E-Commerce

Ξ Deixe um comentário

17 Formas de Minimizar as Barreiras no Processo de Venda Online

publicado por Marcelo Goberto Azevedo

Cada dia que passa está mais comum e fácil a entrada no comércio eletrônico, porém ainda existe uma grande parcela desses comerciantes que acabam por se decepcionar em não gerar grande volume de vendas, além de vários fatores fundamentais para o sucesso da loja virtual, existem os fatores estruturais que podem maximizar as conversões no processo de concretização da venda. Vamos a eles:

  • Loja Virtual
    • Páginas Lentas – Uma página não deve levar mais que 2 segundos (Forrester Research) que é limite aceitável para uma boa percepção de velocidade. Acima disso a taxa de rejeição sobre em média 20% a cada 0,5 segundos.
    • Caixa de Busca – É inaceitável que o cliente tenha que procurar a caixa de busca, por isso essa deve sempre estar em destaque e ótima localização.
    • Muitas Informações – Devemos sempre manter o foco no negócio que á venda online de produtos e serviços. Evitar a tentação de colocar vários banners, propaganda adicionais, vitrines extensas, entre outros componentes que no final só irão distrair e confundir os clientes.
  • Menus Navegação
    • Barras Laterais a Direita – Por padrão estamos todos condicionados a procurar por menus horizontais ou verticais à esquerda. Por isso colocar atalhos importantes como a lista de categorias a direita do site, poderá criar um grande obstáculo.
    • Menus Lapela – Essa tecnologia foi muito utilizada nos áureos anos de 2000, porém com a adoção de novas tecnologias, já é possível criar menus mais inteligentes que possam ser carregados conforme a demanda do cliente.
  • Sistema de Busca
    • Sistema Auxiliar de Pesquisa – Como dito na matéria Estratégias para ‘Nenhum Resultado Encontrado’, é extremamente frustrante o “Nenhum Resultado Encontrado”, não poupe esforços para oferecer dicionário de sinônimos e afins para o resultado sempre seja positivo.
  • Página de Categorias
    • Filtros de Navegação – Oferecer filtros dentro de uma categoria poderá acelerar o processo de encontrar um produto específico. Muitos clientes já sabem o que querem e dar ferramentas que possam direcioná-lo rapidamente ganhará sua confiança.
    • Mini Imagem Miniatura – – Se a imagem for muito pequena de nada servirá, é mais fácil não apresentar. Se desejarmos que o cliente tenha uma prévia do produto, devemos oferecer alguma ferramenta para ampliação na mesma tela.
  • Página de Produtos
    • Botão Adicionar Sutil – Esse é o elemento mais importante do foco do comércio eletrônico, por isso é importante que seja dado um destaque bem maior, porque é neste botão que se faz o inicio da conversão de venda.
    • Botão Adicionar Acionado – Muitas vezes o cliente não faz idéia se o produto foi realmente adicionado ao carrinho de tão sutil que é alteração ou o informe. Faça com o cliente realmente saiba que foi adicionado.
    • Venda Casada Inapropriadas – Devemos procurar oferecer produtos que fazem casamento perfeito com o produto exibido. Criar vendas casadas sem regras com o intuito de vender mais, acaba tornando a experiência engraçada e principalmente desagradável do ponto de vista comercial.
  • Página de Carrinho
    • Continuar Comprando – O que o cliente vai “continuar comprando”, somente remeter o cliente para a página inicial ou imediatamente anterior não é um grande auxilio. Devemos oferecer formas de facilitar a continuidade da compra como uma caixa de busca ou o retorno para a uma categoria.
  • Página de Compra/Registro
    • Solicitar Muita Informação – Solicitar informações demais no processo de registro é um grande obstáculo para o abandono de carrinhos. Devemos criar formulário focado no núcleo do negócio que é vender online e não coletar informações para futuras publicidades, para isso deve ser criado canais exclusivos.
    • Disposição do Formulário – Evitar formulário muitos extensos em que obriguem os clientes a rolar a página para visualizar todos os campos que o compõem.
  • Página de Fechamento
    • Diferença de Preço Final – Nesta etapa muitos clientes simplesmente abandonam seus carrinhos por verificarem a existência de taxas adicionais, frete diferenciado, entre outros valores que fazem com que o total de compra seja muito discrepante do valor do produto. Devemos oferecer formas para que o carrinho sempre exiba o preço final mais próximo.
  • Página em Geral
    • Páginas de Erros – Criar páginas de erros personalizadas pode facilitar e ajudar os clientes no processo de recuperação da intenção de compra. Simplesmente mensagens de erro não incentivam os clientes a continuar persistindo na procura pelo produto.
    • Páginas de Recebimento de Campanha – Sempre que fizermos uma campanha publicitária (email marketing, rede social, banner em portais, etc) deve haver uma página de entrada prepara para destacar a oferta, caso contrário, é esperar demais que o cliente procure pela oferta anunciada.
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Marcelo Goberto de Azevedo é consultor em TI há 20 anos. Escritor e redator do Mundo Ecommerce. Atualmente como Diretor na empresa DragonSoft Tecnologia, focado em consultoria na implantação de e-commerce no conceito venda de serviço atrelada a produtos. Leciona curso de Gestão de TI com ênfase no Comércio Eletrônico.

Marcelo Goberto Azevedo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.