Gestão de Processos

Ξ 5 comentários

A retomada da visão de processos

publicado por Rodney Repullo

É fato que os ERPs, desde os anos 90, dominam os investimentos de TI e se tornaram um dos pilares de todas as corporações, porém há um outro fato que merece destaque e vem recebendo, cada vez mais reconhecimento do mercado: A retomada da visão de processos nas organizações.”

É simples e óbvio: Uma empresa pode ser vista como um conjunto de processos, que se bem orquestrados, fará com que os resultados da empresa sejam maximizados.

Mas infelizmente muitos ainda insistem em não aceitar o simples e o óbvio como natural e permanecem dependentes do emaranhado de opções de Menu em seu ERP Tradicional.

Nos perguntamos: Ao olhar para ERP, em seu formato tradicional, onde está a visão de processos? Quantos pedidos temos em processo, com quem estão estes pedidos, quanto tempo levam para serem processados?

[… silêncio…]

A visão de processo muitas vezes está implícita e muitas vezes inexiste no ERP. Mas como a busca por eficiência e resultados não se contenta com esse modelo, a consequência natural é a sobrecarga dos usuários, que vem sendo muito exigidos por essa falta de apoio dos atuais sistemas e precisam memorizar procedimentos, processos, lista de tarefas, etc.

O ERP reage a comandos dos usuários, que obviamente são os responsáveis quando algo sai errado, pois a orquestração depende de sua memória, os tempos dependem de suas ações e os resultados da empresa estão atrelados aos limites da qualificação de pessoas. Os processos estão mapeamos tacitamente, ou seja, na cabeça das pessoas e dependemos excessivamente delas.

O ERP foi concebido para executar tarefas e não orquestrar processos, com exceção da área de manufatura que nunca abriu mão de ser visto como uma sequência de atividades.

Mas sim, há exceções, alguns fornecedores de ERP já perceberam essa importância e vem incorporando conceitos de BPM (Business Process Management), Workflow e Integração de Processos em seus sistemas. Sorte de quem já percebeu, pois isso hoje é um diferencial na escolha de um novo ERP.

O que fazer se o seu ERP não possui essa característica e te disponibiliza apenas menus, telas e relatórios e não orquestra seus processos?

Não, não precisa trocar o ERP. Existem no mercado soluções de BPM que trazem totalidade do conceito de BPM (Business Process Management) e dessa forma vem auxiliando a várias empresas a orquestrar seus processos, integrando sistemas, eliminando erros, retrabalhos e trazendo aos usuários uma lista de tarefas aos usuários, sem exigir que ele lembre e responsabilize unicamente pelas ações na empresa.

O Fato é que a TI já possui o avanço suficiente para não mais sobrecarregar os usuários e se tornar o real responsável por orquestrar processos e sistemas.

Ao entrar numa solução de BPM em sua característica de Workflow, ao invés de ver menus, você verá sua lista de tarefas integradas ao ERP, e com a definição do processo de forma explícita no sistema e pronta para disparar a próxima tarefa, assim que sua etapa for concluída.

Outro movimento que se associa e reforça a importância dessa solução é a mobilidade, que traz uma demanda por ações pontuais em processos de forma móvel.

A nova onda do BPM está avançando sobre a antiga onda do ERP, para revigorá-lo e retomar a visão de processos em busca de melhores resultados.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Rodney Antonio Repullo (http://about.me/rodneyrepullo) Formado pelo Instituto de Física da USP e com pós em Automação pela Escola Politécnica da USP. Iniciou carreira no IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas), passou pelo Metrô de SP e mergulhou na área de tecnologia de software como empresário. Atua há mais de 20 anos, empreendendo na Área de Desenvolvimento de Software para Negócios e Implantação de Sistemas de Gestão Empresarial. Atua como CEO da Magic Software Brasil (http://www.magicsoftware.com.br), representando a Israelense Magic em toda América do Sul. Atua também como CEO do Grupo Repullo (http://www.repullo.com.br), que tem como atividade principal a representação do ERP CIGAM (http://www.cigam.com.br) em SP, RJ e Sul de MG. Regularmente atua como palestrante e instrutor em cursos de extensão nas áreas de SOA, BPM, ERP, CRM, Cloud Computing, SaaS, RIA, Mobilidade e Desenvolvimento de Sistemas.

Rodney Repullo

Comentários

5 Comments

  • Todos já disseram muito rsr.
    Colocou-se aqui a visão correta, sucinta e objetiva da importância dos processos para facilitar o workflow; muito se é falado mas, na prática, podemos perceber usuários insatisfeitos com muitos ERPs do mercado, que não dão o que necessitam e os embaralham a cabeça, mais ainda nas empresas que não dão o correto treinamento a todos aqueles que utilizam desta ferramenta.
    Viva o BPM!

    Parabéns Mr. Rodney.

  • Muito oportuna e atual esta matéria. Sinto-me totalmente inserida nesta situação e percebo que Processos e TI devem sempre andar muito próximas para não dizer totalmente ligadas. Em uma experiencia atual, estou implantando em uma grande multinacional do ramo de beleza um sistema baseado em processos que será interligado a outro grande sistema ERP mundialmente famoso – SAP. Resumindo um pouco do que se trata, teremos uma solução em processos que auxiliará a área de Cadastro de Clientes desta grande multinacional a inserir novos cadastros de clientes das atuais 72 horas de processamento em apenas 1 minuto.
    Não podemos ignorar que nenhum sistema será totalmente eficiente se ele não for desenvolvido para atender a fluxos de trabalhos pré concebidos e que no mapeamento destes processos e requisitos de software algumas coisas que são feitas por muitos usuários poderão ser feitas por menos ou apenas um. Infelizmente o ERP ele nem sempre automatiza o fluxo, apenas sistematiza os processos muitas vezes mantendo a estrutura funcional que já existe sem ao menos otimizá-la. A visão atual não é de usuários trabalhando por sistemas mas sim sistemas trabalhando por usuários.

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes