Carreira

Ξ Deixe um comentário

Metodologia: Mais do mesmo!

publicado por Roger Nascimento

Metodologia: Mais do mesmo!No nosso dia a dia é comum depararmos com alguma atividade que corriqueiramente é desenvolvida sempre da mesma forma.

A solução já está tão automatizada que se alguém se propuser a fazer de modo diferente dá-se a impressão de que não está sendo realizada corretamente.

A criação de um modelo padrão para desenvolver certas atividades melhora muitos processos e isto é facilmente provado, contudo há vários outros casos em que não há um jeito certo ou um jeito errado na execução de determinada tarefa, onde o foco é o alcance do objetivo, desde que sejam respeitadas as regras do negócio, os prazos estipulados e a sensatez da ocasião.

Mas mesmo nestes casos onde a execução não é determinada por um jeito certo ou um jeito errado, se não é feito conforme a maioria faz, fica a sensação de trabalho mal feito.

E isto vem desde nossa infância onde os professores apresentam grandes autores com seus grandes livros e os posicionam como padrões a serem seguidos e não como fontes de inspiração.

E assim vem se moldando esta metodologia cultural de cravar o certo e o errado.

E coitado daquele que se meter a tentar fazer diferente!

Na escola, por exemplo, vira alvo de chacota, mesmo que no fundo no fundo os amigos tenham admirado o seu desempenho.

Porque é preferível fazer a piada (e ficar popular com os demais) a fazer um elogio.

E assim desde o início da formação educacional vem se montando o que eu chamo de “Ciclo da Auto Insuficiência Mental”, onde é mais cômodo fazer da mesma forma que os outros estão fazendo do que tentar inovar e não ser bem visto.

Durante nossa vida percorremos estágios de aprendizados contínuos, e ter algo a ser referência é agregador, mas confundir referência com modelo padrão pode matar a criatividade e inovação.

Temos que cultivar a cultura de motivar para o foco no resultado, independentemente da forma que seja feita a trajetória para o alcance do objetivo.

Da mesma forma que nossas habilidades motoras ficam limitadas com a falta de treinamentos, nossa mente se acomoda com a mesmice.

Atividades que exijam soluções que saiam do cotidiano, por mais simples que sejam já são treinamentos e ajudam a potencializar o raciocínio.

Desafie, pense fora da caixinha, saia do cotidiano, inspire-se em boas práticas.

Do mesmo modo que parecemos mais jovens quando estamos bem preparados fisicamente, parecemos mais jovens quando estamos bem preparados mentalmente!

E isto auxilia nas conquistas pessoais e profissionais, melhorando inclusive a qualidade de vida.

[Crédito da Imagem: Metodologia – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Graduado em TI, atua desde o ano 2000 na área, sendo que boa parte deles como Gestor Regional de TI em multinacional americana de grande porte responsável por mais de 60 unidades distribuídas por quatro estados do Brasil, agregando também as responsabilidades pela Segurança da Informação. É Consultor, Professor e Palestrante - Liderança e Gestão e Segurança da Informação.

Roger Nascimento

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.