Segurança da Informação

Ξ Deixe um comentário

Segurança x Grupos Crackers

publicado por Mariana Lima

Devido à aparição de grupos hackers/crackers de diversas denominações e ataques a sites do governo brasileiro e sites de grandes empresas como Sony, o cenário de internet “segura” deixou de existir. A preocupação com as vulnerabilidades encontradas por estes grupos de hackers foi tão expressiva, que o planejamento elaborado para saná-las foi tirado do papel e colocado em prática de modo emergencial por algumas empresas, ou seja, passaram a correr atrás do prejuízo e tapar as brechas para que não hajam mais ataques. Essas medidas foram tomadas por determinadas organizações que sofreram ataques em seus servidores, porém a preocupação não foi apenas pelas empresas atacadas, mas a preocupação se estendeu pelo mercado.

Segundo as notícias veiculadas nas últimas semanas, grupos hackers/crackers foram os responsáveis pelas invasões, e alguns destes ataques foram motivados por ideologia política como: luta a favor da liberdade de expressão e luta contra a corrupção. Além disso, também houveram ataques motivados por dinheiro, como o caso do invasor da conta de e-mail da presidente Dilma Rousseff, onde foram encontradas informações sobre sua campanha política e as mesmas foram oferecidas à compra para o partido opositor.

Em meio a tantas especulações para identificar quem são os responsáveis pelas invasões e danos causados e em qual dos grupos hackers estão envolvidos, diversas dúvidas surgiram no decorrer dos dias, como por exemplo se o grupo Anonymous, um dos grupos hackers com seu nome envolvido, estava aliado ao grupo Lulzsec. Da mesma forma as dúvidas se estenderam a seus braços brasileiros, se o Anonymous Brasil estava aliado com o Lulzsec Brasil, grupo responsável pela maioria dos ataques admitidos pelos próprios.

Além das dúvidas em relação à denominação de cada grupo hacker, também existem dúvidas quanto a real motivação destes ataques, como é o perfil de um hacker e quais são as principais vulnerabilidades encontradas por eles. E é claro, como preveni-las.
Várias discussões foram geradas em torno deste tema – Segurança X Grupos hackers/crackers – e apesar de todos terem uma opinião a respeito do assunto, as invasões não cessaram e a cada ação planejada os danos causados são cada vez maiores, devido a isso podemos dizer que até o momento só vimos a ponta do iceberg.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Mariana Lima - Analista em marketing digital na Daryus Strategic Risk Consulting, Graduada em Comunicação Social com ênfase em Publicidade e Propaganda pela Universidade Cruzeiro do Sul –SP. Social Media, Blogueira no www.marymusuc.wordpress.com e colunista em outros blogs.

Mariana Lima

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes