Posts by Tag: gerente de projetos»

Gerência de Projetos

Gerente de Projetos, um bode expiatório?

Gerente de Projetos, um bode expiatório?

posted by Alberto Parada

Calma! É apenas uma expressão do meio corporativo: o GP apenas perdeu o emprego. Mas nem sempre foi assim. No Egito antigo, foram registrados os primeiros trabalhos dos gerentes de projetos e, possivelmente, foi o nascedouro da prática de cortar a cabeça. Era comum a cabeça do gerente de projetos ser decepada (literalmente) a pedido do Faraó, frustrado com alguma inconformidade no andamento da construção de sua Pirâmide.

Carreira

A solidão do Gerente de Projetos

A solidão do Gerente de Projetos

posted by Alberto Parada

Das profissões que entram e saem de moda a de gerente de projetos é uma que entrou há alguns anos e continua fortemente entre as mais desejadas do mercado.

Carreira

O que aconteceria se fosse feito um job rotation entre o CFO e o Gerente de Projetos?

O que aconteceria se fosse feito um job rotation entre o CFO e o Gerente de Projetos?

posted by Alberto Parada

Seria o êxtase de todos os gerentes de projetos verem o CFO à frente de um projeto e, em nome da boa relação com o cliente e da conclusão do projeto, vê-lo negociar concessões que, na maioria das vezes, afetam as margens do projeto. Porém estas concessões garantirão a satisfação do cliente o que, na crendice popular, irá possibilitar novas vendas com a eterna promessa de recuperação das margens perdidas no mar de projetos que o cliente tem por contratar.

Carreira

Mudança de Paradigma em Projetos

Mudança de Paradigma em Projetos

posted by Rômulo Aguiar

Hoje o mundo de projetos tudo requer controles, visão de : começo, meio, fim e até mesmo uma premonição do que pode dar errado, e não importa o tipo ; em tecnologia, construção ou até mesmo os projetos pessoais.

Mas será que realmente podemos prever tudo, podemos controlar tudo em um projeto?

Em gestão de projetos é comum ver os gerentes de projetos ,tentar estimar as datas de entrega e o final do projeto. Sendo que muitos destes projetos podem durar anos.

Gerência de Projetos

Novidades do Guia PMBOK 5ª Geração – “Exposure Draft”

Novidades do Guia PMBOK 5ª Geração – “Exposure Draft”

posted by Vinicius Passos Silva

Como muitos sabem, o Guia PMBOK® é um padrão reconhecido para a profissão de Gerente de Projetos. Ele descreve normas, métodos, processos e práticas estabelecidas. O PMBOK contém um conjunto de processos que além de amplamente reconhecidos, são considerados como boas práticas no gerenciamento de projetos.

O Project Management Institute (PMI) publicou em 17 de fevereiro de 2012 o PMBOK® Guide 5th Edition Exposure Draft, que pode ser baixado pelos filiados em http://ed.pmi.org/Pages/EDView.aspx?DocumentId=19.
Trata-se do “rascunho”, apenas no idioma inglês, da mais nova edição de lançamento do famoso e reconhecido Guia de Conhecimento de Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK®) do mundo.

Carreira

Por que um PMO pode não dar certo?

Por que um PMO pode não dar certo?

posted by Hugo Lourenço

PMO (Project Management Office)! Afinal o que é isso? Visando ajudar a responder esta questão e ainda a já respondendo algo sobre a questão do título, por favor, leiam os artigos publicados anteriormente: http://www.tiespecialistas.com.br/2012/04/pmo-como-parte-fundamental-de-sucesso-para-a-organizacao/

O complemento que faço é em relação aos 6 pontos relacionados abaixo:

1 – Copiar um modelo de PMO igual ao de outra organização e não criar o seu próprio

Pois é, se fizer isso, aumenta a probabilidade de fracasso! Como comentei nos artigos anteriores, o PMO é o que a empresa necessita que ele seja e também é conforme as “suas dores”, necessidades, tipo de mercado, processos internos, disponibilidade para investimentos, estratégias organizacionais, público alvo, etc. Enfim, são diversos fatores que nos levam a não poder copiar um modelo de outra empresa. Precisa ficar claro que o PMO fará parte do DNA (para maiores informações: http://pt.wikipedia.org/wiki/DNA) da empresa. E, sendo o PMO parte estrutural da empresa, o mesmo terá as características e propriedades da mesma, servindo assim somente para ela.

Mas se não podemos copiar um modelo de PMO de outra empresa, como criamos o modelo específico para a “minha” empresa? Bom gente, daí fica a resposta para um próximo artigo este pulo do gato.

Gerência de Projetos

Aspectos Emocionais na Gestão de Stakeholders

Aspectos Emocionais na Gestão de Stakeholders

posted by Helio Ferenhof

O gestor de projetos precisa atender as expectativas e necessidades dos stakeholders e, a partir da prática de compartilhamento do conhecimento, por meio dos processos de aprendizagem de grupo, é possível contribuir e obter este resultado. Este estudo discute a influência dos aspectos emocionais dos stakeholders no compartilhamento de conhecimento em um ambiente de gerenciamento de projetos. A construção desse artigo teve como ponto de partida a exposição do draft do PMBOK® versão cinco e, pesquisas exploratórias na literatura em busca de suportar e melhorar esta nova área de conhecimento do guia. Para isso foram escolhidos como constructos a gestão de stakeholders, a aprendizagem de grupo e o compartilhamento de conhecimento relacionados aos aspectos emocionais. Os resultados indicam que o entendimento do valor do compartilhamento do conhecimento, bem como os aspectos emocionais no gerenciamento de projetos está relacionado à percepção de que o processo de compartilhar é um diferencial competitivo para a organização, pois se torna a base para a aprendizagem dos grupos e da organização bem como responsável pelo dinamismo na criação do conhecimento e inovação, suportando a gestão de stakeholders.

Gerência de Projetos

Gestor, Gerente, Líder, Chefe de Projetos?

Gestor, Gerente, Líder, Chefe de Projetos?

posted by Helio Ferenhof

No contexto atual, altamente competitivo e globalizado, onde as organizações procuram estar à frente no seu segmento, ou se manter no mercado, cada vez mais faz-se necessário obter diferencial competitivo. Sendo assim, as organizações passam a ter que aprimorar continuamente suas estratégias de gestão, bem como transformar estas estratégias em produtos, sejam bens ou serviços, que atentam de forma eficiente e eficaz os seus stakeholders.

Para tal, a criação de portfólios, programas e projetos é extremamente recomendada (PMBOK[1], 2008; PMI[2], 2008a; PMI[3], 2008b). Entretanto, para que se tornem realidade, uma pessoa deve ser designada. Qual o perfil necessário? Qual o papel que deve representar? Quais habilidades que esta pessoa deve possuir para conseguir transformar a estratégia em realidade?

Em busca de respostas para estas indagações utilizamos da metodologia de pesquisa para ajudar a aclarar a visão em relação ao profissional de projetos, a qual será descrita no tópico seguinte.

Carreira

PMO como parte fundamental de sucesso para a organização

PMO como parte fundamental de sucesso para a organização

posted by Hugo Lourenço

Vários profissionais questionam: Por que nossos projetos não acabam no prazo ou custo ou qualidade planejado(s) / desejado(s)?

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes