Carreira

Ξ 8 comentários

Quem não conhece um consultor marketeiro?

publicado por Thiago Casquilha

Figura - Quem não conhece um consultor marketeiro?O artigo anterior foi mais focado nas recrutadoras e consultorias. Vou inverter o foco agora, para nós mesmos, consultores. Na verdade, para um tipo bem específico de consultor, que todos conhecem. O consultor marketeiro.

Não importa se a tecnologia ou ferramenta entrou no mercado este ano. Ele já é sênior. Este camarada é o camaleão de TI, e seu currículo está em constante mudança.  A única vaga incompatível com o seu perfil é aquela que paga mal.

Ele já mostra ao que veio desde a entrevista:  sozinho resolveu o bug do milênio, gerenciou equipes de centenas, e quase fundou um país. Conta seus feitos profissionais com tanta emoção que quase leva a recrutadora às lagrimas. Quando é perguntado, diz que seu maior defeito é o perfeccionismo. Sua maior qualidade, o comprometimento.  Mas se existe uma única “qualidade” que podemos mencionar sobre este tipo de profissional, é a sua inacreditável capacidade de conseguir negociar taxas altas até mesmo em um cenário de profunda recessão.

Já no ambiente de trabalho, é aquele que sempre aparenta estar ocupado, mas que, estranhamente, nunca está ajudando ninguém da sua equipe, e nem entregando nada. Quando entrega, demorou muito para fazer pouco. E na maioria das vezes, ganha mais do que você (e eu).

Se o João vai pedir ajuda, ele está “pegado”. Quando posteriormente o Joaquim vai pedir ajuda, ele alega já estar ajudando o João. É o conhecido “vaselina”, deslizando entre as demandas e escorregando de novas tarefas. Mas curiosamente, está sempre cobrando hora extra.

Se você nunca conheceu nenhum, eu lhe garanto, eles existem, e não são poucos. Não importa quão corrido seja o projeto aonde ele vá parar, ele sempre consegue durar bem mais tempo do que deveria. E quando é descoberto, vai embora com a honra intacta. Afinal de contas, foi mais uma conquista para seu currículo. Mais um projeto implementado com sucesso, mais uma experiência para contar na próxima entrevista. E mais um argumento para subir a taxa, claro.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Autor

Consultor SAP BW, Analista desenvolvedor mainframe, fotógrafo amador e quase escritor. Atuei em projetos internacionais de desenvolvimento e suporte à produção, nas empresas de TI que a maioria já trabalhou e todos conhecem. E-mail -> thiago.tiespecialistas@gmail.com LinkedIn -> http://br.linkedin.com/in/thiagocasquilha Twitter -> http://twitter.com/casquilha Todos os artigos por mim escritos, sem exceção, são textos de ficção. Qualquer semelhança com a vida ou fatos reais será apenas uma coincidência de probabilidades astronômicas.

Thiago Casquilha

Comentários

8 Comments

  • Na verdade, eu ainda acho que existam mais Analistas/Consultores em mídias sociais do que consultores marketeitos. Eles se reproduzem feito coelhos..

  • Acredito que colocar em prática o “Comprometimento” seja para atingir êxito no projeto, no Planejamento Estratégico da TI e efetivamente atingir os resultados esperados é o que falta em muitos profissionais sejam marketeiro ou consultores (Foco em Resultados). Fazer o marketing pessoal ou da TI é sadio e deve ser feito para valorizar nosso trabalho. Porém o melhor marketing e inquestionável são os resultados.

  • Lucas,
    As vezes também tenho a impressão de que são publicitários que vieram parar na área errada. Mas acho que este tipo de marketeiro existe em qualquer setor, não? Se vende como o todo-poderoso, mas se sabe fazer um décimo do que diz, é muito.

    Olá Norton.
    Fazer marketing pessoal só serve de alguma coisa quando você prova tudo o que disse com resultados. O problema é que este tipo de indivíduo que citei acima, é a personificação do uso errado deste marketing. Vive de fama e não produz nada.

  • Thiago,
    Esse profissional que vocé descreveu é a “ovelha negra” de qualquer profissão. A meu ver existem dois tipos de maketeiro – o que você mencionou e aquele que se esforça em mostrar seu produto ou serviço – o segundo tipo representa a maioria dos bons profissionais de consultoria, que vendem nada mais que seus serviços – claro que “rola” uma propagandinha, mas quem não faz?seja nas redes sociais, e-mail marketing, mala-direta e tudo o mais – se você não vende não paga contas….Com ass devidas ressalvas, você descreveu o embusteiro, ao qual devemos estar atentos, pois muitos deles estragam um mercado, e ao mesmo tempo devemos ajudar a promover os que t~em algo a mostrar – para isso são as redes, lembra? para promvoer oportunidades, que esperamos sejam as melhores para quem as merece.
    Um abraço,
    –Marco

  • Thiago,
    como entrei agora, estou lendo seus artigos antigos e me divertindo muito com a “paródia” da realidade.
    abç, Mônica

  • Eu conheço um consultor deste tipo, se chama Felipe Barbosa. Consultor de BI.

  • Estamos de olho vivo 😉

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade



Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes