E-Commerce

Ξ 2 comentários

Lições de varejo para uma Loja Virtual

publicado por Marcelo Goberto Azevedo

Produtos Quentes
Como em uma loja de rua, os produtos que oferecem melhores condições ou mais procurados ocupam a frente da loja. Essa mesma regra deve ser utilizada no mundo virtual, além das promoções, é possível criar seções de produtos mais procurados, mais comprados, mais favoritados. Entretanto o mais importante dessa informações é que sejam visíveis somente através da solicitação do cliente e não forçado a exibição, evitando uma poluição de informações.

Segmentação Comportamental
Um vendedor de loja por muitas vezes conhecem seus clientes, ou conseguem através analises visuais identificar gostos e preferências. Através das várias formas de interações que um cliente pode executar dentro da loja virtual, desde uma visita, uma busca, um simples comentário, um compartilhamento, uma votação. Todas as essas informações podem ser utilizadas para criar uma base de dados que fornecerá informações relevantes para colocar os produtos certos como sugestão. A utilização dessa segmentação comportamental resultará no impulsionamento das vendas.

Colecione Emoções
Um produto na maioria das vezes sempre provoca algum tipo de emoção nas pessoas, porém essa forma de expressão virtualmente só pode acontecer por meio de comentários, que muitas vezes são incompreensíveis no nível visual. Em vez do tradicional sistema voto (1 a 5 ou ótimo, bom, médio, ruim), oferecer termos que se adaptem as emoções como: Adorei, Incrível, Estranho, Importante, Detestável, entre outros tantos. E convertê-los para símbolos visuais que demonstrem uma emoção, criando assim mais uma referência.

Objetivo Vender
Normalmente as vendas virtuais sempre são tratadas para maximizar o número de item que compõem o carrinho final, utilizam-se ferramenta como “Compre um Melhor (UpSell)”, “Quem comprou isto, comprou aquilo (CrossSell)”. Porém, isso poderá funcionar como atritos que diminuem a impulso de vendas imediatas. Ou seja, devemos oferecer uma forma simples, objetiva e rápida para que seja possível executar uma venda imediata, porque muitas vezes os clientes só desejam entrar na loja, pegarem o que querer, pagar e ir embora satisfeitos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Marcelo Goberto de Azevedo é consultor em TI há 20 anos. Escritor e redator do Mundo Ecommerce. Atualmente como Diretor na empresa DragonSoft Tecnologia, focado em consultoria na implantação de e-commerce no conceito venda de serviço atrelada a produtos. Leciona curso de Gestão de TI com ênfase no Comércio Eletrônico.

Marcelo Goberto Azevedo

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.