Posts by Tag: qualidade»

E-Gov

Tecnologia ajuda a melhorar qualidade do transporte viário

Tecnologia ajuda a melhorar qualidade do transporte viário

posted by Alexandre Mori

Câmeras digitais podem auxiliar companhias a oferecer serviços diferenciados já que permitem integração com inteligências de contagem de número de usuários.

Desenvolvimento

O seu trabalho é feito com qualidade?

O seu trabalho é feito com qualidade?

posted by Flávio Steffens

Sabe aquele papo de que nossas atitudes podem gerar consequências inimagináveis? Pois este post irá discutir um pouco sobre isso. Vamos falar sobre QUALIDADE, e como a mais simples falta de cuidado com o seu trabalho hoje, pode gerar resultados devastadores para outras pessoas.

Segurança da Informação

Controles de segurança da informação para a empresa pública

Controles de segurança da informação para a empresa pública

posted by Diogo Guimarães

Segurança da informação para a empresa pública: Qualquer medida de Segurança da Informação, por mais eficaz que seja não será capaz de eliminar totalmente todos os riscos, ameaças ou vulnerabilidades a que um sistema está exposto (ou declarar um sistema como totalmente seguro!).

Carreira

Vantagens e benefícios de um feedback

posted by Alexsandra Sousóliver

A palavra feedback é de origem inglesa sem tradução fidedigna para português, mas é usada nos meios de comunicação com significado de retorno e resposta de uma solicitação.

O feedback tem uma importância muito grande na comunicação e tem ganhado cada vez mais potência no mundo empresarial, comunicativo e tecnológico. Feedback também é usado o sentido de avaliação de algum serviço ou produto, ou seja, um retorno de satisfação dos receptores, clientes, usuários.

Gestão de Processos

Da lanchonete ao service desk: sem processo não há qualidade

Da lanchonete ao service desk: sem processo não há qualidade

posted by Alberto Parada

O que vem à sua cabeça quando você sabe que a sua empresa irá implantar processos para melhorar a qualidade dos produtos e serviços?

Para alguns é uma oportunidade de participar da equipe do projeto; para outros não representa absolutamente nada, até porque esses não acreditam que nada mude; e para um terceiro grupo, é uma verdadeira chatice, vão mexer, mexer e tudo vai ficar errado como sempre.

Essas reações absolutamente comuns do ser humano (e mais ainda dos profissionais de TI), teve origem em meados dos anos 1990, depois das diversas “ondas” de certificações e implantações de processos e qualidade (lembra da ISO?).

Ainda hoje estas “ondas” aparecem como um verdadeiro tsunami, varrem tudo e muitas vezes deixam mais destruição do que promovem mudanças relevantes para as corporações.

O fato não é que estas ondas não são pertinentes e nem que seus resultados não possam ser positivos. A verdade é que falta capacidade das corporações em envolver seus colaboradores nos projetos de maneira assertiva e participativa, e não somente uma comunicação sem explicação.

Carreira

TI, quem é vaidoso pode continuar a trabalhar?

TI, quem é vaidoso pode continuar a trabalhar?

posted by Davambe

Ele; bonito, jovem, honesto e trabalhador. Orgulho para seus pais, que não se cansavam de elogiá-lo. Também era filho único. Cresceu naquele lar a correr de um lado a outro, até que cumprindo as exigências da natureza, imitou ensinamento dos pais. Construiu sua família, com Anita Makuakua João, menina prendada. Todos comemoraram “Viva Deus! Nosso verdadeiro pai, que nunca se cansa em atender nossas orações. Ele não se detém, prontamente apresenta solução a quem o solicita”. Tocaram os tambores.

Mas o tempo é cruel às vezes, e tem a mania de modificar as atitudes e fisionomias das pessoas. Alguns conhecem posteriormente essas mudanças, outros deixam a natureza se manifestar em suas vidas. Foi o que aconteceu com ele, Joaquim João Makuakua, aos 34 anos começaram a aparecer cabelos brancos em sua cabeleireira.

“Parece que caiu neve sobre a sua cabeça”, disse sua esposa.

“Pois, amor, é a idade!”, comentou ele, que tentava arrancar os fios brancos.

“Vamos pintar!”, ela sugeriu.

“Nem pensar. Pode esquecer”, ele não era muito simpatizante a tingimento de cabelo. Não houve quem o convencesse.

Mas Deus faz a roda girar, o tempo passar e mantém o caminho livre para que todos viagem com folga para o mesmo destino: futuro. Que experimentamos de minuto em minuto, horas em horas, dia após dia, meses e anos. E muito rapidamente alcançamos o amanhã, às vezes, num piscar de olhos, até. Com Joaquim João Makuakua não foi diferente. Os cabelos brancos foram ocupando o lugar dos cabelos pretos, sem pedir licença, também, mesmo que pedissem quem fala a sua língua para escutar e entender?

“Amor, vamos tingir esse cabelo. Já comprei a tinta”, dizia entusiasmada a dona Anita Makuakua João.

“Amor, esqueça isso. Estou bem assim.” Dizia ele, que teimava de qualquer maneira para não pintar o cabelo.

Gestão de Processos

Indicadores de TI, você vive sem eles?

Indicadores de TI, você vive sem eles?

posted by Edson Palomares

Na nossa vida estamos tão acostumados com os indicadores que às vezes nem nos damos conta de quantos deles temos a nossa disposição.

Desenvolvimento

Estimando esforço para Teste de Software

Estimando esforço para Teste de Software

posted by Samanta Cicilia

O maior desafio das chamadas Fábricas de Software é entregar um produto com qualidade, visto que muitas se preocupam em analisar, requisitar e construir.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.