TI Corporativa

Ξ 1 comentário

O profissional do futuro das gerações Baby Boomer, X, Y e Z

publicado por Vladimir Sabatino

O profissional do futuro das gerações Baby Boomer, X, Y e ZHoje as gerações são formadas em menos de uma década. Elas são caracterizadas pelas mudanças que vivenciamos em nosso meio, pela globalização, pelas diferenças sociais, culturais e socioeconômicas.

Diferentes sim, mas não apenas pelos seus contextos históricos e genealógicos, elas também se diferenciam por suas características e um jeito personalizado de ser e são denominadas como as Geração Baby Boomers, geração X, geração Y e geração Z.

Se pensarmos no mundo corporativo, notamos a diversidade dessas gerações. Coexistem pessoas de diferentes faixas etárias e costumes que atuam em um mesmo ambiente de trabalho e que trocam experiências, ideias e entram em conflitos.

A geração Baby Boomer se caracteriza por ser mais realista. Ela ainda acredita que o melhor caminho para o profissional é o do emprego fixo e que proporcione estabilidade. São reconhecidos pela sua experiência e não são inovadores em sua essência.

Esses profissionais são os mais encontrados em cargos de diretoria e gerência nas empresas. Em geral, eles têm dificuldade para lidar com as gerações mais jovens devido aos seus ideais e valores. São também muito experientes, tendo passado por diversas fases e gerações, o que os torna únicos nesse aspecto.

Posteriormente a essa geração, a Geração X, se caracteriza pelo uso dos recursos tecnológicos. Ela surgiu em um contexto histórico importante como as “Diretas Já” e o fim da ditadura. Entretanto, ela é resistente a mudanças e possuí a crença de que o mais importante é manter o emprego, com receio de perder espaço para as outras gerações. A geração X é também conhecida como uma geração mais equilibrada e que não se precipita na tomada de decisões. (A Geração X, não coloca a carroça na frente dos bois = eu tiraria essa parte: palavras extremamente informais que, na minha opinião, não cabem nesse tipo de texto-). É a geração “Coca-Cola” .

Depois veio a Geração Y. Essa geração presenciou os maiores avanços na área de tecnologia e as mais diversas mudanças do mercado de trabalho. Conhecidos pelo potencial inovador, a Geração Y apresenta como principal característica a capacidade em fazer várias coisas ao mesmo tempo sem perder o foco nas suas atividades profissionais. Essa geração também apresenta um desejo constante por novas experiências e em querer uma ascensão profissional rápida, sem paciência para construir uma carreira a longo prazo. É a geração do “tempo é dinheiro, e não podemos parar, pois o tempo não para”.
Hoje já podemos falar da Geração Z. Essa é a geração que atualmente está se propagando no mercado de trabalho, e que tem como característica de comportamento antissocial e individual. É a geração mais conectada à Internet. Para eles os valores familiares dos seus pais e avós são tratados como antiquados e eles preferem os contatos virtuais estabelecidos através da internet. Formada pelos que ainda não saíram da universidade, muitos ainda não decidiram a profissão e não se preocupam em não ter essa definição, apesar de possuírem um perfil mais imediatista. A geração Z é a do “tudo ou nada, do agora ou nunca”. É a geração “ME ME ME”, como recentemente apresentou um artigo da revista Time (inserir a fonte com data de publicação).

Todas essas diferenças, com certeza, trarão muitas dificuldades para as empresas que possuírem colaboradores da Geração Baby Boomer, Geração X, Geração Y e que no futuro passarão a ter a Geração Z.

Portanto, o desafio em meio a tantas diferenças de valores será, sem dúvida, fazer com que essas gerações tenham a capacidade de trabalhar em equipe e extrair de cada geração as competências necessárias para o sucesso das empresas e corporações.

E não podemos esquecer que todas as gerações têm a ensinar umas às outras. E aqueles que tiverem êxito no equilíbrio dessas diferentes gerações terão sucesso e, principalmente, serão profissionais diferenciados de todas essas gerações. Assim, serão, quem sabe, a nova Geração: a Geração do Futuro, ao qual o diferencial será reaprender a ter um relacionamento interpessoal com pessoas diferentes para sobreviver ao mercado de trabalho.

Até a próxima.

[Crédito da Imagem: Gerações – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Especialista em TI, Governança e Processos ITIL. Email: vladimir.sabatino@uol.com.br Mais de 15 anos de experiência na área de tecnologia da informação, em governança, gerenciamento de serviços e processos ITIL.

Vladimir Sabatino

Comentários

1 Comment

  • “É a geração “ME ME ME”, como recentemente apresentou um artigo da revista Time (inserir a fonte com data de publicação).”

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.