Gerência de Projetos

Ξ 1 comentário

Elaborando o Plano de metas para 2011

publicado por Ranieri Slemer

Plano de metas para 2011
A cada novo ano, novo semestre ou mesmo novo trimestre, nos deparamos com a inevitável tarefa de replanejar (ou até mesmo em alguns casos iniciar um planejamento) para nossa empresa, diretoria ou área.

Ao abrirmos nossa agenda de Janeiro, teremos em nosso calendário uma reunião de metas, de planejamento para o novo período, com os novos índices a alcançar, nova meta.

Logo no início desta reunião ouviremos, certamente:

  • Aumento do índice de satisfação do cliente
  • Aumento do retorno
  • Aumento do ticket médio
  • Entre outros …

Mas nos deparamos com uma questão, crucial:

– Qual é, ou quais são estes mesmos índices na nossa atual base de clientes?

– Qual será o tamanho do esforço necessário para atingirmos estes novos índices?  São factíveis?

Sim, meus companheiros, para que possamos controlar e melhorar algum índice ou resultado é preciso primeiramente conhecer este valor. Parece óbvio, mas não é a realidade em muitas empresas. Se sua empresa, possui um sistema de aferição para estes índices, uma forma de cálculo, excelente!

Não possui? Não se desespere você está com a imensa maioria.

A primeira conclusão que chegamos em nossa reunião de metas de 2011 é que precisamos de indicadores, índices da gestão atual para então traçarmos os novos valores para estes indicadores.

Mas isto, claro em um mundo perfeito, porque no dia a dia, seria impossível parar para criar estes sistemas ou índices antes de começar a atuar no plano de Metas proposto pela diretoria, além de inaceitável.

Ora, então de decidirmos iniciar o plano de ação, sem indicadores, não teremos como acompanhar sua evolução. Se optarmos por primeiro criar um sistema e índices de gestão, podemos perder um tempo precioso para nosso concorrente.

Não há como controlar o que não se mede

Seja qual for a estratégia que sua empresa adotar, saiba que, sem um processo de medição, sem conhecer os índices atuais, atingir metas de melhoria é uma tarefa muito mais complexa e difícil. A chance de ao final do período você fracassar é enorme.

Defina um Indicador e uma Sistemática de Cálculo

Às vezes, a discussão de como gerar este indicador, estes valores, se torna tão complexa que torna sua adoção um problema, minha dica: Pense Simples!

Isto mesmo crie um indicador simples, fácil de calcular, manter e que todos saibam o que significa, depois ao longo de sua utilização, faça os ajustes necessários.

Acompanhe a evolução das suas ações

Desta forma, você pode acompanhar a evolução do seu plano de ação e comemorar com sua equipe os avanços. Isto mesmo comemore cada avanço, por menor que seja e não esqueça de divulgar os resultados a todos.

Adote um sistema de Gestão Por Indicadores

A melhor maneira de se trabalhar com indicadores é possuir um sistema de gestão que lhe forneça estes índices de forma simples e através das suas atividades do dia a dia.

Estes sistemas já existem, podem ser adquiridos por empresas de qualquer tamanho e com certeza aumentarão as suas chances de atingir a meta a tempo, ou até mesmo antes do tempo.

No meu próximo artigo, vou começar deste ponto.

Até lá.

Bom ano a todos!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Admninistrador de Empresas, consultor e especialista em desenvolvimento de soluções em TI. Vivência de 20 anos em desenvolvimento de soluções em sistemas non stop e de missão crítica. Nos últimos 5 anos, focado em soluções de CRM em ambiente Cloud Computing. Conheça meus cursos

Ranieri Slemer

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes