Cloud Computing

Ξ Deixe um comentário

Virtualização e a TI sustentável

publicado por Frederico Neves

819414_29109461Nunca se falou tanto em economia de recursos, sustentabilidade, TI verde. O mundo em que vivemos esta cada vez mais saturado e se faz cada vez mais necessário que se invista em tecnologias que possam reduzir o consumo de recursos, em paralelo a isso o poder computacional cresce de forma gigantesca, um exemplo básico desta evolução esta no seu bolso, quantos GB seu smartphone possui?

Frear esta evolução é impossível, cada vez mais veremos smartphones, tablets, ultrabooks tomando conta do mercado, hoje qualquer criança já possui um smartphone e isso tem se tornado um grande desafio para a humanidade, como fazer para unirmos a evolução constante e inevitável com a sustentabilidade. Uma das respostas para esta pergunta com certeza é a virtualização de servidores. Muito tem se falado desta tecnologia e muitos benefícios tem se explorado ao longo dos anos, não é segredo nem novidade para ninguém todas as vantagens que a virtualização proporciona para aqueles que o usam, escalabilidade, gerencia simples, provisionamento, melhor uso do hardware. Tudo isso tem se falado inclusive por mim, neste mesmo portal eu já falei muito sobre tudo isso.

Hoje gostaria de lhe convidar a pensar na virtualização como economia de recursos, para isso abordaremos os seguintes pontos:

Redução na emissão de carbono

Uma pesquisa de 2007 mostra que computadores emitem a mesma quantidade de carbono que os aviões, de acordo com a pesquisa os computadores geram cerca de 35 milhões de toneladas de CO2 por ano – o equivalente a um milhão de vôos típicos de ida e volta ao Reino Unido. A Gartner, companhia internacional de pesquisa de tecnologia da informação, estima que globalmente a indústria de TI é responsável por 2% das emissões de CO2 – o mesmo que a aviação.”

Você deve esta se pensando mas como eu posso contribuir com isso? A virtualização é uma grande arma contra a emissão de carbono, e a explicação é bem simples. Imagina um datacenter de sua empresa com 30, 40 computadores físicos, agora imagina estes computadores funcionando virtualmente em apenas 2 servidores. Não temos mais 40 computadores emitindo CO2 e sim apenas 2, consegue imaginar o tamanho da redução do impacto que estaríamos proporcionando com a ampla utilização da virtualização?

Redução na geração de lixo eletrônico

Segundo uma pesquisa da revista Info ate o final de 2011 o mundo gerou 50 milhões de toneladas de lixo eletrônico, isto é todo o lixo que uma cidade como São Paulo gera em 8 anos. Todos os anos milhares de computadores são descartados por simplesmente não atenderem mais as expectativas, com a evolução dos softwares cada vez mais se pedem hardwares mais potentes e aquele servidor que a 1 ano te atendia hoje já não lhe atende mais. Grande parte da culpa deste fato é o pensamento imediatista dos gestores de TI, não se programam a longo prazo, não fazem metas de crescimento e consequentemente não se compra pensando no futuro, isso faz com que seja necessário o constante investimento em novos computadores, descartando os antigos.

Uma virtualização bem planejada pode ajudar a evitar este crescimento de geração de lixo eletrônico, o planejamento do crescimento aliado a virtualização promovem a aquisição de computadores que vão atender a necessidade de uma empresa por 3, 4, 5 anos sem a necessidade de aquisição de novos equipamentos, no máximo acontecerá o melhoramento dos computadores já existentes com a aquisição de discos e memória por exemplo.

Redução no consumo de energia elétrica

Deixei este tópico por final por se tratar do mais obvio dentro todos, não tem oque se discutir com relação a grande economia de energia elétrica com a adoção da virtualização. Esta conta é bem simples, imagine 10 servidores físicos, cada servidor terá no mínimo 1 fonte, se formos falar de servidores homologados teremos 2 fontes para cada servidor. Neste cenário teremos 20 fontes ligados a rede elétrica consumindo energia, se virtualizarmos estes 10 servidores usando apenas 2 servidores  físicos, teremos não mais 20 fontes e sim 4. Não precisamos ser bons em matemática para termos uma ideia da economia gerada com a virtualização.

Um outro fator importante é a geração de calor pois cada servidor ligado gera uma quantidade de calor e consequentemente aumenta a necessidade de uma maior refrigeração. Ou seja com a virtualização você também economiza com aquisição de aparelhos  de ar condicionado.

Eu não tenho dúvidas das vantagens da virtualização para uma TI sustentável, me arrisco a dizer que é a grande aliada da TI verde, visto que se pode manter o mesmo poder computacional com bem menos recurso físico, os CIOs estão cada vez mais observando estes aspectos pois estão deixando de olhar TI apenas no ambiente operacional e estão começando a enxergar a TI como parte fundamental do negócio.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Profissional graduado em Sistemas para internet, possui grande experiência em projetos de virtualização e cloud computing. Atualmente ocupa o cargo de Consultor de TI na PRODAMA atuando com a equipe de vendas dimensionando cenários e desenhando projetos. Atuo também em implementações de toda linha VMware, IBM System X, IBM System Storage, ARCSERVE Backup. Profissional especialista IBM System X, IBM System Storage e VCP5 VMware. Contato: (44) 8411-2684 email: contato@fredericoneves.com.br

Frederico Neves

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.