E-Commerce

Ξ 1 comentário

Os Quatro Fundamentos para Novas Lojas Virtuais

publicado por Marcelo Goberto Azevedo

Iniciar uma loja virtual hoje é tão simples como há alguns anos atrás iniciar um blog. Já existem atualmente centenas de modelos de aluguel de plataformas pré-prontas, ou ainda, pacotes gratuitos de códigos de instalação e utilização imediata. Porém, o que irá realmente determinar o sucesso da loja virtual é a forma que o lojista se dedicará ao negócio. E já que estamos falando as lojas virtuais têm praticamente a mesma base tecnológica, seguir essas dicas pode ser o diferencial entre mais vendas e o marasmo do oceano azul.

Manter os Conteúdos Frescos

O objetivo principal é promover motivos para que os clientes revisitem o site constantemente, porque dessa forma estaremos criando uma cultura de relacionamento, ou seja, a simples visitação costumeira poderá fomentar subsídios para novas vendas. Para isso, engaje blogs, notícias relevantes, comentários de usuários, promoções, até mesmo as descrições dos produtos, que muitas vezes, uma vez escritas nunca mais são atualizadas.

Integrar-se com as Redes Sociais

Recente estudo comprovou que as redes sociais estão tendo mais audiência que os tradicionais portais da internet. Todo esse potencial e exposição deve ser utilizado a favor da loja virtual, para isso é importante que exista mecanismos que facilitem o compartilhamento dos conteúdos através das redes sociais. Outra forma é utilizar das redes para agregar seguidores através de promoções e campanhas. Por conseqüência, essa exposição irá auxiliar na melhor classificação nos motores de busca.

Pratique um Comércio Fácil

Acredito que essa a regra mais tradicional do comércio convencional que deve ser transportado para o comércio eletrônico, minimizar as barreias que possam fazer com que os possíveis clientes abandonem a intenção de compra. Entre os principais facilitadores estão: processo de fechamento de pedido único, nenhum foco de distração, formulário de cadastro facilitado ou no melhor dos casos a “venda expressa”. Enfim quanto mais fácies, simplificados e rápidos um processo de compras, maiores serão as taxas de conversão final.

Força Total com SEO

Realmente esse tópico é bem profundo e complexo, porém existe o “be-a-bá” que deve ser feito para garantir pelo menos estar na frente da grande maioria dos outros concorrentes. Entre as básicas: identificar as palavras chaves da loja virtual e principalmente dos produtos, definir as palavras chaves em cada página de produto (titulo, conteúdo, meta tags), conquistar e criar uma rede links externos. Quem não dedica um tempo essencial para esses itens fundamentais está em grande desvantagem, porque em recente pesquisa foi comprovado que as maiorias dos tráfegos da loja virtual provêem de motores de busca.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Marcelo Goberto de Azevedo é consultor em TI há 20 anos. Escritor e redator do Mundo Ecommerce. Atualmente como Diretor na empresa DragonSoft Tecnologia, focado em consultoria na implantação de e-commerce no conceito venda de serviço atrelada a produtos. Leciona curso de Gestão de TI com ênfase no Comércio Eletrônico.

Marcelo Goberto Azevedo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.