E-Commerce

Ξ 1 comentário

E-commerces Power Rangers

publicado por Marcelo Goberto Azevedo

A maioria das pessoas já teve algum tipo de contato com algum seriado japonês que passavam na TV brasileira, alguns como referência: National Kid, Ultraman, Ultra Seven, Spectreman, Jaspion, Changeman e Power Rangers. A história sempre é basicamente a mesma para todos, os elementos são, os heróis, os vilões, os monstros e as táticas que cada um utiliza para tentar atingir seus objetivos finais. Claro que os heróis sempre vencem no final, ou seja, tudo demonstra que a maneira correta sempre tem uma vantagem por mais árdua que seja a batalha.

Agora, o que isso tem a há ver como negócios virtuais? Tudo taticamente falando. Fundamentalmente a própria história da criação dos primeiros seriados japoneses, nos demonstra que a falta de orçamento financeiro da época, foi compensada com muita criatividade. E essa característica é essencial num comercio eletrônico. Além disso, podemos tirar algumas lições dos quesitos táticos dos heróis e aplicar no dia a dia de uma loja virtual, vamos à explanação:

Primeiramente os heróis sempre devem estar disponíveis para atender os chamados para enfrentar os monstros, ou seja, é estar de alguma maneira sempre acompanhando tudo que acontece com a loja virtual, seja nos canais de atendimentos, na disponibilidade da plataforma, fazendo benchmarking de seus concorrentes, atualizando-se sobre novidades. O estado de atenção deve ser total.

Os heróis sabem que primeiro eles terão que combater o “primeiro” monstro, para só depois o vilão transformá-lo em um desafio maior. Logo, se não existe abundância de recursos, o que acontece em 99% dos casos, devemos procurar enfrentar os desafios principais, focarmos em primeiramente ter um atendimento diferenciado, oferecer produtos de qualidade e competitivos, oferecer diferencias únicos.

Os heróis nunca esmorecerem no cumprimento do seu dever de derrotar o monstro final, independente das dificuldades e adversidades. Logo, todo lojista deve ser persistente e acreditar que no longo prazo os resultados viram, não adianta acreditar que entrar num ambiente onde já existem outros concorrentes, salvo algumas exceções, a ascensão será extremamente rápida, o comércio eletrônico sempre dá resultados, por isso não devemos criar expectativas altas. E não esmoreça nas primeiras barreiras. São essas barreiras que dividem as lojas em dois grupos: vencedoras e vencidas.

E o mais importante, os heróis sempre enfrentam os monstros e acabam por vencê-los e sabem que num futuro próximo, outros monstros viram e eles os enfrentaram sempre com a mesma disposição e principalmente tática adquirida ao longo das batalhas. Por isso, saiba que manter uma loja virtual requer o mesmo esforço todos os dias, desde manter seus produtos, atender clientes, estar presente nos canais de mídias, enfim, uma infinidade de trabalhos que deverão ser executados com esmero, e claro que a cada novo dia, novas táticas serão testadas e cada vez ficará mais fácil saber o que funciona ou não para alcançar o objetivo de ter uma loja de sucesso e rentável.

Go! Go! Go! Lojistas Virtuais!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autor

Marcelo Goberto de Azevedo é consultor em TI há 20 anos. Escritor e redator do Mundo Ecommerce. Atualmente como Diretor na empresa DragonSoft Tecnologia, focado em consultoria na implantação de e-commerce no conceito venda de serviço atrelada a produtos. Leciona curso de Gestão de TI com ênfase no Comércio Eletrônico.

Marcelo Goberto Azevedo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade


Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.