Gerência de Projetos

Ξ Deixe um comentário

Project Office gerando valor como gestor do conhecimento

publicado por Beatriz Benezra Dehtear

Figura - Project Office gerando valor como gestor do conhecimentoO que é MATURIDADE ?

No Contexto organizacional o conceito de maturidade está associado aos conceitos de excelência e alto desempenho.

Como chegar lá?

De acordo com diferentes modelos que descrevem o ciclo de geração de conhecimento organizacional, o processo de melhoria contínua encontra-se imerso no referido ciclo. Quando os indivíduos aprendem e se desenvolvem, automaticamente o conhecimento adquirido se transforma em valor que aplicado na execução das atividades diárias gera:  qualidade, produtividade e consequentemente melhora o desempenho.

Quando a execução do ciclo de aprendizagem é direcionada e sistemática, a organização vivencia um ciclo de melhoria contínua ininterrupto que a leva à tão desejada excelência organizacional.

Qual é o papel do Project Office neste contexto?

Em uma organização projetizada, os projetos representam grandes fontes de produção de conhecimento organizacional. Este conhecimento precisa ser catalogado, guardado, disseminado e aplicado entre os projetos. Assim sendo, o Project Office assume um novo papel tornando-se um Gestor de Conhecimento e sendo responsável pela aplicação e gestão dos processos do conhecimento (catalogar, guardar, disseminar e aplicar conhecimento).

Estes processos do conhecimento são colocados em execução usando Práticas de Gestão do Conhecimento.

Como tornar o Project Office maduro?

Segundo Pinto, Cota e Levin (2010), o grau de maturidade de um Project Office é resultado de sua capacidade em gerar valor para seus clientes e para a organização como um todo.

Assim sendo, o Project Office no seu papel de Gestor do Conhecimento se torna o grande articulador de conhecimento organizacional, gerando excelência e melhorando o desempenho mediante a aplicação  e gestão de Práticas de Gestão do Conhecimento, isto no ambiente do projeto e entre os diferentes projetos.

Quer uma dica?

Para exemplificar elaborei a tabela a seguir, onde são relacionadas algumas das atividades do  Project Office  que proporcionam  alto valor aos projetos e à organização. Para cada atividade é apresentada  uma Prática de Gestão do Conhecimento  que quando aplicada potencializa os  resultados da atividade,  gerando ainda muito mais valor e impulsionando a geração da maturidade do Project Office.

[Crédito da Imagem: Project Office – ShutterStock]

 

Artigos Relacionados

Autor

Gerente de Projetos, Gestora de Qualidade, Especialista em Sistemas de Gestão e Gestão por Processos, Expert em Práticas de Gestão do Conhecimento e Inovação. Formada em Tecnologia da Informação pela PUCRS . Tem MBA em Gerência de Projetos pela FGV. Pós-graduada em Consultoria para Implantação de Sistemas ERP e Gestão por Processos pela UNISINOS. Desenvolveu sua carreira em grandes corporações como Mars, Dell e Hewlett Packard, onde desempenhou cargos de gestão vinculados a Qualidade, Desenvolvimento Organizacional, Gestão do Conhecimento e Inovação, Pesquisa e Desenvolvimento. Coordenou o Comitê de Práticas da SBGC-RS (Sociedade Brasileira de Gestão do Conhecimento). Fundadora e Coordenadora do Grupos de Usuários de Gestão de Conhecimento da SUCESU-RS. Diretora adjunta dos Grupos de Usuários SUCESU-RS> Avaliadora do Prêmio Inovação do PGQP. Diretora da Beatriz Dehtear KM, empresa com larga experiência em implantação de Gestão do Conhecimento Organizacional em instituições públicas e privadas, nacionais e estrangeiras.

Beatriz Benezra Dehtear

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Autores

Pesquisar:

Siga-nos!

Patrocínio

Facebook

Facebook By Weblizar Powered By Weblizar

Inscreva-se em nossa Newsletter

Artigos Recentes