Posts by Tag: recursos humanos»

TI Corporativa

Rede social, sua empresa ainda vai ter uma

Rede social, sua empresa ainda vai ter uma

posted by Renan Crippa Freitas

A rede social é uma parte da revolução na comunicação, quebrando uma série de barreiras que dificultavam a troca de informações.

TI Corporativa

Como a Sustentabilidade interfere na gestão de pessoas?

Como a Sustentabilidade interfere na gestão de pessoas?

posted by Roberta Valença

O título também poderia ser “como a gestão de pessoas interfere na sustentabilidade?”. A verdade é que uma coisa depende da outra.

Big Data

Os Numerati estão a serviço do RH?

Os Numerati estão a serviço do RH?

posted by Francisco Machado

Talvez um novo campo de trabalho esteja se abrindo para profissionais da área de Matemática e Estatística atuarem como os Numerati do RH.

TI Corporativa

Festa de confraternização na empresa: para que?

Festa de confraternização na empresa: para que?

posted by Maurício Seriacopi

Sempre que chega o último trimestre do ano, os profissionais da área de recursos humanos começam a ficar com os cabelos em pé.

TI Corporativa

Dói mais contratar ou demitir?

Dói mais contratar ou demitir?

posted by Alberto Parada

De bate-pronto a resposta é: demitir, afinal irá mudar a vida da pessoa, mexe com família, filhos e isso não pode ser tratado de maneira leviana.

TI Corporativa

Comportamento – O Indivíduo na Organização

Comportamento – O Indivíduo na Organização

posted by Cristiano Pimenta

Comportamento: Quando abordamos a Segurança da Informação, na dimensão do indivíduo, não podemos nos distanciar de questões relacionadas a personalidade.

Carreira

Desenvolvimento Humano: Necessário ontem, hoje e sempre

Desenvolvimento Humano: Necessário ontem, hoje e sempre

posted by Alexandre Franco

É uma característica do ser humano planejar cenários futuros. É certo que em algum momento, imaginaremos como será a vida após os 60 anos de idade e não se surpreenda caso a maioria das pessoas responda que ficará velho. Mas se pergunte porque apenas uma pouca parcela delas, responderá que ficará idosa.

Algumas semanas atrás tive a oportunidade e felicidade de comparecer a uma palestra do Prof. Mario Sérgio Cortella, grande filósofo, mestre palestrante e acima de tudo, um eterno estudante. Durante os poucos mais de 60 minutos de grandes reflexões sobre gestão do conhecimento, algo me marcou profundamente. A diferença entre o velho e o idoso.

Carreira

A difícil arte de recrutar no mercado de trabalho

A difícil arte de recrutar no mercado de trabalho

posted by Vladmir França

Está difícil recrutar pessoas qualificadas no mercado. Essa dificuldade não está restrita a um setor, mas permeia por todos eles indistintamente.

Carreira

Gestão ou “indigestão” de pessoas?

Gestão ou “indigestão” de pessoas?

posted by Maurício Seriacopi

O mundo corporativo tem lançado moda constantemente.

Moda?
Sim. Desde o filme “Tempos Modernos” do espetacular Charles Chaplin, o modismo corporativo tem causado verdadeiras confusões com nomes até interessantes. Reengenharia, parceria, absenteísmo, network, balanced score card, feed back, turn over, e por aí vai. Uma delas, que tem me tirado o sono, é a quase banalizada “Gestão de Pessoas”.

As transições nominais de DP (Departamento de Pessoas) para RH (Recursos Humanos) para então GP (Gestão de Pessoas), parecem não ter sido suficiente para atentar que cuidar de pessoas parte de um princípio básico que é preciso realmente gostar de pessoas.

Muitos gerentes, diretores e líderes, acreditam que dar bom dia, pagar os salários pontualmente ou conceder alguns benefícios diferenciados é suficiente para se auto-intitular Gestor de Pessoas.

Perguntado certa vez, a um ex-presidente da república, o que faria depois de cumprir seu mandato respondeu: “- Vou cuidar dos meus cavalos. Prefiro o cheiro deles ao cheiro do povo.”

Quando um líder diz “– Nossa, como é difícil tratar com pessoas, elas são muito complicadas.” – tenho um arrepio na coluna e me pergunto o que esses líderes estão fazendo nesta posição.

Carreira

A relevância do RH no distribuidor

A relevância do RH no distribuidor

posted by Vladmir França

Há que se ter em mente que nem sempre as pessoas eram a principal preocupação das empresas. Durante a Era Industrial, a expectativa era a de que os trabalhadores, ou seja, as pessoas se comportassem como máquinas, já que as organizações, naquela época, passavam por um intensivo processo de mecanização.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes