Carreira

Ξ 8 comentários

Tecnologia X Família. Quem realmente está ganhando?

publicado por Cristiano Freire de Araujo

Em uma reportagem publicada no New York Times citou que as crianças americanas estão viciadas em SMS, os tablets transformam o termo “computação pessoal”, e se chegou à conclusão que todos temiam: as famílias estão muito ocupadas com os olhos colados nas telinhas para darem alguma atenção aos entes queridos.

 

Nesta mesma reportagem foram citados alguns exemplos da nova família moderna:

A senhora Vavra, executiva da indústria dos cosméticos em Manhattan, saca seu iPad, onde ela vê os novos looks do verão no site Refinery29.com, e percebe que seu marido, Michael Combs, está hipnotizado enquanto assiste basquete no laptop. Seu filho, Tom, de 8 anos, está sendo absorvido pelo Mario Kart para Wii em sua televisão widescreen. A filha deles, Eve, de 10, está maravilhada com um joguinho chamado Love Calculator em seu iPod Touch. “A família estava no mesmo cômodo, mas não estava junta”, lembra Vavra.

Pelos números do NYT, os americanos devem temer o futuro: quase 60% das famílias americanas com dois filhos têm dois ou mais computadores. 60% também é o número de famílias com internet com ou sem fio no país que a utilizam para diversas atividades, como ver fotos e encaminhar e-mails em caps lock.

Eu realmente me preocupo muito com estes números (e eu faço parte dele), porque esta sendo criada uma geração dependente de tecnologia e seus meios (internet) e que sofrem ou pior ficam deprimidos quando não tem um sinal 3G nos seus celulares ou não existe uma rede Wifi para atualizar o seu twitter ou navegar no facebook e que são incapazes de criar ou imaginar outras formas de diversão sem que seja com algum gadget.

Tenho ótimas lembranças da minha infância, onde não tinha 1/3 dos recursos e jogos que existem hoje, e ainda assim eu acho que a minha geração era muito mais feliz que atual. Posso esta sendo saudosista mas eu considero assustador este cenário atual, onde em acreditar que um email ou uma mensagem podem ser, em vários casos, a melhor formar de se comunicar com alguém ou pior considerar as insanidades de outras pessoas ou grupos como verdade absoluta. Então me pergunto: Será que este é o melhor caminho?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Sou um profissional com mais de 15 anos de experiência no mercado de tecnologia, com perfil dinâmico e proativo, com habilidades organizacionais, multitarefa e de gestão de tempo. Tenho MBA em Gestão de Tecnologia da Informação e experiência na integração de sistemas, administração e desenvolvimento para BI, administração de banco de dados SQL Server e Oracle, implantação e administração de ERP em Saúde e Financeiro, administração de servidores, controle internos, controle de atividades do setor de TI e suporte a usuários, levantamento de especificações de processos e sua respectiva documentação, suporte a gerência de TI que inclui a administração de site na Intranet com Sharepoint, Internet e Serviço de E-mail e a compra de equipamentos.

Cristiano Freire de Araujo

Comentários

8 Comments

  • Acho que as pessoas deveriam usar a tecnologia em si, moderadamente… No fim das contas, mesmo ganhando bastante tempo com a agilidade e facilidade que a internet nos fornece, vamos perder a verdade. Está ficando tudo muito ilusório… Uma conversa em família hoje, está menos importante que um chat…

    • Olá Brunna,
      Obrigado por seu post e concordo com você ! o problema é definir esta moderação, porque são tantos interesses incomuns que dificulta e muito este limite.

  • Bom dia a todos, gostei muito deste artigo a cerca de uma semana falei sobre esse assunto com meus amigos e minha esposa. Estamos dependente da tecnologia em que a interação pessoal está a cada dia menor, a tecnologia veio para somar. Parabéns pelo artigo “que a força esteja com vocês”

    • Leonardo,
      Obrigado por seu post e realmente a tecnologia deveria esta somando, mas o que temos hoje é uma divisão da família e amigos.

  • É muito importante que as Famílias realizem ações em grupo, pois o exemplo do NYT acontece e quando se dá conta o isolamento já esta instituído.
    Sem a intenção de crítica, mas o cinema representou recentemente de maneira simples parte do texto do Cristiano através do filme “Gente Grande” estrelado por Adam Sandler.

    • Orlanci,
      Obrigado por seu post e conforme o Leonardo citou anteriormente a tecnologia veio para somar, mas a realidade esta muito diferente, as pessoas preferem falar on-line do que se reunir com amigos no fim de semana.

  • Acho que ainda é muita novidade para as pessoas, temos que aprender a lidar com essa situação, nos educar a utilizar a tecnologia sabiamente a nosso favor e não criar uma dependência psicologia e social.
    Os valores da sociedade são diretamente afetados pela Tecnologia, pelo que ela promove e possibilita.
    Ainda não existem regras de como e quando estar tecnologicamente envolvido, não me refiro a leis mas sim costumes. As novas gerações que serão incumbidas de lidar com isso, e serão totalmente afetadas, e deixando para tras os velhos costumes, conforme a sociedade evolui em todos os aspectos, não só o tecnologico.

    • Leonardo,
      Obrigado por seu post e vejo que um pouco mais além em relação ao impacto da tecnologia para a sociedade, a mesma esta mudando por completo a formação do pilar principal da sociedade que é a família !
      E alguns velhos costumes são importantes e não mudam com a evolução, porque senão não existira mas o conceito de sociedade e seriamos apenas pequenas ilhas sociais que se comunicariam com outras ilhas apenas por algum interesse financeiro a estratégico.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.