Redes & Telecom

Ξ 7 comentários

O Mito da Telefonia sobre IP (VoIP) ser Ruim ou sem Qualidade

publicado por Wanderlei Bonifacio



O Mito da Telefonia sobre IP (
VoIP) ser Ruim ou sem Qualidade

Com o avanço da internet, tanto da banda larga quanto links dedicados, um dos requisitos básicos que os usuários costumam reclamar é a qualidade das chamadas dos provedores de serviços de voz sobre IP. Com isso conclui-se em não haver tanta redução de preços que justifique a má qualidade em uma ligação, uma vez que sempre fomos acostumados a ter qualidade bastante significativa na telefonia convencional (analógica e digital E1). É fato que raras são as vezes que tivemos que refazer uma chamada num telefone fixo por causa de problemas de qualidade, delay, chiados, ruído, quedas constantes e mais raro ainda tivemos problemas em obter sinal de tom ao querer iniciar uma ligação seguidamente como em um callcenter.

No caso das chamadas de voz sobre IP, os usuários esperam um serviço equivalente ao que já estão acostumados, mas nem sempre conseguem, uma vez que há vários fatores que impactam na qualidade de uma chamada feita através da tecnologia de Voz sobre IP (VoIP), são definitivamente ignorados por muitas empresas aventureiras nesse seguimento:

Por exemplo, a banda disponível do lado de quem faz a chamada: quem faz uma chamada usando VoIP precisa ter banda disponível, tanto para download quanto para upload, com latência e jitter adequados, para ter uma boa qualidade ou seja simetria constante.

Assim como existem compressores para dados: winzip, winrar etc…, quando falamos de voz existem os codecs: Quanto maior a qualidade, mais banda será necessária. Por exemplo, para uma ligação com qualidade máxima, seria necessário utilizar o codec G.711 (gratuito), mas isso implicaria em mais de 80 A 90 kbps de banda por canal de voz em uso, enquanto o G.729 (pago) exigiria cerca de 40 a 50kbps, por exemplo.

Vale ressaltar que apenas as empresas certificadas pela ANATEL, possuem codec G.729 com licença SCM e STFC, sobretudo ter um CSP, isso deve ser fator decisivo na contração, por isso é valido consultar o site da ANATEL e verificar quais são essas empresas.

No que diz respeito a perda ou atraso de pacotes: os pacotes de voz são enviados de forma sequencial e trafegam pela Internet. Na Internet pública, não há garantia do tempo que os pacotes levarão para chegar de uma ponta a outra, e nem mesmo de que todos os pacotes enviados chegarão de fato. Isto resulta em perda de pacotes, causando picotamento da voz, ou atraso, inviabilizando a conversa.

Delay: Os pequenos atrasos nos pacotes de voz podem fazer com que a sequencia de pacotes recebida seja diferente da sequencia de pacotes enviada, o que prejudicaria a decodificação da voz pelo codec. Para corrigir isto, alguns dispositivos podem ter um buffer que permite que a sequencia correta seja apresentada para o usuário final. No entanto, este buffer possui limitações, uma vez que, caso seja muito grande, gerará um atraso muito grande na conversa.

Sons Repetidos, chiados e ruídos: Isso pode acontecer na conversão de pacotes de dados (VoIP) para sinal de voz para telefonia convencional, ou ainda devido a dispositivos (headphones e microfones de má qualidade, softphone, telefones IP, mal configurados e até mesmo o cabeamento estruturado pode estar obsoleto ou com algum tipo de problema.


Mas então o que devemos fazer para definitivamente acabar com o Mito da Telefonia sobre IP (VoIP) ser Ruim ou sem Qualidade?

>  Contrate empresas com certificação e CSP autorizada pela ANATEL;

>  Não compre nada por telefone ou pacotes pré-prontos, cada empresa tem a sua necessidade e deve se feita uma customização, ou seja, esse serviço deve ser obrigatoriamente consultivo, entendendo de fato onde está a dor latente da empresa.

>  Em hipótese alguma economize na qualidade dos headphones, microfones, USB phones, telefones Ips que você usa (de preferência USB), e, se possível, prefira os telefones IP aos Softphones.

>  Verifique e teste a qualidade de banda larga oferecida por seu provedor e como média multiplique a quantidade de chamadas simultâneas por 50 kbps para saber se terá que fazer ou não upgrade de banda. (preferencialmente seria bom dedicar uma separada apenas para voz).

>  De novo contrate apenas os serviços de operadoras de telefonia IP confiáveis e que tenham banda disponível para suportar o tráfego de voz sobre IP, ou seja, que possuam uma Rede NGN (Next Generation Networking) num DataCenter, pois, existem muitos sites aventureiros no seguimento que compram rotas internacionais de forma ilegal e não pagam os devidos impostos e são passíveis de sansões pela ANATEL, além do cliente que compra sem certificar-se da idoneidade da empresa poder ser autuado em conjunto pela contratação desse tipo de serviço ilegal no país.

>  Verifique quais ajustes necessários podem ser feitos nas configurações de telefones IP e Softphones e nesse último caso, utilize placas de som de boa qualidade, pois elas têm um grande impacto sobre a qualidade percebida da chamada, pois muitos equipamentos hoje já fazem QoS automaticamente em cada chamada percebida.

Se por ventura tiver um volume que justifique o investimento, verifique a viabilidade de ter um link dedicado com a operadora, evitando assim que os pacotes de voz “concorram” com a Internet pública, em outras palavras, se sua empresa usa bastante internet, contrate o serviço juntamente com o “Link Dedicado de Dados” e faça um QOS para priorizar a voz em relação a dados.

Muitas vezes o investimento em link e dispositivos de rede pode se tornar alto, por isso, priorize a qualidade dos headphones, placas de som e telefones IP, uma vez que são mais baratos e tem grande impacto sobre a qualidade. Caso use banda larga contrate duas e faça um load balance e uma configuração para se cair um link o outro entre automaticamente em operação, preservando 100% a sua telefonia, ou seja, terá uma contingência.

O PABX-Virtual utiliza como infra-estrutura o próprio Data Center da operadora na Nuvem. Com esta infra-estrutura, busca-se sempre obter a melhor qualidade para o cliente utilizar os serviços e preocupar-se com o seu core business, esse assunto vamos tratar em outro artigo.

Em resumo a Telefonia IP é superior na qualidade PSTN (E1), linhas analógicas e trazem valores agregados imensuráveis tais como: Redução de custo e imediata mobilidade total, pois o ramal será móvel, podendo levá-lo no Iphone, Smartphone, Blackberry, PC, Notebook além da gestão de Capex e Opex paras as empresas, integrando filiais, clientes, fornecedores e parceiros para falarem a custo zero e, além disso, em qualquer  lugar do Brasil ou do mundo.

O fator decisivo é a escolha certa dos devices e o dimensionamento preciso da banda em relação a quantidade de canais de voz que estará em uso de forma simultânea durante o período de utilização, por isso contrate um consultor com experiência para trabalhar em conjunto a melhor solução para sua empresa fazendo um outsourcing estará focando em seu negócio e deixando a operadora cuidar da sua telefonia. Um Forte Abraço, Wanderlei Bonifácio.

  •  
    2
    Shares
  • 2
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Wanderlei Bonifácio é Graduado em Análise de Sistemas Pós-graduação Gestão de Projetos pela FGV Pós-graduação em Marketing Digital pela FGV, Mestrando em Ciências da Computação pela Faccamp Cofundador da Infonegócio Treinamentos Empresariais Carreira desenvolvida há mais de 18 anos na área projetos, comercial, fidelização e relacionamentos com clientes, implementando produtos, serviços em Tecnologia da Informação e Telecomunicações. E-mail: wanderlei@outlook.com - Cel.: (11)-98687.7711

Wanderlei Bonifacio

Comentários

7 Comments

  • Parabéns Wanderlei pela ótima matéria!
    De grande valia para nós profissionais da área de Telecom, que lidamos com mitos e dúvidas como essas.

    • Muito obrigado Priscila pelos elogios, é muito gratificante quando sabemos que podemos ajudar outras pessoas com o conhecimento que temos, grato.

  • Parabens Wanderlei. Matéria bem escrita e que aborda as boas práticas para implementação de VoIP.
    Trabalho numa empresa de Telecom que já adota há muito tempo a telefonia IP. Na minha empresa, trabalho na parte de engenharia lidando justamente com NGN.

  • Muito obrigado Paulo sobre seu comentário, estarei postando novos assuntos do seguimento em breve, um forte abraço…

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes