Carreira

Ξ Deixe um comentário

O mundo fantástico de Oz

publicado por Mauricio Veneroso

Figura - O mundo fantástico de OzPode parecer ficção, mas é a pura realidade.

Olhe bem a sua volta e me diga. Tem certeza que não está no mundo fantástico de Oz?

Esse mundo de Oz ao qual me refiro é esse ai mesmo, na empresa em que você trabalha.

Só que nesse mundo, diferentemente da Dorothy, o personagem principal nesse mundo é o famoso Leão Covarde só que um pouco diferente do leão dessa estória tão famosa.

Dentro das empresas, nesses mundos de Oz, não temos apenas um, mas diversos leões covardes que nunca demonstram se querem ou não ser realmente corajosos.

Claro que há diversos leões que realmente são corajosos, mas é bem provável que a grande maioria seja realmente um Leão Covarde.

Se você não adivinhou ainda quem poderia ser esse personagem então vou dar uma forcinha contando uma estória para você.

Vamos supor que você identifica uma grande oportunidade de melhoria no dia a dia de sua equipe e você junta todos os argumentos que julga relevantes para convencer seu chefe, você faz projeções, apresentações, benchmarks, etc. Junta todo esse material e vai para a sala de reuniões ou para a mesa dele e certo de que sua ideia e justificativa serão irrecusáveis você começa a apresenta-la.

Porém, sem o menor pudor, e muitas vezes sem ao menos deixar você terminar sua exposição,  seu chefe te manda um seco e direto NÃO. Você tenta até contra argumentar algumas vezes mas na maioria delas o NÃO é nocauteador.

Ele te dá as mais diferentes explicações, desde esse não seco e direto até justificativas de que não pode acatar essa ideia, de que temos que nos virar da forma como estamos e que vamos ter que vivenciar aquela situação nova, ou até mesmo nos diz que temos que continuar sofrendo com a situação existente por um pouco mais de tempo e então “lá na frente” poderão reavaliar a ideia.

Apesar de todos os motivos que ele te informou, no fundo, você pensou:

Caramba, será que ele não poderia ao menos levar essa ideia para o chefe dele?

E qual é o sentimento que passa pela sua cabeça? O que realmente está acontecendo:

a) Ele é preguiçoso e não quer mais trabalho?
b) Ele é um covarde e não quer se expor para seu superior?
c) Ele não quer te dar detalhes sobre os motivos pois não podem sair do nível dele?
d) Todas as anteriores?
e) Nenhuma das anteriores?

Brincadeiras de vestibular a parte, com grande parte das pessoas que me relataram experiências como essa, o sentimento que fica é que a alternativa b) é a que mais prevalece.

Resumidamente, por mais motivos que existam para não levar uma grande ideia a diante, a falta de explicações e justificativas transmitem aos colaboradores, um sentimento de covardia de seus superiores.

Por sua vez, os superiores, do alto de suas majestades, acham que não precisam dar satisfação aos seus colaboradores por estarem sob grande pressão e outras tarefas atribuídas a eles.

Essa postura de falsa superioridade (são leões, mas não levam as ideias a diante), passa uma imagem de que na realidade são os tais Leões Covardes.

E esse personagem existe em diversas organizações, em diversos Mundos Fantásticos de Oz.

Você vive num Mundo Fantástico de Oz ou não?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Mauricio Veneroso tem mais de 20 anos de experiência na área de TI sendo mais da metade no mercado de telecomunicações. Trabalhou em diversos projetos de desenvolvimento de sistemas. Nos últimos 5 anos sua atuação tem sido voltada para ITSM atuando como Consultor de TI, estruturando equipes de suporte, níveis de serviço e definindo processos de melhoria contínua redefinindo inclusive metodologias de desenvolvimento de sistemas, participando da elaboração de SoWs, RFPs e RFIs para assegurar transições para os times de produção, suporte e sustentação de sistemas com o menor impacto possível para as áreas usuárias e para os times de suporte.

Mauricio Veneroso

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.