Mercado

Ξ 3 comentários

B2B, B2C, B2G…Você Domina Essa Sopa de Letrinhas?

publicado por Vinicius Passos Silva

De onde surgiu o B2B.

A internet quebrou diversos paradigmas em nossas vidas. E com as empresas não foi diferente. Quem imaginaria um substituto para um memorando interno batido à máquina? Surgiu o e-mail que ainda disponibilizou diversas vantagens a mais. As áreas de vendas, estoque, tratamento de clientes e outras estão informatizadas e podem ser consultadas em tempo real e pela internet.

Como conseqüência disto, nasceram vários termos e siglas relacionados as transações online. B2B, B2C, C2C e outros termos da nova economia surgem para suprir este cenário. Para entendermos esta sopa de letras, seguem alguns termos e suas definições.

A sopa de letras.

B2B (Business to Business)
São as transações de comércio entre empresas. Uma empresa vendendo para outra empresa é B2B. É a sigla mais famosa e acaba representado todos as outras abaixo quando generalizada. Um exemplo é a venda material de escritório para empresas ou a compra de insumos para a produção de bens.

B2C (Business to Consumer)
É o comércio entre a empresa e o consumidor. Este é o mais comum. Um exemplo próximo é a http://loja.imasters.com.br, o iMasters SHOP ou a mais famosa Amazon.

C2C (Consumer to Consumer)
Este é o comércio entre consumidores. Ele é intermediado normalmente por uma empresa (o dono do site). O exemplo são os sites de leilão como o Ebay ou classificados.

B2G (Business to Governement)
São as transações entre empresa e governo. Os exemplos comuns de B2G são licitações e compras de fornecedores.

B2E (Business-to-Employee)
Normalmente relacionado aos portais (intranets) que atendem aos funcionários. Tem por objetivo de ser uma área central de relacionamento com a empresa. Através dele os funcionários podem, por exemplo, pedir material para sua área, gerir todos os seus benefício ou até utilizar processos de gestão dos funcionários (faltas, avaliações, inscrições em treinamentos…).

Conclusão

A sopa de letrinhas está só começando e a Globalização é o grande motivador.  Fique atento as tendências de mercado para emprego das siglas e cuidado para não confundir as letras.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Vinícius Passos Silva é Graduado em Análise de Sistemas com especialização em Gerência de Projetos e 12 anos de atuação no mercado de Tecnologia da Informação aplicando as melhores práticas no gerenciamento de projetos de Infraestrutura, implantação, migração, upgrade, integração e auditoria de sistemas, para empresas nacionais e multinacionais dos mais variados segmentos. Sólidos conhecimentos em projetos de implantação de ERP.

Vinicius Passos Silva

Comentários

3 Comments

  • Vinícius
    Ótimo glosário. Bela sopa de letrinhas. Não se esqueça de acrescentar mais duas. A2B que é de Author (ou fornecedor) para Business. E o A2A, lançado por mim a alguns anos e que é o relacionamento direto entre autores e fornecedores. Afinal o linkedin é um relacionamento A2A. Saudações. Ivan

  • Boa noite Ivan.

    Excelente contribuição!
    Presenciei diversas ocasiões em que consultores seniors, Accounts, Gerentes de Projeto, Gestores não dominavam as siglas desse artigo e acabavam por empregar termos inapropriados. Espero que as nossas dicas contribuam.
    Obrigado!
    Abraços

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.