Gerência de Projetos

Ξ Deixe um comentário

Você gerencia riscos em seus projetos?

publicado por Victor Figueiredo

Gerenciamento de Riscos de ProjetosSegundo o PMBOK a maioria dos problemas ocorridos em projetos são causados por um mal gerenciamento de riscos.  Pense no grande número de problemas que poderiam ser evitados se o gerente de projetos reunisse a equipe (de preferencia a mesma que irá executar o projeto) e discutisse os possíveis riscos antes do seu inicio.

Para ilustrarmos esse ponto de vista, falaremos apenas de forma macro das fases e atividades de um projeto.

Durante a iniciação do projeto são identificados apenas riscos preliminares, pois os requisitos muitas vezes não estão maduros, assim como as atividades para a produção do mesmo não estão definidas. Tudo correto até o momento, não é? Exceto que alguns gerentes carregam apenas e tão somente esses riscos até o fim do projeto, isso quando existe acompanhamento desses riscos. Essa é a primeira falha comum que identificamos.

Para darmos continuidade ao assunto, vamos considerar que a iniciação do projeto foi bem feita e a fase de planejamento começou. Nesse momento é a hora que  fechamos o escopo do projeto, definirmos as atividades,  estimativas de tempo e custos, as aquisições, enfim, atividades normais do planejamento.  Todas essas atividades são entradas para o gerenciamento de riscos, correto? Se você não respondeu sim de primeira ou não usa tais entradas, como dizia a Rita Mulcahy, podem haver lacunas em seus conhecimentos. Não considerar todas essas entradas pode ser a segunda falha que identificamos no gerenciamento de riscos.

Começamos então o gerenciamento de riscos na fase de planejamento do projeto.  Qual técnica você utiliza para levantar os riscos junto com sua equipe? O impressionante é que apenas nessa última frase identificamos duas fragilidades que ocorrem em vários projetos. A primeira, que é óbvia para gerentes experientes que nem imaginam um gerenciamento de forma diferente, é que nem sempre a equipe é envolvida no levantamento dos riscos. Quando falo equipe, não quero dizer o gerente e mais um ou dois profissionais e sim representantes técnicos das principais áreas de conhecimento envolvidas no projeto. Se estivermos falando de desenvolvimento de software, teríamos nessa equipe de análise de riscos, arquitetos de software, analistas de sistema, analistas de qualidade, programadores, DBAs e etc. E quanto as técnicas utilizadas na identificação dos riscos? Você entrevista especialistas, realiza brainstormings, método Delphi, faz analogias com projetos anteriores? Não vou dizer que é obrigatório utilizar as técnicas citadas aqui, mas caso você não as utilize , seria uma boa ideia procurar saber mais sobre elas. Até o momento já identificamos 4 falhas.

Antes de avançarmos nos próximos passos do gerenciamento de riscos, a nova iteração do planejamento ocorreu? Quero dizer que ao passarmos por todas as disciplinas de gerenciamento de projetos analisando por último os riscos, devemos repassar todas as áreas novamente, revisando os planos de acordo com os riscos identificados. Como por exemplo, os riscos identificados afetam suas estimativas de tempo ou custo do projeto? Uma leitura sobre as estimativas de três pontos é bem interessante para ver como mapear o impacto de riscos em tempo e custo. Essa é a quinta falha que identificamos até o momento, pois muitos gerentes de projetos não revisam os planos de gerenciamento e seguem direto para a fase de execução.

Começamos então a fase de execução do projeto, que é o cumprimento dos planos produzidos na fase de planejamento.  Como você faz suas reuniões de acompanhamento (monitoramento e controle)? Pergunta quem está fazendo o quê naquele momento e o andamento das atividades? Se disser que sim temos nossa sexta falha. Não vou iniciar uma discussão sobre a forma de conduzir reuniões de acompanhamento, pois é um assunto polêmico e vale outro post. O importante é que se o principal motivo de suas reuniões de acompanhamento não for acompanhar os riscos mapeados e procurar por novos, meu ponto de vista da sexta falha foi alcançado.

O assunto de gerenciamento de riscos, como podem ver, é bastante extenso. Poderíamos passar o dia inteiro falando e ainda teríamos assunto para muito tempo. Voltamos então para a pergunta inicial. Você gerencia riscos em seus projetos?

Até a próxima!

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autor

Gerente de Projetos de PMO, atualmente na Stefanini. Certificado PMP com MBA em Gerenciamento de Projetos pela Fundação Getúlio Vargas. Possuo 12 anos de experiência em TI passando por várias das disciplinas de desenvolvimento de software. LinkedIn: br.linkedin.com/pub/victor-figueiredo-pmp-mba/5/11/9b2

Victor Figueiredo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade


Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes