em dia é normal residir numa cidade do interior e estar empregado em uma Capital, por exemplo.
  • A produtividade não depende mais de um Chefe que esteja presente fisicamente, as novas plataformas conseguem analisar a produtividade de cada colaborador, a maneira como as contratações são realizadas também foi repensada, não existe mais diferença entre entrevistas presenciais e remotas, todos somos globais hoje.
  • Igrejas, Cinemas, Academias, poucos lugares manterão estruturas físicas gigantescas como antigamente.
  • Empresas que não investirem pesado em novas tecnologias, poderão desaparecer. O formato de “empresa tradicional” chegará ao fim no final de 2021.
  • O turismo para entretenimento será fortalecido no segundo semestre de 2021, sempre acompanhado de muita tecnologia em suas operações.
  • O tratamento de dados pessoais torna-se mais delicado e as grandes plataformas vão mudar. As pessoas voltam a pagar assinaturas devido ao senso de transparência que isso envolve. Eles preferem pagar a doar seus dados. As grandes marcas hoje valem sua credibilidade. Tudo pode ser copiado ou replicado, exceto prestígio.
  • A força de trabalho será drasticamente reduzida e muitas operações simples serão fornecidas por Inteligência Artificial. Em 2024, a IA já lidará com operações complicadas em milhões de locais. Uma grande temporada global de demissões está chegando. O desemprego ocorre por motivos multifatoriais e não apenas por causa da crise econômica.
  • A educação nunca mais será igual. Cada um pode estudar o que precisar. Estudar offline e online será normal. Escolas e universidades são transformadas em um esquema híbrido para sempre. Serão aceitos candidatos sem formação universitária para cargos de menor importância, que tenham a experiência necessária.
  • O sistema médico será adaptado com tecnologia remota para sempre. Uma consulta médica por teleconferência será normal. A vacina da COVID é muito rápida, mas você encontrará grandes desafios ao longo do caminho. Grandes hospitais repensam seu funcionamento devido às crises econômicas que sofreram com a Covid 19. As pessoas ficam menos doentes com vírus, bactérias e doenças devido ao manuseio inadequado dos alimentos, graças à limpeza recorrente do indivíduo comum.
  • A economia pessoal se contrai, novas formas de gerar transações comerciais são utilizadas e as pessoas economizam mais. Uma alta porcentagem dos gastos da família vai para atividades que antes não tinham demanda e vice-versa. A compra de itens como roupas elegantes é substituída por roupas casuais.
  • E-commerce continua a crescer, players como Facebook, Tik-Tok e YouTube entram para competir com a Amazon. Fechamento de 50% das lojas físicas globais. As lojas sobrevivem graças ao fato de serem experiências e showrooms, mas o comércio real no final de 2024 será maior online do que presencial em muitas áreas. Os grandes shoppings ficarão presos no tempo. Poucos sobreviverão a longo prazo.
  • Mudanças climáticas serão um tópico muito discutido e apoiado. As grandes indústrias continuarão a se transformar com apoio da IA. A adoção da bicicleta como principal meio de transporte continuará crescendo graças à transformação das cidades. Vamos passar da questão Covid para a Mudança Climática como a questão principal.
  • Novos modelos de informações e notícias por assinatura com mais transparência ajudarão a disponibilizar conteúdo sem tantas fake news. Credibilidade e transparência serão a pedra angular de todas as empresas. As pessoas estão cansadas de tanta informação e preferem interagir com alguns seletos provedores de informação.
  • A saúde mental torna-se um tema recorrente. Grandes plataformas ajudam as pessoas a enfrentar as situações de agressividade, solidão e angústia que vivenciaram durante o isolamento. Há muito a repensar. As crises de liderança nas empresas serão mais comuns a cada dia.
  • Os grandes problemas como educação, saúde, energia, segurança, política, destruição da classe média, ganham destaque. Grande capital é investido para fazer o bem, enquanto os problemas globais são resolvidos. Empreendedorismo social no seu melhor, com resultados financeiros muito substanciais.
  • Tudo vai para o natural e saudável. Alimentos, experiências e forma de interação. 100% natural, produzir a própria comida, meditar e se exercitar, passa a fazer parte do dia a dia. Ser mais saudável é o “novo luxo”. Produtos suntuosos perdem valor e justificativa. A reciclagem está voltando muito mais forte depois de um ano de desperdício incontrolável, agora com grandes tecnologias que realmente resolvem os problemas gerados no passado.
  • O mundo está vendo este ano como um novo começo. Um renascimento. As pessoas vão repensar seus objetivos pessoais, de trabalho, saúde, dinheiro e espirituais. Grandes oportunidades estão surgindo para satisfazer todos esses requisitos e mudanças de pensamento. Acumular, consumir e viver pelo material vai para o lado negativo. A inovação, a tecnologia, o pensamento natural e lateral são a base da nova realidade. Todos estão a tempo de encontrar novos caminhos. Você apenas tem que encontrar as novas rotas pessoais ou comerciais.

E o que nos resta? Vamos superar este momento, precisamos acreditar em nossos propósitos e valores, apesar das perdas e de todo o nosso sofrimento seguiremos em frente, na expectativa de um futuro melhor para nossos filhos, netos e bisnetos. Um forte abraço à todos!

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Com 22 anos atuando na área de TI, Especialista em Teleinformática & Redes de Computadores pela UTFPR(2007), Tecnólogo em Sistemas de Informação(Opet/2005), nascido em Araçatuba-SP, reside em Curitiba desde Janeiro de 2004, sempre atuando na área de TI em empresas privadas e pública.

Wagner Luis Alves

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.