Carreira

Ξ 5 comentários

O cara da informática: o começo

publicado por Eduardo Marques

Todos os profissionais de TI já passaram ou conhecem alguém que passou por situação similar: uma empresa que nunca teve um departamento de TI (normalmente empresas pequenas ou médio porte) e que finalmente sente a necessidade de contratar alguém da área de TI para manter os sistemas informáticos em funcionamento.

É habitual também que quando isso acontece não exista um “departamento de TI”, existe apenas o “cara da informática” que é subordinado a alguém que muitas vezes não entende nada de informática.

É comum também nestes casos estar ocupando o lugar de um outro “cara da informática”, que dependendo da situação, muitas vezes sequer tinha formação na área e apenas “quebrava o galho” – literalmente.

Tendo todo este cenário (nada otimista) em mente, o setor das PMEs (Pequenas e Médias Empresas), continua sendo uma grande fatia do mercado e cada vez mais está apostando em tecnologia e sistemas da informação; além de que o “cara da informática” de hoje poderá amanhã vir a ser o gerente do departamento de TI, na medida que a pequena empresa for amadurecendo e evoluindo.

Isso tudo pode ser um desafio imenso e trazer satisfação pessoal e crescimento profissional. Como não existe supervisor, coordenador ou gerente de TI, ele terá que fazer e acumular todas essas funções em conjunto. Ele terá a oportunidade de estruturar e consolidar o parque informático, organizar o departamento de TI e preparar a estrutura para quando for necessário contratar mais profissionais.

Além disso, ele deverá também estudar e ir se mantendo informado sobre as tendências de mercado, softwares e outras tecnologia que sejam pertinentes à organização – isso vai-lhe permitir manter a vantagem competiva e ir evoluindo na carreira.

O contato com os diversos fornecedores de hardware e software é outra necessidade que vai ajudar a fortalecer laços profissionais e networking, contribuíndo também para o seu crescimento.

Este é o primeiro de uma série de artigos sobre o “cara da informática”, aquela pessoa que sozinha comanda a TI de uma pequena e média empresa, não perca o próximo artigo que explica como aprovar os orçamentos e necessidades de TI.

Outros Posts:

O cara da informática: o começo

O cara da informática: aprovando projetos

O cara da informática: contornando custos

O cara da informática: mensurar o helpdesk

O cara da informática: procedimentos operacionais

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Eduardo Marques, 21 anos de experiência, é Consultor de T.I. atuando nas áreas de Gestão de TI, Projetos, Infraestrutura e Segurança. Possui formação em Tecnologia da Informação e em Administração, com especialização em segurança de sistemas da informação e administração de redes de computadores. Veja mais artigos do autor, aqui. LinkedIn: http://br.linkedin.com/in/eduardoluismarques Email: emarques@progere.com

Eduardo Marques

Comentários

5 Comments

  • Você é o “cara da informática” de sua empresa? Deixe seu comentário e compartilhe as dificuldades e alegrias do seu dia-a-dia!

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes