Carreira

Ξ 3 comentários

O evangelho projetizado segundo Steve Jobs

publicado por Cleyton dos Santos Sousa

O que podemos aprender e aplicar com um dos maiores líderes de TI do mundo.

Em determinado projetos, além da metodologia tradicional, utilizo no decorrer do projeto uma evangelização de algum grande líder, como fonte de inspiração e também com exemplo para seguir em frente das adversidades, obviamente que utilizamos bons exemplos dos lideres, filtramos as infelicidades nos percalços do líder e abstraímos do Evangelho, todas as frases em negrito são de Steve Jobs.

Nesse exemplo o líder é Steve Jobs, que dispensa a apresentação, e o projeto onde aplicaremos é a Virtualização.

Na reunião de Kick Off Meeting, foi diferente de todas as outras que fiz, não fiz apresentações em ppt, vídeos a Carta do Projeto, apenas escrevi no quadro essa frase: “Seja uma referência em qualidade. Algumas pessoas não estão habituadas a um ambiente onde a excelência é o esperado“.

Quando todos chegaram, preparados para reunião e assustados comigo sentado, sem nenhum material e com a frase no quadro, questionaram se ali seria a reunião de Kick off Meeting do projeto Virtualização, apenas confirme com gestos que sim. Quando todos chegaram e se acomodaram comecei a reunião:

Surpresos, acredito que sim, mas esse Kick off Meeting será diferente, olhando para esse quadro, tomei a liberdade e utilizei a frase do Steve Jobs, onde ele destaca a qualidade como um fator surpreso, onde não esperam, pois bem, exatamente isso que acontece com esse projetos, nossos usuários estão cansados da maneira como usufruem a virtualização na corporação, principalmente do acesso remoto, e não esperam nada mais devido ao desgaste, estão sem fé em melhorias. Então convoco os senhores, vamos entregar esse produto com uma qualidade que ira surpreender a todos.

Entretanto, vamos conversar com alguns usuários e verificar quais os problemas, vamos aplicar mesmo não vamos ficar no conceito de: “Todos dizem que o usuário é o mais importante, mas ninguém age de acordo com essa crença“. A importância de escutarmos o cliente nesse projeto é mais que fundamental, se necessário, vamos ensinar, vamos demonstrar o que eles podem fazer com essa tecnologia, lembrando que: As pessoas não sabem o que querem até você mostrar a elas.

Um projeto prioritário para a corporação, então quero que vocês mantenham um foco, qualquer outra solicitação, vamos discutir primeiro antes de fazermos: Algumas pessoas acham que foco significa dizer sim para a coisa em que você irá se focar. Mas não é nada disso. Significa dizer não às centenas de outras boas idéias que existem. Você precisa selecionar cuidadosamente. Se não filtrarmos com prioridade não faremos com qualidade, faremos quantidade.

Quando sai da reunião, imediatamente enviei um e-mail para todos presentes na reunião, com frase: “Os verdadeiros artistas criam coisas reais e que serão usadas“. Meu objetivo é destacar que iremos fazer um projeto com qualidade excepcional que os usuários irão utilizar muito bem.

E o projeto continuou, elaboramos assim todas as etapas conforme nossa metodologia, no momento da discussão das tecnologias quis participar da reunião, foram selecionados as tecnologias VMWare, Xen, Vitualpc, VitualBox e Virtual Server, foram selecionados 5 analistas responsáveis que estão no projeto e cada um ficou responsável de entender, defender e vender a tecnologia, comentei com cada um:

Defenda como se seu emprego dependesse disso, iremos escolher uma tecnologia, mas para isso teremos que ter base, um forte argumento, “Pense diferente”.

O intuito disso é: “Travar combates intelectuais, um pugilismo de ideias”. Seria a melhor maneira de realmente escolhermos a melhor solução, através de opções e varias visões, chegaríamos a melhor para a corporação.

No dia da reunião, comecei com a seguinte frase:

“Vamos ter mente de principiante”, mente aberta a novidade e ao melhor, vamos ter uma mente flexível, normalmente o principiante tem mais mente aberta que o experiente, cada analista defendeu sua tecnologia ferozmente, mostrando os pontos fortes, somente os pontos fortes, e assim, pedi para todos questionarem a tecnologia dos outros analistas, depois de 3,5 horas, chegamos a conclusão qual seria a melhor tecnologia, a eleita foi VmWare.

Quando sai da reunião, enviei um SMS para todos os analistas que estava na reunião, com o seguinte dizeres: “Fizeres algo que acaba por resultar muito bem, então deves ir logo começar a fazer outra coisa maravilhosa, e não ficares na primeira por tempo demasiado. Tenta adivinhar o que poderia vir a seguir“. E completei dizendo, achamos a tecnologia, agora vamos para o próximo passo, vamos subir o próximo degrau.

Depois de alguns dias, dedicando a fechar o escopo, fizemos uma reunião com a equipe e apresentamos a tecnologia selecionada a todos os stakeholders. Com o decorrer do projeto acontecendo, sempre indagava como estava o projeto, perguntava se estava tudo bem e sempre era o mesmo feedback:

Sim, esta tudo bem.

Com a enxurrada de Sim, fiquei preocupado, não é normal um projeto não ter nenhum problema e com isso, chamei o gerente do projeto e o arquiteto do projeto para uma reunião e lembrei: “Não acreditem em quem só diz sim”.

No começo da reunião, comentei com eles: Quando você examina um problema e acha que ele é simples, você não se deu conta de quão complexo ele é. Depois que você mergulha no problema, percebe que ele é mais complicado e começa a encontrar muitas soluções rebuscadas. É aí que a maior parte das pessoas para. Mas alguém realmente bom vai continuar, vai descobrir o problema que está por trás de tudo e encontrar uma solução elegante que funcione em todos os níveis.” Queria demonstrar que estamos em um processo normal de um projeto, onde que eventuais problemas são descobertos na medida que começamos a detalhar melhor.

Questionei tudo, desde o usuário até a entrega, com isso no meio da reunião, de 100% das respostas sim, caiu para 80% e no final da reunião, tinha 40% das respostas não, entre elas o controle das dependências, mapa de instalação das unidades e usuários não estavam definidos e o plano de contingencia não estava atualizado.

Quando acabou a reunião enviei o e-mail demonstrando a importância de todos na reunião e no projeto, e de que levantamos juntos pontos importantes, fiz isso e destaque o seguinte trecho no e-mail: A soma das partes é maior que o todo“. Demonstrei que foi importante e não eram para ficar com sentimento de culpa e sim motivados a continuar o projeto.

Utilizando essa técnica de usufruir do conhecimento de um líder de sucesso ou empresa, prosseguimos e conseguimos implantar o projeto Virtualização com sucesso, no prazo prometido, com o custo estimado e depois de 3 meses da implantação, 90% dos usuários estavam satisfeitos com a nova tecnologia.

Experiência é o atalho para a conquista, essa experiência podemos buscar de diversas maneiras, uma delas e através do evangelho do grande líder.

 

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

CIO, autor, colunista, professor. Contato: cleyton_sousa@yahoo.com.br e twitter: @cleyton_keu

Cleyton dos Santos Sousa

Comentários

3 Comments

  • Muito bom!
    Adorei a “aura” de positividade, otimismo e proatividade impregnada no texto.

    Parabéns!

    • Boa tarde Alvi,

      Obrigado pelos elogios.

      Cleyton

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.