Mercado

Ξ Deixe um comentário

Cobertura geográfica: diferencial em distribuição de TI

publicado por José Bublitz Machado

Há muito tempo, a tecnologia tem comprovado sua importância no desenvolvimento do nosso País. Pela tecnologia, muitos processos que antes eram burocráticos estão muito mais simples e ágeis. Por exemplo, nosso acesso aos bancos online, a oportunidade de fazermos compras pela Internet, pegarmos resultado de exames online, entre outras facilidades são fatores que comprovam o avanço cada vez maior desse setor no país.

Saindo do conceito Internet, usamos o ‘Sem Parar’ para passarmos mais rápido nos pedágios das estradas e, se acabar a bateria de nosso celular, por exemplo, ficamos sem chão, e nos sentimos como se estivéssemos perdido o contato com tudo e com todos. Ainda, usamos o GPS para irmos a lugares desconhecidos ou para desviarmos do trânsito; temos a agenda que nos avisa dos compromissos, enfim tudo gira em torno da tecnologia e da nossa capacidade de gerenciar todo este aparato tecnológico.

Sem falar nos grandes avanços da medicina, propiciado em muito pela ajuda tecnológica e pelo desenvolvimento dos profissionais, tendo a tecnologia como base. Mas, será que todo este aparato tecnológico está chegando a todos os cantos deste extenso país?

Este é um dos principais papéis do distribuidor de TI. Atuar com uma cobertura geográfica de forma que as tecnologias cheguem a todos os lugares do país com o melhor custo possível e aplicar treinamento às revendas dando maior apoio a estes clientes. Assim, o desafio é vencer os aspectos logísticos das vias de transporte, dentre eles, a segurança da carga.

É imprescindível para as empresas que atuam no setor de distribuição saberem dimensionar mercados e identificar onde será necessária a instalação de um centro de distribuição para que possam atuar de forma mais ágil e com menor custo para atender as revendas de todo país. E como diferencial, a distribuidora precisa entender a necessidade da região e adequar a necessidade de produtos específicos para casa uma delas.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

José Bublitz Machado é vice-presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de TI – ABRADISTI

José Bublitz Machado

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes