E-Commerce

Ξ Deixe um comentário

Escolhendo a plataforma de Ecommerce – Falando de Tecnologia

publicado por Renzo Colnago

Você já entendeu que a loja online não é uma brincadeira, já pensou um pouco sobre o seu mercado, seus produtos, público alvo e ganhou confiança para investir.

Então é hora de passar para a fase que, para o e-empreendedor de primeira viagem é a mais complexa, talvez pelo grau de intangibilidade dos recursos e, por que não, complexidade nos novos termos: A escolha da solução de ecommerce.

Essa é a hora tensa que você vai ouvir falar de coisas “chatas” como CSS, Design, Java Script, Flash, PHP, Rails, Python, MySQL, Apache, Nginx, Analytics… Não se assuste, não torça o nariz, esforce-se para entender as coisas, mesmo que superficialmente. Costumo dizer que um comerciante precisa entender a diferenca entre esmalte acetinado e massa corrida tanto quanto um e-empreendedor precisa entender da difereça entre Java Script e CSS. Desculpe aos chiitas tecnológicos mas analogia faz-se necessário! :)

O que é a loja online

Acho prudente, antes de falarmos da escolha, falarmos do que será escolhido. O que é uma loja on-line do ponto de vista técnico?

Bom, em papo superficial, uma loja online é um belo front end (aquilo que o cliente vê), desenhado por um designer, montado em HTML/CSS com funcionalidades JavaScript por um bom desenvolvedor de Front End e integrado a um robusto Back End, desenvolvido em alguma linguagem de programação WEB (como PHP, Python, Ruby, Java, etc…).

O Back End, por sua vez, é o administrativo da sua Loja Online: Nesse administrativo é onde acontece a gestão de estoque, preço, conteúdo, vendas, promoções, cadastros, clientes, etc… Sendo que, dependendo da loja pode estar integrado a um sistema de gestão empresarial ou ERP.

Em Bom Português

Resumindo você contratará, em um ecommerce simples, uma plataforma de gestão de vendas, integrada a umdesign bacana e hospedada em algum servidor web que podem ser contratados como solução “pacote fechado”ou de forma independente.

Em outras palavras, você pode contratar um arquiteto para desenhar uma casa, um calculista para calcular as estruturas, uma decoradora para decorar, pedreiros para executar a obra sob supervisão de um engenheiro como também pode entregar tudo para uma construtora fazer o pacote fechado pagando por todo o serviço ou fazendo um contrato de aluguel eterno.

Complexo? A princípio, sim.

Um mundo novo mas que, com o tempo, o e-empreendedor (assim gosto de chamar nossa classe) se familiariza e lida com maestria.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Renzo Colnago é Administrador de Empresas, Gerente de Projetos e Desenvolvedor de Produtos. Possui experiência em diferentes áreas da tecnologia e da internet: Telecom, webapps, aplicativos de mídia social e de comércio eletrônico. Particularmente interessado em desenvolvimento de negócios digitais. Site: blog.renzocolnago.com

Renzo Colnago

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.