TI Corporativa

Ξ Deixe um comentário

Medo da mudança cultural no meio tecnológico

publicado por Setembrino Lusa

Figura - Medo da mudança cultural no meio tecnológicoTemos Medo da Mudança de Tecnologia, Medo da Mudança das Nossas Rotinas, Medo da Mudança do que conhecemos e executamos bem?

Inicio nosso bate papo com a definição e diferenciação entre o que é eficaz e o que é eficiente. Ponderemos a eficácia na abordagem do nosso dia a dia, em qualquer área de nossa vida…

O que nos mantém vivos?

O que faz com que nossa saúde e rendimento sejam satisfatórios para que tenhamos êxito em conseguir executar nossas atividades e atingir nossos objetivos básicos, como por exemplo, comprar o que desejamos ou, conseguirmos entregar um presente naquela ocasião especial a alguém por quem temos estima ou, inclusive conseguirmos fazer aquela extravagância numa festa ou ocasião especial?

Os rituais! Desde os mais simples como escovar os dentes, até os considerados mais complexos como a execução de uma avaliação, as tarefas detalhadas de um projeto ou a execução de rotinas diárias em nosso trabalho. Tornamo-nos tão eficientes em nossas obrigações, que nos colocamos em modo automático; colocamo-nos em uma zona de conforto e sem perceber chegamos ao limiar de uma estagnação. As obrigações executadas automaticamente e com maestria acabam nos dando a impressão de que estamos sendo ótimos, ou ainda, os melhores no que fazemos; o que não é percebido, devido a esta visão pouco clara, é a real diferença entre o que é eficaz, independentemente do grau dessa eficácia e o que é eficiente, esquecemo-nos de Pensar.

Vamos então às definições:

Eficácia:

Eficácia
Significado de Eficácia Por Alfredo Silva Garcia Carrilho (SP) em 09-12-2009
“Alcançar os resultados planejados. alcançar os objetivos, alcançar a meta.”

Eficácia
“A eficácia mede a relação entre os resultados obtidos e os objetivos pretendidos, ou seja, ser eficaz é conseguir atingir um dado objectivo. É ser objetivo e completar com seu planejamento inicial.”

Eficácia
Significados de Eficaz
1 Que tem eficácia.
2 Que produz determinado efeito.
3 Que efetua o que promete ou o que se espera; que causa o resultado inicialmente pretendido.

Eficiência:

Eficiência
Significado de Eficiência Por Dicionário inFormal (SP) em 14-08-2007
Eficiência: é atingir o resultado com um mínimo de perda de recursos, isto é, fazer o melhor uso possível do dinheiro, do tempo, materiais e pessoas.

Eficiência

Eficiência ou rendimento refere-se à relação entre os resultados obtidos e os recursos empregados. Existem diversos tipos de eficiência, que se aplicam a áreas diferentes do conhecimento.
Eficiência é a capacidade de um administrador para conseguir produtos mais elevados em relação aos insumos necessários para obtê-los. A capacidade de “fazer as coisas direito”.

Significado de Eficiente
1 Que funciona, produzindo o efeito esperado.
2 Que tem competência ou reúne as condições e características apropriadas para a consecução de algo.
3 Que tem um desempenho conforme as normas.
4 Que obtém resultados ou tem o funcionamento esperado com uma maior economia de recursos e/ou tempo.

Percebe-se então a grande e crucial diferença entre “fazer o que deve ser feito” e “fazer da melhor forma possível o que deve ser feito”, com os recursos utilizados da forma mais econômica, com as ferramentas que facilitem o processo, com as melhores metodologias, o que deve ser feito. Neste tocante, percebemos muitas e muitas empresas, organizações e pessoas empenhadas em descobrir formas de melhorar desde o seu ritual mais simples, conforme citado anteriormente, até a mais complexa tarefa que tenha “assinalado” como objetivo, seja ter uma vida longa e saudável, seja o real sucesso nos negócios ou o real sucesso de um ótimo relacionamento.

Voltemo-nos então à tecnologia e ao mais comum do que imaginamos Medo da Mudança. Somos todos os dias apresentados às mais diversas “chamadas à mudança”, seja por uma nova marca de produto de higiene pessoal na televisão, seja por uma nova casa naquele bairro com mais segurança, ou à implantação de um novo processo com suas ferramentas tecnológicas inovadoras em nosso trabalho.

Neste momento surgem os Entusiastas, aquelas pessoas que de certa forma se libertaram, ou aparentemente estão sempre dispostos a empreender, buscam informações, criam e disseminam melhores práticas, lições aprendidas e principalmente geram seguidores, criam e melhoram tudo sempre em busca de eficiência.

Surgem ainda, os Conformistas, pessoas que no momento da mudança seguem os entusiastas, captam conhecimento, executam as tarefas da forma como foi indicada, utilizam todos os insumos oferecidos pela organização e pelos colegas para executar de forma eficaz os trabalhos para que os objetivos sejam alcançados.

Mas, infelizmente aparecem, em uma esmagadora maioria, os Conformados, algumas vezes com altos cargos, com grande visibilidade e poder de decisão, que têm grande importância para todo o restante da organização. Aparecem, de forma velada, frequentemente depois de algum tempo do início de qualquer iniciativa inovadora ou que apresente qualquer mudança, seja organizacional e principalmente naquelas que apresentam mudança operacional; “Mas eu sempre fiz desta forma e sempre funcionou, sempre deu certo!” costumam proferir, demonstrando claramente a resistência não enxergada anteriormente. Uma frase assim deve “levantar” muito alta a “bandeirinha” de atenção.

Verificamos neste cenário que todos os envolvidos são, em sua essência, pessoas eficazes, pois do contrário não estariam ali, mas, as pessoas do primeiro grupo, os Entusiastas, devem ser mantidas muito próximas, devem participar sempre das reuniões importantes, devem ser questionadas e ouvidas, devem ser motivadas e impulsionadas a fazer parte das mais importantes fases estratégicas de adoção e institucionalização das novas práticas e métodos, pois são elas as pessoas mais inovadoras e inclinadas a persuadir todas as outras pessoas inseridas no processo, elas já fazem isso diariamente, não é?

O foco de todo o iniciativa de melhoria são todos os envolvidos, mas esta diferenciação pode fazer afetar diretamente o sucesso. Os egos inflados, a predisposição humana para a “Lei do menor esforço”, a tendência do pensamento natural de que “Em time que está ganhando não se mexe!”, todos estes preconceitos podem ser vencidos e redefinidos, tudo pode ser mais bem feito, a melhoria deve ser contínua, não se deve pensar em apenas atingir o objetivo, mas atingir o objetivo com o máximo de eficiência. Os Entusiastas podem naturalmente contribuir, tendo uma atuação decisiva no convencimento das pessoas dos outros grupos.

Estando bem claras as diferenças entre ser eficaz e ser eficiente, tendo mapeado quem são os Entusiastas, para que a iniciativa tenha mais apoio, devemos buscar a demonstração de resultados bem embasados, resultados positivos e reais, que demonstrem o cenário anterior e o posterior àquela iniciativa de melhoria e/ou mudança e para que consigamos convencer os outros grupos, os Conformados e os Conformistas, este último tende a aceitar com mais naturalidade e a seguir o curso dos acontecimentos.

Como exemplo, demonstro aqui, o cenário de um cliente de tecnologia, com mais de 900 pessoas envolvidas, atendido para a institucionalização de um novo processo, uma nova metodologia e uma ferramenta.

Vejamos o cenário e algumas perguntas aplicadas:

  1. O Processo Atual como um todo é eficaz?

Foram 221 respostas para as 13 questões, respondidas por 17 pessoas.
Percebe-se claramente o otimismo dos envolvidos, pois 105 respostas foram SIM e 80 respostas foram PARCIALMENTE.
A quantidade de respostas para NÃO e NÃO EXISTE demonstra um não conformismo claro com a atual forma de execução das atividades diárias da organização.

  1. São utilizados Indicadores de medição e estimativas?

Constatamos aqui que a utilização de indicadores é baixa, menos de 30%, o que dificulta a tomada de decisão assertiva e compromete a eficiência, mesmo que haja eficácia e os objetivos sejam atingidos.

  1. Existe Resistência à Mudança?

Esta é a pergunta mais direta e respondida de forma velada, como percebemos, apenas 12% acredita que não há resistência a mudanças na organização, o que pode indicar os Entusiastas; claro, uma afirmação destas, baseada em apenas uma resposta, pode e é muito superficial, mas pode dar um “Norte” para a atuação posterior, pois uma resposta assim denota muito otimismo e ao menos uma situação pessoal em que foi percebido isso pela pessoa que percebeu.

Respostas Veladas, pois um percentual de 65% de respostas “PARCIALMENTE”, sugere uma situação a ser resolvida… Quem são os Conformistas e quem são os Conformados?

Este cenário apresenta de uma forma geral o que acontece nas organizações e no cotidiano de todos nós, geralmente uma minoria é inconformada, quase sempre uma minoria busca a melhoria contínua, sempre uma minoria em cada grupo é formada por Entusiastas.

Estes, os Entusiastas são os parceiros que devemos trazer para perto, estes são os influenciadores, formadores de opinião e são as pessoas que devemos manter por perto em nossas vidas.

Eles podem, eles têm o poder de divulgar, de disseminar as ideias para os mais diversos públicos, esta é a forma de atingirmos nossos objetivos eficaz e eficientemente.

[Crédito da Imagem: Mudança Cultural – ShutterStock]

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Compare preços de Uber, 99 e Taxi

Minimum Way

Autor

Com mais de 15 anos de vivência em Engenharia de Software, atuando desde o levantamento de necessidades até a finalização, entrega e manutenção de sistemas, consultorias, treinamentos e principalmente na melhoria contínua de processos e metodologias de produção de Soluções Computacionais. Graduado em Análise e Desenvolvimento de Software pela UNOPAR www.unopar.br de Londrina no Paraná. Pós Graduado em Engenharia de Software pela Unifil www.unifil.br também de Londrina no Paraná. Com grande experiência em Implantação, Consultoria e Treinamentos relacionados às IBM Rational em diversos segmentos com as metodologias Formal e Ágil. Forte atuação em projetos de Melhoria de Processos e Implantação em ALM - Ciclo de Vida de Aplicações, tendo atuado em diversas organizações por todo o Brasil, em ambos os setores privado e público. Publicação de um livro sobre Métricas em Projetos de Softwares que desmistifica a utilização das diversas técnicas e aponta as possíveis melhores abordagens de quando e porquê utilizar cada técnica durante as etapas de um Projeto de Software a fim de alcançar o maior resultado com o menor esforço em cada medição e conferência. (https://www.facebook.com/MetricasEmProjetosDeSoftware) Certificações IBM Certified Solution Designer - Rational Performance Tester - RPT IBM Certified Solution Designer - Rational Functional Tester for Java - RFT IBM Certified Solution Designer - RUP IBM Certified Deployment Professional - RPM IBM Certified Associate Developer - Rational Application Developer for WebSphere Software V6.0 - RAD Sun Certified Programmer for the Java 2 Platform, Standard Edition 5.0 - SCJP

Setembrino Lusa

Comentários

You must be logged in to post a comment.

Busca

Patrocínio

Publicidade




Siga-nos!

Newsletter: Inscreva-se

Para se inscrever em nossa newsletter preencha o formulário.