Marketing & Tecnologia

Ξ 5 comentários

Plano de Ação em Marketing Digital

publicado por Thiago Neves

Desenvolvendo um para sua empresa ou carreira

Esse processo é visto geralmente como uma etapa tediosa e muito teórica, sendo assim, é muitas vezes ignorado ou colocado em segundo plano. Concordamos que a etapa operacional é bem mais instigante e desafiadora, mas sem um planejamento estratégico em marketing digital, estaremos navegando as escuras.
Para ter sucesso no seu planejamento, primeiro é preciso organizar o processo de obtenção de dados fazendo as perguntas certas e posteriormente transformando-as em informações e conhecimento. É preciso entender que é o cliente o motivo da empresa existir e não o produto.

Conrado Adolpho, renomado profissional de marketing, define em um fluxo lógico que auxilia nesse processo. Esse fluxo gerou um livro chamado os 8 Ps do Marketing Digital, que trazem consigo o seguinte ciclo em loop: Pesquisa, Planejamento, Produção, Publicação, Promoção, Propagação, Personalização e Precisão.

esquema8Ps

Vejamos os principais passos para criarmos um Plano de Ação


Defina muito bem seus objetivos: Ao traçar um objetivo, você deve especificar claramente o que deseja com as suas ações de marketing digital para que seu planejamento seja bem focado.


Pesquise e conheça o público alvo: Entenda em que negócio você está. Pesquise os consumidores desse mercado. Atualmente temos diversas ferramentas na Internet para saber com exatidão qual é perfil de visitantes de um determinado site. Com base nesta análise podemos traçar o perfil de um determinado público e assim adequar a linguagem e o conteúdo a ser produzido. Depois disso crie uma Persona, ou seja, um consumidor em potencial imaginário que possui todas as características do grupo que você deseja impactar. Segmente o mercado em grupos de consumidores que tenham afinidade entre si.


Defina os canais: Logo no início, defina quais são os canais mais apropriados para cada tipo de campanha em função do público alvo que pretendemos atingir. Precisamos priorizar as táticas para que o canal não seja utilizado de maneira superficial e traga prejuízos a marca.


Inbound Marketing: Desenvolva um conteúdo que crie um ponto de contato entre a empresa e o público que queremos impactar. O conteúdo é tão importante que existem profissionais focados apenas em marketing de conteúdo.


Colocarei algumas estratégias para auxílio e direcionamento em publicações e aumento de engajamento no Facebook:

  • Postar foto gera 39% mais interações. De acordo com a Kissmetrics, posts com fotos geram 53% mais likes, 104% mais comentários e 84% cliques no link anexado.
  • Posts pequenos geram 23% mais interações. Escrever posts com menos de 250 caracteres tende engajar 60% a mais do que os textos longos. Com menos de 80 caracteres, o engajamento sobe para 66%
  • De acordo com AMEX OPEN Forum infographic, usar emoticons nos comentários pode fazer uma grande diferença na taxa de engajamento, pois podem gerar 33% mais comentários e compartilhamentos. Posts com emoticon conseguem 57% mais likes .
  • Posts com perguntas geram 100% mais comentários. Conforme o infográfico da Kissmetrics, 100% dos posts que continham um questionamento para os usuários geram mais comentários.
  • 35% dos fãs da Fanpage costumam participar dos comentários. O site Socially Stacked apresentou alguns dados informando que 35% dos usuários que deram like na Fanpage participam muito mais nos comentários.
  • 42% de fãs curtem posts que oferecem cupons e descontos.


Estabeleça um cronograma: O monitoramento da duração de cada ação, os resultados e os recursos necessários que foram utilizados devem ser colocados no papel. Coloque o fator tempo em seu plano para evitar que ele caia em uma gaveta e nunca saia do papel. Defina quando será feito e até quando para cada etapa.

Mensure, analise, ajuste e Monitore: Uma das vantagens do marketing digital é a disponibilidade de mecanismos de avaliação, controle e mensuração de campanhas. Ferramentas como o Google Analytics possibilitam o monitoramento das ações, fornecendo métricas e indicadores de desempenho das campanhas. A partir destes dados é possível definir estratégias de maior sucesso e rentabilidade, assim como identificar novas possibilidades de atuação, testando variações das ações em diferentes escalas ou ainda em públicos segmentados. Defina quais serão os KPIs e métricas trabalhadas em cada um dos canais e, posteriormente, acompanhe o desempenho do funil de vendas.

Perguntas que devem ser feitas para criação e programa de ação – 5W2H da Administração

  1. O que será feito?Descrição de todas as etapas necessárias para atingir o objetivo.
  2. Por que será feito? Por que ele é importante? Aqui entra uma justificativa clara do porquê de executar o plano.
  3. Onde será feito? Em qual local? Onde será executada a tarefa necessária para realizar o plano.
  4. Quando será feito? Qual o prazo? Coloque o fator tempo em seu plano para evitar que seja esquecido.
  5. Por quem será feito?Delegue responsáveis para cada etapa.
  6. Como será feito?Defina qual será o método utilizado para realizar as etapas do plano de ação.
  7. Quanto custará fazer?Dificilmente um plano de ação sairá de graça. Mesmo que não custem recursos financeiros, por exemplo, com certeza você precisará de recursos humanos, que também devem ser contabilizados como custos.

Demonstração de Resultado Projetado

Demonstração de Resultado Projetado

Em paralelo ao plano de ação é necessário que se constitua um orçamento de apoio, ou seja, uma projeção da receita, do custo total e lucro resultante, que consiste em um confronto entre receita, vendas e/ou serviços, despesas, custo de produção, distribuição e marketing. Tudo isso com a finalidade de um prévio conhecimento do resultado final. Em outras palavras, é o lucro esperado em harmonia com a satisfação do consumidor final.


Uma vez o confronto analisado, a empresa fará os ajustes necessários, de modo que o projeto seja o mais lucrativo possível sem alterar a qualidade inicialmente discriminada.


É de suma importância que os dados usados na projeção sejam em fiel valor de mercado, de modo que o orçamento projetado esteja compatível com a realidade e dessa forma obtenha-se o resultado final satisfatório e anteriormente definido.


Tendo todo o embasamento da pesquisa e traçados os planos de ação, é só seguir o cronograma e acompanhar as ações bem de perto. Se algo não estiver no caminho certo para o alcance do objetivo, reveja e atualize.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Desde 1999 eu trabalho com projetos de mídia interativa. Com experiência em desenvolvimento de produtos digitais, planejamento estratégico, marketing digital, gerenciamento e desenvolvimento front-end , e-commerce e sistemas nas mais diversas tecnologias e projetos que envolveram integração de sistemas, tecnologia mobile e comunicação digital.

Thiago Neves

Comentários

5 Comments

  • Gostei do texto. A fase de planejamento realmente é uma das mais chatas (para a maioria das pessoas – eu, por exemplo, adoro 🙂 ), mas é a mais importante. Se os fatores que influenciam uma campanha de marketing são incertos, um pouco de planejamento ajuda a mitigar essa incerteza.

    • Olá Wilame. Obrigado pelo comentário.
      Eu também vejo em muitos empresários a dificuldade de entender e principalmente aceitar que o planejamento é FUNDAMENTAL para o sucesso do negócio.
      A maioria acredita que basta ter talento operacional que pode fazer tudo e arrebentar, principalmente quando se trata de marketing digital, pois acham que basta pagar por uma campanha de Adwords e pronto.
      Infelizmente, poucos conseguem sobreviver tempo o suficiente para compreender a importância desta etapa e a partir disso praticarem a mesma.

  • Muito bom o material sobre os 8p’s do marketing digital.
    Achei muito interessante a abordagem simples do tema!

    Excelente trabalho!

    Abraço,
    Nelson Moura
    Eng. de Telecomunicações
    71 8463-4740

    • Olá Nelson. Obrigado pelo comentário.
      O material do Conrado,de quem tenho profunda admiração, é realmente incrível.
      Sempre que me perguntam sobre literatura de marketing eu recomendo 2 autores que nunca decepcionam: Phillip Kotler e Conrado Adopho.
      Comprei este livro, que é gigante, e tenho devorado o conteúdo desde então. Vale muito!

  • O Thiago só comprova neste texto o talento que já exerce como Designer. Leitura obrigatória.
    Att,
    Fabricio Barbirato

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.

Artigos Recentes