Tecnologia Social

Ξ Deixe um comentário

Controle de acesso em aeroportos: garantia da segurança em infraestruturas complexas

publicado por Gustavo Gassmann

Controle de acesso em aeroportos: garantia da segurança em infraestruturas complexasLocais com alto fluxo de pessoas e áreas restritas de grande importância devem prevenir-se de forma adequada para evitar invasões, fraudes, ataques terroristas, contrabando e narcotráfico

O tráfego aéreo na América Latina aumentou significativamente nos últimos 20 anos, tanto as viagens domésticas quanto as internacionais, o que levou as administrações dos aeroportos a considerar todos os aspectos necessários para gerenciar os terminais com alto fluxo de pessoas, incluindo a segurança e o controle de acesso de áreas restritas.

Na América Latina, o aeroporto da Cidade do México é o que marcou maior movimentação, com 346.788 voos em 2013, seguido pelo Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com 261.076 e, por último, o Aeroporto Internacional El Dorado, em Bogotá, com 229.446, de acordo com os dados da “Análisis de Capacidad de Latinoamérica y el Caribe 2014”, publicado pela Asociación Latinoamericana y del Caribe de Transporte Aéreo (ALTA). Por outro lado, o mesmo estudo indica que o aeroporto de maior crescimento da região foi o Aeroporto Internacional Tocumen, no Panamá, que aumentou seus voos em 11,4%, marcando 11.328 em 2013.

Este cenário demonstra que os aeroportos são infraestruturas complexas e controlar o acesso de suas áreas onde ocorrem atividades essenciais para seu funcionamento é uma tarefa crucial para garantir a segurança, que não é apenas para proteger os passageiros, mas também os funcionários, tanto das companhias aéreas quanto dos outros estabelecimentos.

Credenciais inteligentes e autenticação de multifatores

Prevenir os ataques terroristas e deter o contrabando e o narcotráfico são os pontos chave de segurança para qualquer aeroporto. Por isso, podem ser aplicados vários níveis de segurança, como pontos de registro, inspeção de equipamentos e pessoas e o controle de acesso a áreas restritas. Esse último ponto pode representar um grande desafio, pois dependendo do tamanho do aeroporto, seria necessário criar credenciais para cada funcionário e instalar leitores de alta tecnologia em cada uma das portas.

No entanto, é possível implementar um modelo de controle de acesso eficiente usando cartões inteligentes configuráveis com base no nível de acesso concedido ao usuário, e leitores de diversos fatores de autenticação, de acordo com o nível de restrição da zona. Os fatores de autenticação dependem da complexidade do leitor de credenciais: o primeiro se refere apenas ao cartão de proximidade, o segundo à proximidade e senha, e o terceiro à proximidade, senha e biometria, fornecendo acesso intransferível e exclusivo à pessoa autorizada. Este modelo é o mais adequado para aeroportos, pois uma de suas principais preocupações é a falsificação de identidades, principalmente em áreas VIPs e operacionais.

Entretanto, as credenciais emitidas devem permitir a modificação dos parâmetros de acesso para incluir ou alterar locais e status de funcionários para evitar a edição de novos cartões caso ocorram mudanças e, ao mesmo tempo, prevenir as falsificações. Para isso, o ideal é contar com tecnologias mais robustas oferecidas no mercado, que forneçam cartões com capacidade de autenticação mútua, o que garante ao cliente final e a todos os usuários que utilizam o sistema, maior segurança.

Aeroportos com autenticação personalizada

Na América Latina já foram implementados projetos com essa tecnologia de autenticação, como no México e no Brasil, com resultados positivos. Os cartões inteligentes nesses casos estão eu uso pelo pessoal autorizado, como os funcionários dos aeroportos, das companhias aéreas, de manutenção e transporte, e com isso previne-se potenciais invasões a áreas restritas. Com a autenticação multifatorial adquire-se segurança nas zonas críticas, como as torres de controle e o acesso às pistas e aeronaves. O sistema de dupla verificação de autenticação, no estilo “o que você traz” e “quem é você” para conceder acesso, torna impossível a entrada com o cartão de outra pessoa, pois na autenticação biométrica (quem é você) também é necessário apresentar a credencial (o que você traz), além da digital da pessoa autorizada.

Além disso, é importante que os cartões possam ser personalizados de acordo com os requerimentos do aeroporto, com fotos coloridas, nomes completos, nome da linha aérea, vigência de uso e qualquer outra informação. Dessa forma, invasões e falsificações são pouco prováveis.

Integração com outros sistemas

Finalmente, um sistema de controle de acesso realmente eficaz deve ser capaz de integrar-se sem falhas e com facilidade aos demais sistemas de segurança existentes, como os de vigilância por vídeo, proteção contra incêndios e invasão. Por exemplo, no caso de incêndio ou alguma ameaça à segurança do aeroporto, as portas devem conseguir bloquear-se e desbloquear-se automaticamente, facilitando a evacuação para proteger o pessoal no interior de determinadas áreas, sem maiores intervenções às ações programadas no software de proteção contra incêndios quando as situações de emergência são detectadas.

Também é de extrema importância que o sistema de controle de acesso seja flexível e permita adicionar novos leitores e emitir novos cartões quando necessário, devido à ampliação do aeroporto, construção de novos terminais ou remodelação dos espaços.

Todos esses pontos permitem que o departamento de segurança dos aeroportos possa prestar mais atenção na vigilância e na prevenção de ameaças, terrorismo e na luta contra o narcotráfico e o contrabando, facilitando de forma significativa o seu trabalho, pois as soluções de controle de acesso ajudam a manter as instalações seguras contra tentativas de invasão a áreas restritas.

[Crédito da Imagem: Controle de Acesso – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Gustavo Gassmann é Diretor de Vendas do Brasil, da HID Global, especializada em soluções de identificação segura.

Gustavo Gassmann

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.