Governança

Ξ 2 comentários

ITIL, vale a pena investir nele?

publicado por Luiz Eduardo Improta

Bem, para quem ainda não conhece: ITIL é um acrônimo e quer dizer: Information Technology Infrastructure Library. E muita gente boa ainda o chama de metodologia erradamente, pois é um conjunto de melhores práticas para o gerenciamento de serviços de TI. Conhecer ITIL hoje é maior que um dever para empresas e profissionais. Os de gestão ainda possuem uma responsabilidade maior.  Falar da história do ITIL, a meu ver, agregará muito pouco a este artigo, logo se desejar aprofundar seus conhecimentos sugiro procurar um bom link na internet.

Chegamos a pergunta que não quer calar: vale a pena investir em uma implementação de ITIL? Para responder a esta pergunta irei ser direto: sim. Mas nem sempre tive esta opinião. Quando a empresa em que trabalhava iniciou a implementação dele, fui um dos mais reativos, pois com ele vieram processos, auditorias, comissões… “caramba tudo piorou!” indagava toda a hora. Tarefas que fazia em 2 minutos, agora levavam mais de um dia, pois tinha de planejar, sempre que possível testar e evidenciar que foi feito. Para então submeter à temida comissão de mudanças, que primeiro analisava se tinha seguido o processo e depois outra comissão técnica analisava (no princípio não era assim, mas foi se aperfeiçoando até chegar a isso). Olha confesso que não foi fácil. Mas hoje olhando para trás e com mais tempo de estrada, vejo que valeu a pena. Processos ficaram mais objetivos, mais íntegros e o melhor: ficaram alinhados com o objetivo estratégico da empresa.

Outra luta foi a reeducação dos Clientes para seguirem os processos. Agora tinham de solicitar a alteração em seu ambiente e aguardar a comissão de mudanças analisar os riscos envolvidos, para então dar seu parecer. Muitos clientes reclamaram mas no fim entenderam que estes processos trouxeram certa tranqüilidade aos seus acionistas e/ou a administração da empresa deles. Foi um ganho realmente grande.

Com isso, rapidamente levou a mesma a tirar a certificação ISO 20000 entre outras, que com a casa arrumada foi muito mais fácil.

Podemos afirmar que um fator crítico de sucesso para empresas hoje é ter uma área de governança forte, pois por mais que a empresa tenha bons profissionais, sem os processos que norteiam todos rumo aos objetivos estratégicos traçados pela direção. Com isso certamente perderá segurança e agilidade e isso é como nadar em sentido contrário as expectativas dos clientes.

Já sei que você pensou: como processos dão agilidade a empresa? Sim, eles inferem agilidade a empresa desde que estejam no tamanho e quantidade certa e para isso devem ser auditados periodicamente. O excesso de processos, a falta de indicadores para aferi-los periodicamente são alguns dos motivos que causam “engessamento” da empresa e com isso a perda de receita.

Para encerrar este pequeno artigo, aconselho a pensar no ITIL como um amigo que pode organizar a sua empresa de modo a trazer resultados sólidos e tranqüilidade a seus clientes. Sei que todo o início não é fácil, mas o resultado vai além do esperado. Realmente só notei a importância dele, depois de certo amadurecimento profissional. Não desista, vá em frente e depois me diga.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Sou profissional com mais de 22 anos de experiência desenvolvida em empresas do setor "outsourcing" em TI e Segurança da Informação. Com 2 Pós graduações e 1 MBA na área de TI e diversas Certificações em Segurança e Tecnologia da Informação, dentre elas: COBIT 4.1, ITIL v2 e v3, ISO27002 e CCSA/CCSE. Meu link no "linkedIn": http://br.linkedin.com/in/limprota007

Luiz Eduardo Improta

Comentários

2 Comments

  • Eu acredito sim que vale muito a pena pois mostra às empresas o interesse do profissional em trabalhar com foco no negócio.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes