Gerência de Projetos

Ξ 8 comentários

Como elaborar um SLA (The Service Level Agreement)

publicado por Ruggero Ruggieri

The Service Level Agreement (SLA)
O Acordo de Nível de Serviço

Recentemente trabalhamos na documentação sobre Service Level Agreement (SLA) ou Acordo de Nível de Serviço. Trata-se de um documento detalhado que define os padrões de um nível de serviço e a relação entre duas partes: solicitador e o executor.
O documento em si é bem complexo na sua elaboração e trata da definição dos seguintes objetivos:

  • Identificar e definir as necessidades do cliente;
  • Proporcionar uma melhor compreensão dos objetivos do serviço;
  • Simplificar o entendimento do serviço;
  • Reduzir as áreas de conflito;
  • Incentivar diálogo em caso de litígios
  • Eliminar as expectativas não compatíveis com o serviço especificado.

O documento SLA é muito utilizado para abranger uma ampla gama de itens para definição de:

  • Desempenho;
  • Controle e relatórios de Gerenciamento de Problemas;
  • Conformidade Legal;
  • Resolução de Conflitos;
  • Deveres e Responsabilidades do Cliente;
  • Segurança;
  • Direitos de propriedade intelectual e informações confidenciais;
  • Rescisão Contratual.

Para elaboração do relatório de SLA entre as partes é necessária uma definição prévia do relatório.

A elaboração do documento não é uma tarefa trivial.

ELABORAÇÃO DE UM SLA

A sua elaboração existem métodos de torná-lo mais amigável. O mais comum é utilizar um modelo pré-definido. O mais conhecido deles é o Toolkit SLA. Esse modelo traduz e identifica o que há de melhor em sua negociação e elaboração.
Por exemplo, existe um “template” (guia) para levá-lo através desta documentação, uma lista de verificação / questionamentos para rever os acordos existentes, bem como uma apresentação de treinamento para exemplificar os conceitos.

O ponto mais crítico do acordo de SLA seria o detalhamento dos serviços e as condições em que esses serviços devem ser entregues. As informações sobre os serviços devem ser precisos e conter especificações detalhadas do que exatamente o que deverá ser entregue.

EXEMPLO DE UMA DOCUMENTAÇÃO DE SLA

O documento de SLA, é um documento específico que possue vida própria e versões. Conforme as negociações evoluem, a definição de versões precisa estar bem clara no seu documento. O documento possue revisão e assinaturas entre as partes conforme evolução. O documento não pode ser rígido.

O documento deve constar as seguintes observações:

  • 1 – Histórico;
    Definir o histórico da revisão, data, descrição do serviço e revisão do autor.
  • 2 – Aprovações (quem deve aprovar);
    Nome, Data, Título, assinatura e e-mail.
  • 3 – Âmbito (inserir informação descrevendo o escopo do documento);
    • 3.1 Audiência (inserir informação descrevendo o público adequado para o documento);
    • 3.2 Finalidade (inserir informação descrevendo a finalidade do documento);
    • 3.3 Pressupostos (inserir informações que descrevem os pressupostos associados ao documento);
    • 3.4 Contatos (inserir informações que descrevem os contatos associados ao documento). Caso haja necessidade criar um Apêndice para obter detalhes adicionais de contato.
  • 4 – Garantias e recomendações e Detalhamento do Serviço;
    • 4.1 Formatos de arquivo (inserir informações que descrevem os formatos de arquivo exigido pelo documento);
    • 4.2 Entregas e Expectativas Arquivo;
    • Tipo de Arquivo, freqüência esperada / Freqüência Mínima chegada na Empresa X, o mais tardar: Método de transporte (FTP / Manual Drop Arquivo)
    • 4.3 Ações de escalonamento (inserir informações que descrevem as ações escalada exigido pelo presente documento)
    • 4.4 Recursos para escalonamento (inserir informações que descrevem os recursos de escalonamento exigidos pelo presente documento)
    • 4.5 Horas de serviço para resolução de problemas (inserir informação descrevendo as horas de serviço disponível para resolver problemas)
    • 4.6 Desenvolvimento arquivo (inserir informações que descrevem o processo de desenvolvimento de arquivo requerido por este documento)
  • 5 – Gerenciamento de Problemas;
  • 6 – Gestão de Desempenho;
  • 7 – Deveres e Responsabilidades do Cliente;
  • 8 – Rescisão

(a criação de apêndices ajudam a complementar a documentação)

Apêndice A (Informações de contatos)
Nome da Função, Telefone, celular, ….

Apêndice B.
Definições, Termo, Definição, Sigla;

GERENCIAMENTO DE PROBLEMAS

Para um melhor direcionamento das atividades, após as assinaturas da documentação do SLA entre o contratante e contratado, algumas empresas utilizam Gerenciamento de Problemas para minimizar os impactos adversos de incidentes e problemas. Este gerenciamento normalmente especifica o que deve haver um processo adequado para tratar e resolver os incidentes não planejados e que deve haver também a atividade de prevenção para reduzir a ocorrência de incidentes não planejados.

GESTÃO DE DESEMPENHO

Uma parte essencial de um Service Level Agreement lida com o monitoramento e medição do desempenho de nível de serviço. Essencialmente, cada serviço deve ser capaz de ser medido e os resultados serem analisados e relatados. Os pontos de referência, metas e métricas utilizados devem ser especificados no próprio acordo. O nível de desempenho do serviço deve ser revisto periodicamente pelas duas partes.

DEVERES E RESPONSABILIDADES DO CLIENTE

É essencial deixar definido nesta documentação para o cliente, que ele também possui as responsabilidades em apoiar o processo de prestação de serviços. O SLA define o “relacionamento” que, naturalmente, é uma troca de informações em duas vias, normalmente, o cliente deve providenciar os acessos, instalações e recursos para que os funcionários da fornecedora trabalhem no local.

GARANTIAS E RECOMENDAÇÕES

Esta seção do acordo de SLA normalmente aborda os seguintes tópicos:

  1. A qualidade do serviço;
  2. Indenizações;
  3. Recomendações e violações:

Exclusões;
Força maior;
Segurança; etc.

A segurança é um aspecto particularmente crítico para qualquer SLA. O cliente deve fornecer controle de acesso físico e lógico às suas instalações e informações. Igualmente, o fornecedor deve respeitar e cumprir com as políticas de segurança do cliente e procedimentos.

RESCISÃO

Esta seção do acordo de SLA normalmente aborda os seguintes tópicos principais:
Denúncia no final do prazo inicial;
Rescisão por conveniência;
Rescisão por justa causa;
Os pagamentos de rescisão

CONCLUSÃO

Podemos considerar que as definições de SLA é um documento muito bem aceito entre o prestador de serviços e o contratante. O documento deixa bem claro entre as partes os deveres e responsabilidades. No decorrer do desenvolvimento das atividades, tanto o prestador como o contratante é fundamental não deixar de realizar as reuniões de Gestão de Desempenho e Gerenciamento de Problema. Ambas as atividades trabalham na avaliação constante das atividades da prestação de serviço. Estas atividades tendem a ser o ponto CENTRAL para criação para um SLA sem dificuldades e amigável, pois trata-se de uma “troca” de informações fundamentais para o andamento do contrato. Tentamos colocar neste artigo um “template” de SLA que atendeu as nossas atividades de desenvolvimento um padrão de SLA. Cada instituição deve desenvolver o seu padrão de SLA sendo que o Toolkit SLA será de grande valia para quem deseja iniciar. Procure não ser “rígido” nesta documentação, pois sendo mais flexível, minimizaremos os risco de rescisão, gerando perdas e desgastes para todos envolvidos.

REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA

WIKIPEDIA, http://pt.wikipedia.org/wiki/Acordo_de_n%C3%ADvel_de_servi%C3%A7o, acessado em 26/12/2010.
SERVICE LEVEL AGREEMENT AND SLA GUIDE, The SLA Toolkit, http://www.service-level-agreement.net/, acessado em 29/12/2010.
REVISTA ELETRÔNICA, CIO, http://cio.uol.com.br/gestao/2006/06/12/idgnoticia.2006-06-12.4971967799/, acessado em 29/12/2010.
KNOWLEDGELEADER, www.knowledgeleader.com, acessado em 4/01/2011.

  •  
    13
    Shares
  • 13
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Gerente de Projetos SR., atua há mais de 20 anos na área de TI no seguimento do Governo do Estado de São Paulo. Desenvolveu atividades de desenvolvimento de Software para empresas brasileiras e multinacionais, tendo participando no Brasil e no exterior em projetos de TI de diversos segmentos como Educacional, Financeiro, Saúde, Tributário e Terceiro Setor. Professor de Pós-Graduação na UNINOVE nos cursos de Qualidade, Gerencia de Configuração, Requisitos, Gerenciamento de Projetos e Processo de Desenvolvimento Ágil Formado na PUC de Campinas, Pós-Graduação em Administração Hospitalar (Univ.São Camilo), Gerenciamento de Projetos (UNICAMP), Projetos Estruturados (USP), Ciência, Tecnologia e Inovação (USP). MBA em Gestão de TI na FIAP e Programa de Desenvolvimento Gerencial com foco em liderança estratégica - FIA, atualmente aluno de MESTRADO da UNINOVE na área de Gestão do Conhecimento. Formado em COACH para SBC - Sociedade Brasileira de Coaching e Master COACH pelo escola RICCOACHING.

Ruggero Ruggieri

Comentários

8 Comments

  • Gostaria de colocar parâmetros em nosso trabalho aqui em nossa Empresa, mas preciso definir números realistas para pequenas médias e grande empresas no sul do país.

  • Interessante o tema e tenho interesse em receber updates sobre o assunto.

  • Acredito que um dos grandes problemas do SLA é criar medições factíveis, indo além do “99,7% de disponibilidade”. Este fator, como outros, é importante, mas muitas vezes é usado de forma preguiçosa, por faltar vontade de identificar e medir os pontos de pressão adequados.

    Mais de uma vez, já encontrei com SLAs que se pegavam com a disponibilidade da solução, mas não tocavam em um ponto das entregas da plataforma. Ou seja, tínhamos um SLA que praticamente dizia “contato que o sistema esteja sempre disponível, não precisa entregar os relatórios e análises que me serão úteis”.

    Achei muito oportuna a menção à necessidade de registrar o escalonamento, é uma das maiores falhas em qualquer abertura de projeto em TI, não raro relegado à informalidade “se tiver problema, eu falo com o diretor e ele aperta a equipe”.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes